Política

Rigo Teles cobra punição de autores do assassinato de vereador

Deputado Rigo Teles.

Deputado Rigo Teles.

O deputado Rigo Teles (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (4), para lamentar a morte do presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do Tide, Cícero Ferreira da Silva, do (PCdoB), o “Vavá” e pedir providências do secretário de Estado de Segurança, Jeferson Portela, para elucidar o crime e punir os responsáveis pelo covarde assassinato.

O vereador Cícero Ferreira da Silva, conhecido como “Vavá”, foi assassinado covardemente na tarde de domingo (3), na porta de casa, no povoado Faísa, que faz fronteira com o Município de Buriticupu. O delegado Regional de Santa Inês, Walter Costa, informou que o vereador “Vavá” estava em casa quando foi morto, com cinco tiros, por um dos dois homens que ocupavam uma moto.

Rigo Teles comentou que soube da morte de “Vavá” no final da tarde de domingo (3), por meio de um telefonema, quando estava em sua residência, Barra do Corda. “Fiquei perplexo ao saber da morte do vereador, que era meu grande amigo e correligionário, pois votou comigo em 201O e 2014. “Vavá” era um homem de grandes amizades. Ninguém tem conhecimento de problemas com o vereador, que era fraterno com todos”, afirmou.

MENSAGENS DE CONDOLÊNCIAS
O parlamentar destacou que o vereador “Vavá” era uma pessoa humilde, de poder financeiro muito baixo e querido pela população, especialmente os mais humildes, ocupava o segundo mandato de vereador, e foi eleito presidente da Câmara. A morte do vereador “Vavá” também foi lamentada por todos os vereadores com assento na Câmara Municipal de Santa Luzia do Tide.

Na ocasião, o deputado Rigo Teles enviou mensagens de condolências aos familiares e amigos do vereador “Vavá”, especialmente à viúva do parlamentar, a senhora Edineide Lima Chaves Silva, que ficou com os filhos para criar sozinha. Rigo informou que a morte do vereador abalou a sociedade maranhense, especialmente a população de Santa Luzia do Tide e do povoado Faísa.

Finalizando, Rigo comentou que ao saber da morte do vereador telefonou para o presidente do PC do B, Márcio Jerry e para o secretário de Segurança, Jefferson Portela, pedindo a punição dos autores do covarde assassinato. “Vavá” era presidente do PC do B de Santa Luzia do Tide e em 2014 além de ter recebido o seu apoio, votou no governador Flávio Dino, no senador Roberto Rocha e no deputado federal Rubens Júnior.
O homem que estava na garupa da moto sacou a arma e atirou cinco vezes. Os dois suspeitos fugiram logo em seguida.

“Não sabemos de muita coisa ainda. Recebemos a informação do delegado Clarismar que de imediato foi ao povoado que é bem distante da cidade. O vereador ainda foi socorrido, pelas informações preliminares levantadas até agora, mas veio a óbito quando era levado para o hospital do município de Buriticupu, localizado a 120 quilômetros do Povoado Faísa. A polícia ainda não confirmou os motivos para o crime, nem se a vítima estava sendo ameaçada.

O vereador estava no segundo mandato como vereador e ocupava o cargo de presidente da Câmara. Equipes da Polícia Civil e Militar foram enviadas a região para iniciar as buscas pelos assassinos e a investigação do crime.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do Tide, Cicero Ferreira da Silva, do (PCdoB), foi assassinado na tarde deste domingo (3), na porta de casa, localizado no povoado Faísa, que faz fronteira com o município de Buriticupu, no Maranhão.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Santa Inês, Walter Costa, o vereador estava em casa quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. O homem que estava na garupa da moto sacou a arma e atirou cinco vezes. Os dois suspeitos fugiram logo em seguida.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.