Poder

Ex-deputado pede exoneração do governo

camilo-figueiredo-flavio-dino-eliane-figueiredo-rodrigo-figueiredo-495x495

O governador do Maranhão, Flávio Dino exonerou a pedido Camilo de Lellis Carneiro Figueiredo do cargo de Assessor Especial de Apoio Institucional da Casa Civil. A exoneração se deu no dia 24 de maio e foi publicada no Diário Oficial no dia 1º de junho.

Camilo Figueiredo é ex-deputado estadual e atualmente vinha desempenhando funções de Assessor Especial na Casa Civil.

Em contato com o Blog do Neto Ferreira, o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares, informou que o pedido de exoneração de Figueiredo foi devido a candidatura a prefeito do Assessor.

thumbnail_IMG-20160615-WA0026


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Presidente do Tribunal de Contas vai processar Camilo Figueiredo

A esquerda o deputado estadual Camilo Figueiredo e a direita o presidente do TCE Edmar Cutrim

A esquerda o deputado estadual Camilo Figueiredo e a direita o presidente do TCE Edmar Cutrim

Na manhã desta terça-feira (09) o deputado estadual Camilo Figueiredo relatou uma denúncia onde ele afirma que o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Edmar Cutrim, está chantageando alguns prefeitos e ex-prefeitos para apoiarem a candidatura de seu filho Glauber Cutrim.

Em contato com o blog do Neto Ferreira, Edmar disse que não se pronunciará sobre o caso, mas vai entrar na justiça para processar o parlamentar do partido PR.

Segundo Camilo Figueiredo, Cutrim teria chantageado a prefeita do município de Bom Jesus da Selva, Cristiana Damião, o prefeito do município de Codó, Vitor Rolim e o prefeito do município de Arari, Djalma Melo. O parlamentar ainda sugeriu que fosse apresentado requerimento para analise o caso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Codó conquista Selo Unicef; Camilo e Biné Figueiredo se desesperam

Gestão de Zito da um banho em Biné Figueiredo.

Gestão de Zito da um banho em Biné Figueiredo.

O ex-prefeito de Codó, Biné Figueiredo, e seu pupilo, o deputado estadual Camilo Figueiredo, desta vez entraram em desespero ao tomar conhecimento de que a Prefeitura de Codó conquistou novamente o Selo Unicef Município Aprovado – edição 2009-2012, o que rendeu homenagens ao prefeito de Codó, Zito Rolim, em São Luís e Brasília.

O Selo confirma as melhorias obtidas na vida de crianças e adolescentes nas áreas da assistência social, saúde e educação, entre os anos de 2009 e 2012, em Codó.

Em comemoração, o prefeito Zito Rolim ofereceu na quinta-feira (17), uma homenagem aos membros da Comissão do Selo UNICEF em Codó e representantes da sociedade civil organizada.

Na ocasião, o representante do Selo UNICEF em Codó, Ribamar Costa, enalteceu o trabalho de toda a equipe para a conquista do certificado.

Zito Rolim que, diga-se de passagem, agradeceu aos membros da Comissão do Selo UNICEF e do Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente de Codó. “Estamos aqui para celebrar mais essa importante conquista para nosso município. Uma conquista grandiosa, que exigiu o esforço, a aplicação, o compromisso e o trabalho árduo de cada um de vocês”, enfatizou o prefeito


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Camilo Figueiredo é denunciado por escravizar e dar água do gado para crianças em sua fazenda

Crianças bebiam água do gado em fazenda de Camilo Figueiredo

Crianças bebiam água do gado em fazenda de Camilo Figueiredo

Mais uma vez o deputado estadual Camilo Figueiredo (PSD) se envolve em outro escândalo no município de Codó, onde pretende ser candidato a prefeito. Desta vez, o parlamentar foi denunciado por escravizar e dá água do gado para crianças que residem na sua Fazenda Bonfim, zona rural de da cidade de Codó. No local, foram resgatadas sete pessoas de condições análogas às de escravos.

De acordo com informações, o caso só veio à tona após denúncia de trabalhadores que não quiseram de fato identificar-se. A libertação dos escravos foi realizada por ação conjunta de Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão (SRTE/MA), Ministério Público do Trabalho e Polícia Federal.

Deputado Camilo Figueiredo é proprietário da fazenda

Deputado Camilo Figueiredo é proprietário da fazenda

Segundo á Repórter Brasil, a propriedade em que foram flagradas condições degradantes pertence à Líder Agropecuária Ltda., empresa da família Figueiredo, que tem como sócios o deputado estadual Camilo de Lellis Carneiro Figueiredo (PSD/MA), além de Rogério Carneiro Figueiredo, Rodrigo De Lellis Salem Figueiredo e Camilo De Lellis Carneiro Figueiredo Filho.

A água consumida no local era a mesma que a utilizada pelos animais da fazenda. Retirada de uma lagoa imunda, repleta de girinos, ela era acondicionada em pequenos potes de barro e consumida sem qualquer tratamento ou filtragem. Os empregados tomavam banho nesta lagoa, e, como não havia instalações sanitárias, utilizavam o mato como banheiro. De acordo com o auditor fiscal Carlos Henrique da Silveira Oliveira, que coordenou a ação, todos estavam submetidos às mesmas condições degradantes, incluindo as crianças pequenas.

As maiorias dos trabalhadores escravizados eram de Codó, onde se encontravam há cerca de dois meses na fazenda do deputado Camilo Figueiredo. Os resgatados não tinham Carteira de Trabalho e da Previdência Social (CTPS) assinada e não contavam com nenhum equipamento de proteção individual. Um absurdo!

Com isso, a pergunta básica é: cadê a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa do Maranhão? Neste caso, o deputado Camilo Figueiredo poderia perde o mandato? Com a palavra o presidente da Comissão de Ética do Poder Legislativo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.