Poder

35 presos não retornaram ao Complexo de Pedrinhas após o Dia dos Pais

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou na quarta-feira (15), que dos 616 internos do sistema prisional beneficiados com a saída temporária do Dia dos Pais 581 retornaram e 35 não cumpriram o prazo de retorno no Maranhão.

Os presos foram beneficiados pela saída na manhã do dia oito de agosto de deveriam retornar às penitenciárias às 18h da terça-feira (14). O período de saída, que é determinado por meio das Portarias Nº 026 e 027/2018, prevê pena de regressão de regime para os internos que não cumprirem a determinação.

Lei de Execuções Penais
A Saída Temporária é uma previsão da Lei de Execuções Penais, que estabelece os requisitos para concessão do benefício nos artigos 122 e 123. Antes da saída, os beneficiados são submetidos à reunião de advertência, esclarecimentos complementares e assinatura do termo de compromisso. Apenas os apenados do regime semiaberto são beneficiados com essas saídas.

O regime semiaberto destina-se para condenações entre quatro e oito anos, não sendo caso de reincidência. Nesse regime de cumprimento de pena, a lei garante ao recuperando o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à unidade penitenciária à noite.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

SEAP pretende gastar R$ 14,8 milhões em obra de presídio de segurança máxima em São Luís

concurso-sejap-2016-1

Sede da SEAP, em São Luís.

O Complexo Penitenciário de Pedrinhas está prestes a ganhar mais uma unidade prisional.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – SEAP, comandada por Murilo Andrade, firmou contrato com a Lotil Construções e Incorporações, que fica localizada em Fortaleza (CE), para construir a prisão, que será de segurança máxima.

O prazo de conclusão da obra é de 12 meses e a SEAP pretende gastar R$ 14.834,543,00 (quatorze milhões, oitocentos e trinta e quatro mil, quinhentos e quarenta e três reais) com o prédio, que será feito em São Luís.

lotil-construcoes-e-incorporac-4101677950773550

Empresa cearense contratada pela SEAP.

De propriedade de Maria Aurila Martins Guterres, Delano Monteiro Martins e Lucas Martins Guterres, a Construtora cearense deverá começar o serviço imediatamente, pois o contrato foi assinado no dia 23 de junho.

O Blog do Neto Ferreira fez consultas ao site do Ministério Público do Ceará e descobriu que, em 2010, a Lotil Construções foi denunciada por participar de um esquema fraudulento de licitações viciadas e superfaturadas para a coleta de lixo no município de Aracati (CE).

À época, o MP-CE pediu a indisponibilidade dos bens da empresa, bem como a quebra do sigilo bancário e fiscal.

seap

seap1

seap2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia recaptura mais 3 foragidos de Pedrinhas

thumbnail_IMG-20170523-WA0114

Mais três foragidos da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), ocorrida no último domingo (21), foram recapturados na tarde desta terça-feira (23) pela Polícia Militar do Maranhão. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro e Alisson Pereira Lima foram encontrados por policiais do Grupo de Serviço Avançado do 21º Batalhão da Policia Militar, no bairro do Quebra-Pote, zona rural de São Luís.

Um pouco mais tarde, foi recapturado Paulo de Caldas Santos, pelo 7º Comando Independente, em um ônibus, em Rosário. Com a prisão dos três, as forças de segurança do Governo do Estado chegam a um total 12 detentos recapturados. “A Policia Militar continua no encalço dos foragidos e fazendo o seu trabalho, que é identificar e prender todos os envolvidos na fuga”, explica o Coronel Jorge Luongo, subcomandante da PM do Maranhão.

Outros dois homens foragidos no último domingo, morreram em confronto com a polícia, também na tarde desta terça-feira (23), na Vila Conceição (Altos do Calhau), em São Luís. Ronalth Correa Coelho (Bebezão, de Goiás) e Valdemir Laurindo Flores, de Alagoas, lideraram o episódio do último domingo na Penitenciária. Eles eram assaltante de banco. Há um outra pessoa presa no confronto policial, que está hospitalizada e que participou do episódio na penitenciária, mas não era um detento. Ele ainda não foi identificado. Ao todo, cinco foragidos morreram em confronto com policiais. Outros 15 internos ainda continuam foragidos.

Força Tarefa

Desde o domingo, policiais civis e militares e os serviços de inteligência das Secretarias de Segurança Pública e de Administração Penitenciária têm atuado de forma integrada para recapturar foragidos e identificar os envolvidos na ação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Ataque ao presídio de Pedrinhas foi para resgatar 7 assaltantes de banco, diz polícia

1_081115___capa_urbano___thiago_bardal-162497

O ataque a uma unidade do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que resultou na fuga de 32 detentos, tinha como objetivo o resgate de sete internos ligados a uma quadrilha interestadual de assaltantes de banco, segundo informou a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

“Eles são integrantes de quadrilhas interestaduais, gente de Teresina, Goiás, Araguaína, da região tocantina. São pessoas que quando foram presas estavam em posse de armamento de grosso calibre e de explosivos. E estamos trabalhando em conjunto com o Centro de Inteligência desses outros Estados e colhendo informações com parentes para realizar a recaptura deles. Estamos colhendo provas para tentar identificar os elementos que participaram dessa fuga da noite de ontem” , explicou o delegado.

IMG_6568

Ainda de acordo com Thiago Bardal, apenas sete dos fugitivos eram alvos do resgate. Os demais, se aproveitaram da situação para fugir. “Essa ação foi voltada para o resgate desses sete assaltantes de banco, mas na hora, outros se aproveitaram da oportunidade e tentaram fugir. Alguns não conseguiram, pois foram contidos pelos agente penitenciários, mas outros tiveram êxito na fuga. A gente acredita que alguns desses podem ainda estar aqui na Ilha, mas os alvos principais já devem estar fora do Estado, pois foi uma ação planejada, tudo já estava pronto para a fuga” , relatou o superintendente da Seic.

O delegado afirmou que a polícia já está em posse das imagens que mostram os veículos que deram apoio na fuga dos criminosos. Inclusive, um desses carros foi abandonado na região do Quebra-Pote. Um Fiat Uno que foi roubado no dia 18 deste mês, na área do Itaqui-Bacanga.

Thiago Bardal disse que o carro estava muito sujo de sangue, o que leva a crer que alguns desses fugitivos estejam feridos. Investigação da equipe prisional A polícia já ouviu agentes penitenciários para saber como os detentos conseguiram serrar as grades. Além dos agentes, outras pessoas que trabalham no sistema prisional estão sendo chamadas para prestar esclarecimentos.

1495473203-364709278

“A investigação foi instaurada e temos que investigar todas as condutas. Serão ouvidos todos os funcionários que trabalharam no plantão anterior e no dia da fuga. Serão ouvidos, também, os detentos que tentaram fugir. Tudo isso para tentar encontrar os responsáveis por essa fuga” , explicou o delegado

Detentos mortos em confronto com a Polícia

Sebastião Araújo de Almeida
Jocimar Pires Mendonça
Geandro Silva Santos

Lista dos 21 foragidos

1. Renato Costa Sousa 2. Flávio Lima da Silva 3. Ludmaylon Costa Barros 4. Marcos Alex Serra Lisboa 5. Raimundo Bruno dos Santos Carvalho 6. Roni Perterson Silva 7. Vanderluz Gomes da Silva 8. Wellington Monteiro Dos Santos Alves 9. Paulo de Caldas Santos 10. Ronalth Correia Coelho 11. Valdemir Laurindo Flores 12. Werdson Dayvid da Silva Melo 13. Jhemisson Ferreira Santos 14. Ronaldo Mourão Teixeira 15. Alisson Pereira Lima 16. Cláudio Kelson de Sousa Rodrigues 17. Edvandro Pereira Araújo 18. Gealison de Jesus Carvalho 19. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro 20. Pedro César Pereira Paz 21. Fernando Machado Vasconcelos


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Às véspera do Carnaval, detentos fogem de Pedrinhas

complexo-penitenciario-de-pedrinhas-e1487960627858

Às vésperas do Carnaval, 10 detentos conseguiram fugir do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Informações preliminares afirmam que os presos teriam escapado pela rede de esgoto do presídio enquanto capinavam um setor. O local tem pouco vigilância, talvez seja esse o motivo pelo qual os detentos conseguiram fugir.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) ainda não se pronunciou sobre o caso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia encontra túnel que ligava casa à Penitenciária de Pedrinhas

G1,MA
1480925089-635247827

Um túnel de aproximadamente 20 metros estava sendo escavado de dentro de uma residência para Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6, antigo Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A Polícia Militar evitou a conclusão da estrutura subterrânea e deteve dez pessoas suspeitas de envolvimento na ação, sendo três adolescentes. Todos foram encaminhados para a Superitendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

A polícia apurou que o plano de fuga seria concretizado entre os dias 24 e 25 de dezembro, aproveitando a mobilização da cidade para a comemoração do Natal.

A residência de onde partia o túnel fica na Travessa II da Vila Progresso, logo atrás da UPR 6. Entre os detidos está a dona da casa identificada como Tereza Regina. A Polícia Militar revelou que ela é esposa de um detento, que está em Pedrinhas, conhecido como “Fidel”.

A investigação foi realizada pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 6º Batalhão da Polícia Militar. Nela, os policiais constataram que o túnel ligava uma residência à penitenciária. A ação criminosa já durava, pelo menos, duas semanas.

1
Histórico de tensão

A UPR 6, ainda quando era chamada de CDP, registrou uma série de fugas, mortes e rebeliões. Em setembro de 2014, o muro deste presídio foi derrubado por um caminhão, que deu suporte a fuga de seis detento. Houve troca de tiros e quatro internos foram atingidos.

Em setembro de 2016, os internos Daniel Sá Menezes Licar e Iago Henrique Fonseca Neves fugiram do mesmo presídio quando estavam trabalhando na pintura dos muros. A época, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que comunicou à Corregedoria do Sistema Prisional do Maranhão a prática indisciplinar dos dois denominada ‘abuso de confiança’.

Em 2015, outro túnel foi encontrado na UPR 6. Uma inspeção de rotina encontrou o buraco na cela 8, onde tinha nove detentos. Eles foram transferidos o local logo após a descoberta.

Este ano, uma rebelião aconteceu em setembro e destruiu parte do prédio. Os internos colocaram fogo em colchões e depredaram parte da estrutura do presídio. O Governo do Estado informou à época que não tiveram reféns, feridos e nem mortos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Detentos fogem do presídio de Pedrinhas, mas são presos pelo GEOP

pedrinhas_1_0

Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Dois presos da Casa de Detenção (Cadet), no bairro de Pedrinhas, em São Luís, fugiram do Complexo Penitenciário no início da manhã desta segunda-feira (07), mas foram recapturados horas depois por agentes do Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP).

A informação foi confirmada pela Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap).

A Secretaria, no entanto, não repassou informações mais precisas acerca das circunstâncias da fuga e de onde eles foram recapturados. A identidade dos apenados ainda é desconhecida. (G1,MA)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Três detentos fogem da Penitenciária de Pedrinhas

Por volta das 5h da manhã desta sexta-feira (22), três detentos fugiram da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Os três presos estavam no regime semiaberto e fugiram pulando o muro da CCPJ. Os detentos foram identificados como Alisson de Jesus Pavão, Elinelson Pereira e Nilton César Marques Pereira. A hipótese de fuga facilitada não está descartada.

A Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap), emitiu uma nota informando que os internos estavam no Pavilhão Especial 10 da unidade prisional. Conforme explicou a Sejap, eles conseguiram pular o muro com a ajuda de uma corda artesanal feita com lençóis.

Confira a nota:

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap) informa que três presos do regime semiaberto fugiram, na madrugada desta sexta-feira (22), da Penitenciária de Pedrinhas (PP). Os internos estavam no Pavilhão Especial 10 da unidade prisional e serraram as grades, por volta das 2h, momento em que, com a ajuda de uma corda artesanal feita com lençóis, conseguiram pular o muro.

A Sejap informa ainda que todos membros da vigilância que estavam no plantão já foram conduzidos à delegacia para prestar esclarecimentos, já que a principal hipótese é a de facilitação de fuga.

ccpj-pedrinhas


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime / Maranhão / Política

Desembargador Federal manda Hélder Aragão retornar para Pedrinhas

Prefeito de Anajatuba, Hélder Aragão.

Prefeito de Anajatuba, Hélder Aragão.

Afastado do cargo de prefeito de Anajatuba por desvio de, aproximadamente, R$ 15 milhões, o advogado Hélder Lopes Aragão (PMDB), retorna para a cadeia do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

De acordo com a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, o gestor sairá da prisão especial do Comando do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMA), em São Luís. Ele foi preso pela Polícia Federal no mês de outubro por desvio de recursos públicos.

Hélder havia recebido o direito a prisão especial por decisão do desembargador Jamil Gedeon, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), pois o magistrado entendeu que, por ser advogado, o prefeito deveria cumprir a prisão preventiva no CBMMA.

Esquema

O desvio de dinheiro público estimado em R$15 milhões no município de Anajatuba foi o primeiro caso de destaque no quadro ‘Cadê o dinheiro que estava aqui?’, do ‘Fantástico’, da TV Globo, em novembro de 2014.
A reportagem mostrou que quatro empresas contratadas pela prefeitura do município – de 25,2 mil habitantes segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – receberam juntas R$ 9 milhões. O dinheiro foi desviado, e quem descobriu a falcatrua foi o vice-prefeito, Sydnei Costa Pereira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mulher tenta entrar em Pedrinhas com maconha na vargina e é presa

Do Imirante

Uma mulher, identificada como Adriela Regina Nascimento, foi presa, no fim da manhã desta terça-feira (3), após tentar entrar em Pedrinhas com 70 gramas de maconha escondidas na vagina.

De acordo com informações do repórter Marcial Lima, da rádio Mirante AM, a mulher é esposa de um detento identificado como Ezequias Ribeiro Sá. Ela estaria levando a droga para ele. No momento da revista, porém,
agentes penitenciárias desconfiaram de Adriela e acabaram encontrando a droga.

A mulher foi presa em flagrante e levada para o 12º DP, no bairro do Maracanã.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.