Política

Secretário delata funcionário fantasma na Prefeitura de São Luís

No intuito de defender o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, para quem trabalha, o secretário de Comunicação Social, Batista Matos, em uma sessão na Câmara dos Vereadores, acabou delatando uma prática criminosa que ocorria (ou ocorre) nos bastidores da administração municipal.

A delação foi feita em meio a uma discussão acalorada com a vereadora Rose Sales (PV), onde Matos afirmou que existe, sim, funcionário fantasma na Prefeitura de São Luís ao citar que o marido de Rose recebia mais de R$ 9 mil sem trabalhar.

O gestor da comunicação social tentou atingir a vereadora, no entanto colocou luz em uma situação que envolve vereadores da base aliada de Edivaldo Holanda Júnior. Após a delação, surgiram áudios de funcionários fantasmas cobrando Batista por atrasos nos salários, supostamente da folha da Secom e da Semus.

Agora, cabe ao Ministério Público do Maranhão investigar esta prática criminosa que vem esvaziando os cofres públicos de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.