Poder

Em 3 anos, WR Comércio abocanhou R$ 27 milhões em contratos de 14 prefeituras

Dono do grupo empresarial WR, Carlos Welker Rolim encontrou em prefeituras do Maranhão uma fonte bastante rentável.

Entre os anos de 2015 a 2018, o empresário usou a WR Comércio e Construção (Construcenter Araçagy) para ganhar contratos que resultaram em nada menos do que R$ 27.087.080,56 milhões. Os dados foram lançados no site do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

As administrações municipais que contrataram os serviços da WR foram as de Guimarães, Serrano, Matões do Norte, Santana do Maranhão, Pedreiras, Morros, Vitória do Mearim, Bom Lugar, Conceição do Lago Açu, Penalva, Matinha, Cedral, Raposa e Paço do Lumiar.

Segundo pesquisa feita pelo Blog do Neto Ferreira, a prefeitura que mais celebrou contratos pelos serviços da construtora foi a de Morros com cerca de R$ 6.554.176,38 milhões. Os contratos são de 2017.

Em 2018, os municípios de Raposa e Paço do Lumiar somam, juntos, R$ 10.589.173,34 milhões (veja o detalhamento dos pagamentos abaixo). No mesmo ano, a Prefeitura de Serrano, também, realizou contratos de R$ 1.912.965,05 milhão com a empreiteira.

Ainda em 2018, a WR ganhou acordos contratuais de R$ 1.166.514,00 milhões nas cidades de Guimarães, Santana do Maranhão, Pedreiras, Vitória do Mearim.

A construtora também manteve contratos com a Prefeitura de Matões do Norte durante os anos de 2017 e 2018. Nesse período, os valores chegaram a R$ 1.550.167,80 milhão.

Em 2017, R$ 1.561.717,07 milhão foram contratado pelas Prefeituras de Bom Lugar, Conceição do Lago Açú e Penalva. A Prefeitura de Cedral, em 2015, pagou de R$ 1.207.690,93 milhão e Matinha R$ 1.711.076,50 em 2016.

Além da WR Construção, Carlos Rolim utiliza outras empresas de seu grupo e participa de licitações públicas fazendo um negócio bastante lucrativo, conforme outras reportagens (reveja aqui e aqui).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.