Maranhão

Trem de pouso e parte da asa de ultraleve são localizados

Sem título

Uma operação iniciada ontem, culminou na madrugada desta sexta-feira, na localização de mais uma parte do ultraleve PU-VCL utilizado pelos advogados José do Vale Filho e Júlio César de Moraes, que estão desaparecidos desde terça-feira, dia 09.

Por volta das 3h de hoje, uma equipe do Corpo de Bombeiros, formada por dez homens, localizou o trem de pouso dianteiro da aeronave em uma região de mangue, entre Estiva e o município de Bacabeira, onde estão sendo realizadas as buscas.

De acordo com o major Israel Lopes, o local é de difícil acesso, a área é alagada e com fortes correntezas. No momento, em que foi encontrado o trem de pouso, parte de uma das asa da aeronave também foi vista presa na vegetação de mangue. Entretanto, por causa das condições da região, não pode ser resgatada. Ainda não há sinal dos advogados desaparecidos. Uma nova incursão será feita na região a partir do meio-dia.

A peça encontrada foi levada para o grupamento do Corpo de Bombeiros e será encaminhada para a Aeronáutica onde será periciada por técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) do Pará, responsável pela investigação.

Na quarta-feira, dia 10, uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB), com apoio do CTA, conseguiu encontrar parte da cauda, entre Estiva e Bacabeira. As buscas estão sendo coordenadas pela FAB com o apoio do Corpo de Bombeiros, Capitania dos Portos do Maranhão, Centro Tático Aéreo (CTA), Polícia Militar e Polícia Civil.

Do Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral / Maranhão

Acidente aéreo em Balsas será investigado por peritos do Amazonas

Peritos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) de Manaus, AM, devem chegar à cidade de Balsas, no sul do Maranhão, para investigar as causas do acidente com o avião agrícola no Aeroporto Industrial do município.

“Nós informamos o Cenipa, que é o órgão responsável por investigações de acidentes aéreos. Eles estão se deslocando de Manaus para cá. Nós vamos fazer só a liberação da pista, puxar o avião o mínimo possível para fora da pista de rodagem, tentar preservar todos os indícios para eles fazerem as análises”, explica o delegado regional Diego Schiavinne.

Piloto que conduzia o avião no momento da queda.

Piloto que conduzia o avião no momento da queda.

Acidente
O acidente ocorreu, na tarde da última segunda-feira (09). A aeronave de pequeno porte era de uma empresa ligada ao agronegócio. De acordo com informações de testemunhas, o piloto, José Mauro Jaques Mendonça, ainda tentou evitar a tragédia, no entanto não conseguiu.

Há cerca de três anos, o piloto José Mauro perdeu um filho em acidente aéreo. Charles Medeiros, que também era piloto agrícola, caiu numa fazenda de soja próxima a Balsas.

Fotografias tiradas momentos após o acidente mostram que avião pegou fogo logo depois de cair próximo à cabeceira da pista do aeroporto.

O piloto Eduardo Canedo, companheiro de trabalho de José Mauro, estava no aeroporto no momento do acidente. Segundo ele, o tempo entre a decolagem e o acidente foi muito rápido.

A sede do Corpo de Bombeiros fica ao lado do aeroporto, o que permitiu o rápido socorro. O fogo foi controlado, mas não foi possível salvar o piloto, que morreu carbonizado.

Acidente aéreo em Balsas.

Acidente aéreo em Balsas.

Momento do acidente aéreo em Balsas.

Momento do acidente aéreo em Balsas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.