Poder

Grave acidente deixa duas pessoas mortas em Boa Vista do Gurupi

Um grave acidente foi registrado nesta sexta-feira (27), no km 13,7 da BR 316, próximo à divisa com o estado do Pará, em Boa Vista do Gurupi. Duas pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 7h, uma caminhonete Nissan Frontier de placas PZU-7586/MG e um Fiat Uno de placas OIS-6757/MA bateram transversalmente quando estavam em alta velocidade.

A ocorrência fatal aconteceu no povoado São Francisco, município de Boa Vista do Gurupi. As vítimas foram Benedito Corrêa, de 64 anos e Maria Nunes Mendes de 54 anos.

As vítimas morreram ocupavam o FIAT/Uno e foram identificadas como Benedito Corrêa, de 64 anos e Maria Nunes Mendes de 54 anos, e uma vítima que estava na caminhonete ficou gravemente ferida. Uma equipe PRF que fazia serviço de transporte de carga excedente passou pelo local logo em seguida e atendeu ao acidente. Uma outra equipe da delegacia PRF de Santa Inês também compareceu ao local.

A violência do impacto arremessou o motor do Fiat/ Uno a aproximadamente 100m de distância.

Os policiais levantaram que a causa do acidente foi a falta de atenção do condutor do Uno.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita de Boa Vista do Gurupi lidera disputa eleitoral

eleita

O Instituto IMAP realizou, entre os dias 6 e 7 de junho, a pesquisa de opinião pública, no município de Boa Vista do Gurupi, para avaliar junto aos eleitores a intenção de votos para prefeito, tendo em vista as eleições municipais deste ano.

O IMAP entrevistou 335 pessoas na sede e na zona rural de Boa Vista do Gurupi e a margem de erro é 5,2% com índice de 95% de confiança.

De acordo com o levantamento, no cenário espontâneo a prefeita Dilcilene Oliveira (PR) aparece com 44,1%, já o pré-candidato Antônio Batista está com 32,2%. Os indecisos somam 23,7%

No segundo cenário, o estimulado, a consulta aponta 48,3% das intenções de votos para Dilcilene e para Antônio Batista 35,2%, os indecisos somaram 16,5%.

boa

boa1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Boa Vista do Gurupi vai gastar R$ 1,8 milhão em obra de creche

A Prefeitura de Boa Vista do Gurupi vai construir uma creche pró-infância por R$ 1.833.708,60 milhão.

Quem ficará responsável pela obra será a empresa Tencol Terra Nova Construções e Comércio Ltda, que tem 180 dias para concluir a creche e entregar para a administração municipal, que ficará encarregada de entregar à popolução.

boa vista do gurupi


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Dilcilene é eleita prefeita de Boa Vista do Gurupi

prefeita

Às 17h41 de domingo, 6 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão divulgou oficialmente o resultado da nova eleição realizada em Boa Vista do Gurupi, município situado no oeste do estado, na divisa com o Pará. Os eleitos foram Dilcilene Guimarães de Melo Oliveira (prefeita) e Basílio Bezerra dos Santos (vice-prefeito) pela coligação “Um Gurupi para Todos” com 52,38 % dos votos válidos (1.972).

Eles serão diplomados pelo juízo da 100ª zona eleitoral (Maracaçumé) no dia 23 de outubro. Antonio Batista de Oliveira e Washington José Fortaleza Martins, que concorriam pela coligação “Por Amor ao Gurupi” tiveram 47,62% dos votos (1.793).

De um total de 4.686 eleitores aptos a votar, 3.825 compareceram (81,63%), sendo que 9 votos foram em branco e 51 nulos. “Durante todo o dia, eu e o desembargador Froz Sobrinho (corregedor) mantivemos contato com os juízes Paulo Teles e Neris Ferreira e ambos não nos relataram nenhum incidente”, comemorou o desembargador José Bernardo Silva Rodrigues, presidente do TRE-MA.

“Substituímos apenas 1 urna eletrônica que apresentou problemas no micro-terminal do mesário” , informou o secretário Gualter Lopes (Tecnologia da Informação).

Votação

Em Boa Vista do Gurupi funcionaram 17 urnas eletrônicas (devido a substituição de 1), instaladas em 16 seções eleitorais e distribuídas em 7 locais de votação. O processo transcorreu em clima de muita tranquilidade.

Nova eleição

A nova eleição na cidade ocorreu porque o Tribunal Superior Eleitoral, nos autos do Recurso Especial Eleitoral n.º 279-72.2012.6.10.0100, negou seguimento ao recurso interposto pelo candidato eleito ao cargo de prefeito do município nas eleições de 2012, acarretando o indeferimento do respectivo registro de candidatura dele.

A legislação eleitoral prevê que se a nulidade atingir mais da metade dos votos do município, as demais votações serão prejudicadas e o Tribunal Regional Eleitoral marcará dia para nova eleição.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Cidade de Boa Vista do Gurupi continua sem prefeito eleito

Apesar da realização das eleições municipais, no ano passado, a cidade de Boa Vista do Gurupi continua sem prefeito eleito. Desde o dia primeiro de janeiro é o presidente da Câmara de Vereadores que administra o município.

Cansados de esperar por uma decisão do TRE, os moradores interditaram anteontem (quarta-feira, dia 7), a ponte que faz fronteira com o Estado do Pará, pedindo a realização de novas eleições.

ffffBoa vista do Gurupi fica na divisa do Maranhão com o Pará, a 514 km de São Luís. O município com 8 mil habitantes, sendo 4.800 eleitores, está sem prefeito eleito pelo voto direto desde o dia primeiro de janeiro. O prefeito eleito Valmir Oliveira não assumiu o cargo porque teve o mandato cassado pela Lei da Ficha Limpa.

O segundo colocado, Antônio Batista Oliveira, não pode assumir porque teve menos de 50% dos votos válidos. Por isso, a Justiça determinou que o presidente da Câmara Municipal assumisse o cargo interinamente.

O Tribunal Regional Eleitoral ainda não definiu quando será ou se irá realizar novas eleições no município. Revoltados com a demora nessa decisão por parte do TRE, centenas de moradores interditaram a ponte sobre o rio Gurupi na divisa com o Pará, na BR-316.

Os manifestantes chegaram à cabeceira da ponte por volta das 7h00 dessa quarta-feira onde permaneceram por quase 12 horas. O protesto provocou um congestionamento de mais 40 quilômetros entre os dois Estados. As polícias Militar e Rodoviária Federal estiveram no local para controlar a situação.

Os policiais negociaram com os manifestantes e por volta das 18h00 a via foi liberada, sob ameaça de uma nova interdição. O prefeito interino afirmou que, assim como todos os moradores de Boa Vista do Gurupi, ele espera pela decisão do TRE.

(Com informações do G1MA)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Três cidades do Maranhão podem ter novas eleições para prefeito

Amarante. Em Amarante do Maranhão, por exemplo, a atual prefeita do município, a nepotista Adriana Ribeiro (PV), que obteve mais de 50% dos votos, está com a candidatura sub-júdice, por suspeita de crime eleitoral. Adriana Ribeiro obteve 9.678 votos, não considerados ainda válidos pela Justiça Eleitoral.

Adriana Ribeiro teve o registro da candidatura negado por ter concedido reajuste salarial aos servidores da educação durante o período de campanha, o que é proibido por lei. Ela recorreu ao TRE, mas o processo ainda não foi julgado.

Ainda em Amarante, a outra candidata, Joyce Marinho (PSD), que substituiu o candidato Marconi Duailibe, enquadrado na lei da Ficha Limpa, obteve 8.972 votos, que representam 44, 58 % mas como não alcançou metade mais um dos votos válidos não pode ser declarada eleita.

Segundo o Justiça Eleitoral, a situação vai permanecer indefinida até o julgamento da situação de Adriana Ribeiro. Caso ela não consiga manter o registro da candidatura no TRE ou no TSE, o que é dado como certo, haverá uma nova eleição em Amarante.

Boa Vista do Gurupi.
Em Boa Vista do Gurupi, a situação é mais complicada. Com uma votação expressiva, Antônio Batista (PSDB), foi eleito prefeito do município, com 94,70% dos votos válidos.

De acordo com o que consta no Divulga, 53,55% dos votos nominais estão aparecendo como anulados. Grande parte deles é provável que seja do candidato opositor, o Valmir Oliveira (PMDB).

Ex-prefeito, Valmir Oliveira teve sua candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral, que decidiu pela suspensão da candidatura com base em condenação do Tribunal de Contas da União – TCU, por falta de execução de obras financiadas pela Funasa e Ministério da Educação.

Mesmo considerado ficha-suja, Valmir Oliveira seguiu na disputa e teve seus votos computados, mas até o momento, não divulgados, aguardando decisão contrária.

Mirador.
Já em Mirador, o atual prefeito, Dr. Joacy (PPS), conseguiu sua reeleição com 6.065 votos, 100% dos votos válidos.

De acordo com dados do sistema de divulgação de votos do TRE, o Divulga, ele teve 28 votos a mais do que o total de nulos.

Mesmo que o seu principal concorrente, Pedro Abrão (PV) tenha conseguido a maioria desses votos que aparecem nulos, ele continua figurando como eleito, mas, sem esse percentual exagerado.

( Com informações do Blog do Luís Cardoso)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.