Poder

Por qual motivo, João Castelo deu licença indevida a Taguatur?

Como é possível um prefeito ficar sempre contra seus eleitores? Como é possível uma cidade crescer e se desenvolver com uma população totalmente carente, que insiste em colocar gestores incompetentes, que trata o povo como se fosse gado em seu curral?

Fácil é falar e reclamar que o transporte público não “suporta” a quantidade de gente, ou que os hospitais estão lotados, ou que não tem asfalto, que não tem polícia na rua, ninguém faz nada para mudar isso.

No dia ,5, deste mês a prefeitura de São Luís entregou 32 ónibus usados

No dia ,5, deste mês a prefeitura de São Luís entregou 32 ônibus usados

Transporte público aqui não existe. Exemplo disso é na área Itaqui-Bacanga, onde apenas há uma dita “empresa de transporte” (que na verdade está mais pra Transportadora de Bovinos).

A qualquer hora do dia ou da noite, pode-se ver uma quantidade expressiva de pessoas esperando o (mal) dito coletivo. Não existe mais “horário de pico”, mas “dia de pico”.

São ônibus velhos, inoperantes, deficientes, que circulam impunes na cidade colocando em risco a vida da população que, involuntariamente, depende desta famigerada empresa!

Ilusão de  quem pensa que os veículos expostos em praça pública como troféu à população são novos, quanta burrice! São veículos usados da mesma empresa, provenientes de outros estados que possuem uma legislação mais rígida em relação ao transporte público, ou nunca repararam na quantidade de ônibus da Taguatur com placas de Brasília? São veículos antigos de outras frotas, de outros estados, que após uma maquiagem, são colocados nas ruas, fazendo a população arriscar à própria sorte.

No dia, 17, de março deste ano, João Castelo e Clodomir Paz entregaram 50 ónibus usados

No dia, 17, de março deste ano, João Castelo e Clodomir Paz entregaram 50 ônibus usados

Para que uma empresa tenha a autorização para circular, é necessário uma licitação pública, em que a vencedora obtenha a “Licença de Exploração da Linha”. Licença essa expedida pela prefeitura.

Licença que a Taguatur não possui, tem somente uma autorização de circulação a qual ela renova constantemente através de jogo político com a prefeitura, para que não seja feita uma nova licitação. A referida licença da Taguatur, perdeu sua validade em 2006.

Este mês, foi divulgado que a prefeitura “comprou” novas viaturas para a SMTT,simplesmente pelo fato da Taguatur obter uma parceria com a prefeitura.

A Taguatur, dona também da concessionária Fiat, vendeu mais de 70 ônibus, 40 viaturas modelo Palio e 4 caminhões guincho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.