Poder

“Atrás dos improvisos tem algumas coincidências”, ironizou Alexandre Garcia

1

Mais uma vez improviso quando se trata de segurança pública.

“E os contribuintes pagando aluguel de casa vazia desde agosto de 2015, por um preço acima do aluguel de Brasília. Um bom locatário exigiria antes de começar a pagar o aluguel, que a casa já estivesse adaptada para a sua destinação. Então, já se foram R$ 172 mil do contribuinte, para nada.

Enfim, acabam de ingressar sete internos. Se for dividido pelo que já se pagou, dá R$ 24 mil por interno. Só para lembrar, um presidiário de Manaus custa cerca de R$ 4 mil por mês. E pensar que um trabalhador de salário mínimo, que não assalta, só trabalha, ganha pouco mais de R$ 900”, afirmou Alexandre Garcia.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Aluguel de prédio de filiado do PCdoB é destaque no Bom Dia Brasil

1

O aluguel do imóvel para abrigar menores infratores, que tem como proprietário Jean Carlos Oliveira, filiado ao PCdoB, repercutiu no Bom Dia Brasil, na manhã de hoje (6).

O governo do Maranhão está pagando aluguel desde 2015 de um prédio que deveria receber menores infratores. O local só começou a funcionar esta semana e mesmo assim de forma precária.

O dono do prédio é Jean Carlos Oliveira, que aparece na lista de filiados do PCdoB, partido do governador Flávio Dino. Segundo o Portal da Transparência do governo do estado, desde então, estão sendo pagos mais de R$ 9,5 mil por mês pelo imóvel.

Entre 2015 e 2016, foram pagos mais de R$ 172 mil de aluguel de um prédio onde nunca funcionou nada – até quarta-feira (4), quando sete menores infratores foram transferidos em meio a um protesto dos moradores.

Reportagem do jornalista Alex Barbosa, da TV Mirante, reforça que os pagamentos são feito desde agosto daquele ano, que o imóvel pertence a um comunista e que apenas depois de já gastos mais de R$ 170 mil, o prédio começou a ser ocupado.

Em comentário após a reportagem, o jornalista Alexandre Gracia ironizou a resposta do governo do Maranhão de que não teria como saber que o local pertencia a um filiado do PCdoB.

“Deve ser mera coincidência”, ironizou Garcia. Veja o vídeo abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.