Poder

Cantores Xand e Solange Almeida prestam depoimento na sede da PF

G1, Ceará

mg_5197

Os cantores Xand e Solange Almeida, vocalistas da Aviões, depõem na sede da Polícia Federal nesta manhã. Eles foram levados para prestar esclarecimentos, segundo confirmou a PF, em coletiva. A ação da PF conjunta com a Receita Federal. A estimativa preliminar já identificou uma omissão de receitas de mais de R$ 300 milhões, segundo a Receita.

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (18) a operação “For All” para investigar fraudes no Imposto de Renda cometidas pela empresa A3 Entretenimento, que administra a banda Aviões do Forró, entre outras.

Estão sendo cumpridos 76 mandados judiciais, sendo 32 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada) e 44 de busca e apreensão em Fortaleza, Russas (CE) e Sousa (PB). Há apenas um mandado sendo cumprido na Paraíba; os demais são no Ceará. Não houve prisões. Os mandados estão sendo cumpridos por cerca de 260 policiais federais e 35 auditores.

Entre as pessoas levadas à sede da Polícia Federal, em Fortaleza, para prestar depoimento estão os empresários Isaías Duarte e Carlos Aristides, do grupo A3 Entretenimento.
A Justiça Federal também decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas ligadas ao grupo.

Há indícios de que os integrantes da organização forneciam dados falsos ou omitiam dados nas suas declarações de Imposto de Renda pessoa física e jurídica, para eximir-se da cobrança de tributos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PF deflagra operação que mira em banda Aviões do Forró

avioes-2

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta terça-feira a Operação “For All” que investiga fraudes no imposto de renda envolvendo o grupo Aviões do Forró, que administra, entre outras bandas, a Aviões do Forró.

As investigações apontam que o grupo estaria fornecendo dados falsos ou omitindo informações relevantes em suas declarações de Imposto de Renda, para eximir-se da cobrança de tributos, além da possível ocorrência de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa. A Coluna apurou que a banda Aviões do Forró também é alvo da operação e há mandados contra os cantores.

Os envolvidos tiveram seus sigilos fiscais quebrados pela investigação, o que ajudou a localizar diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas e utilizadas para a consecução dos delitos.

As condutas delituosas se materializaram principalmente pela inserção de dados falsos em Declarações de Imposto de Renda, aquisição de veículos e imóveis não declarados ao Fisco, divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto.

A PF informa que o nome “FOR ALL” faz referência à expressão da língua inglesa “for all” (para todos), uma vez que existem notícias de que no início do século XX, os engenheiros britânicos, instalados em Pernambuco para construir a ferrovia Great Western, promoviam bailes abertos ao público (for all). Assim, o termo passaria a ser pronunciado “forró” pelos nordestinos. O nome da operação veio dessa origem popular da palavra Forró, principal ramo de atividade do grupo investigado.

Estão sendo cumpriados 32 mandados de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão, além de terem sido decretados os bloqueios de imóveis e veículos de pessoas ligadas a grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por grandes bandas de forró e casas de shows do Estado.

O Estadão de São Paulo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Vídeo: cantores do Aviões do Forró encerram show para evitar prisão

Xandy e Solange Almeida, vocalistas da banda Aviões do Forró, foram obrigados a encerrar apresentação na noite de ontem (03), em São Luís, Maranhão. Eles foram surpreendidos com Polícia Militar, que foi ao local para prender se houvesse desobediência no horário estipulado ao evento.

A situação foi tão vexatória que ambos os vocalistas tiveram que explicar o motivo do encerramento do show. Solange chegou a dizer no palco que é mãe de 4 crianças e não poderia ser presa.

“Queria pedir desculpas, mas se a gente continuar a gente vai ser preso, a gente não pode ser preso. Tenho quatro meninos para sustentar ele mais quatro e uma infinidade de pessoas aqui. São Luís desculpa de verdade a culpa não foi nossa, chegaram aqui mandaram a gente parar ou a gente vai ser preso”, explicou a cantora da Banda Aviões do Forró.

O diretor da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON-MA), Duarte Júnior, informou em sua rede social, que vai notificar o responsável pelo evento, acusado de afrontar os diretos básicos do consumidor, descumprindo o horário e caraterizando falha na prestação.

image


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Desorganizado, show da banda Aviões é um fracasso em São Luís

A Aviões do Forró realizou na noite de ontem (03), o pior show no Maranhão. Prova disso foram as inúmeras ligações e emails enviados ao titular deste Blog.

Segundo o público presente que saiu revoltado com o fiasco que viu na noite deste sábado em São Luís, o evento foi uma verdadeira bagunça e a banda, que já parecia estar sem vontade alguma de realizar o show, cantou por pouquíssimo tempo.

Para piorar, durante a apresentação há quem diga que a cantora Solange teria tratado mal seus fãs. Já Xandy mostrava um cansaço visível também passando pouco tempo no palco cantando.

Para completar a noite depois das inúmeras reclamações de desorganização total e demora em todos os aspectos, o público reagiu ao fracassante espetáculo com um festival de vaias.

A reação serviu para mostrar aos organizadores do evento e principalmente para a banda, que os forrozeiros de São Luís não são tolos e que visivelmente vão deixar de ir aos próximos shows, afinal consumidor algum gosto de ser lesado?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.