Crime

Ataque ao presídio de Pedrinhas foi para resgatar 7 assaltantes de banco, diz polícia

1_081115___capa_urbano___thiago_bardal-162497

O ataque a uma unidade do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que resultou na fuga de 32 detentos, tinha como objetivo o resgate de sete internos ligados a uma quadrilha interestadual de assaltantes de banco, segundo informou a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

“Eles são integrantes de quadrilhas interestaduais, gente de Teresina, Goiás, Araguaína, da região tocantina. São pessoas que quando foram presas estavam em posse de armamento de grosso calibre e de explosivos. E estamos trabalhando em conjunto com o Centro de Inteligência desses outros Estados e colhendo informações com parentes para realizar a recaptura deles. Estamos colhendo provas para tentar identificar os elementos que participaram dessa fuga da noite de ontem” , explicou o delegado.

IMG_6568

Ainda de acordo com Thiago Bardal, apenas sete dos fugitivos eram alvos do resgate. Os demais, se aproveitaram da situação para fugir. “Essa ação foi voltada para o resgate desses sete assaltantes de banco, mas na hora, outros se aproveitaram da oportunidade e tentaram fugir. Alguns não conseguiram, pois foram contidos pelos agente penitenciários, mas outros tiveram êxito na fuga. A gente acredita que alguns desses podem ainda estar aqui na Ilha, mas os alvos principais já devem estar fora do Estado, pois foi uma ação planejada, tudo já estava pronto para a fuga” , relatou o superintendente da Seic.

O delegado afirmou que a polícia já está em posse das imagens que mostram os veículos que deram apoio na fuga dos criminosos. Inclusive, um desses carros foi abandonado na região do Quebra-Pote. Um Fiat Uno que foi roubado no dia 18 deste mês, na área do Itaqui-Bacanga.

Thiago Bardal disse que o carro estava muito sujo de sangue, o que leva a crer que alguns desses fugitivos estejam feridos. Investigação da equipe prisional A polícia já ouviu agentes penitenciários para saber como os detentos conseguiram serrar as grades. Além dos agentes, outras pessoas que trabalham no sistema prisional estão sendo chamadas para prestar esclarecimentos.

1495473203-364709278

“A investigação foi instaurada e temos que investigar todas as condutas. Serão ouvidos todos os funcionários que trabalharam no plantão anterior e no dia da fuga. Serão ouvidos, também, os detentos que tentaram fugir. Tudo isso para tentar encontrar os responsáveis por essa fuga” , explicou o delegado

Detentos mortos em confronto com a Polícia

Sebastião Araújo de Almeida
Jocimar Pires Mendonça
Geandro Silva Santos

Lista dos 21 foragidos

1. Renato Costa Sousa 2. Flávio Lima da Silva 3. Ludmaylon Costa Barros 4. Marcos Alex Serra Lisboa 5. Raimundo Bruno dos Santos Carvalho 6. Roni Perterson Silva 7. Vanderluz Gomes da Silva 8. Wellington Monteiro Dos Santos Alves 9. Paulo de Caldas Santos 10. Ronalth Correia Coelho 11. Valdemir Laurindo Flores 12. Werdson Dayvid da Silva Melo 13. Jhemisson Ferreira Santos 14. Ronaldo Mourão Teixeira 15. Alisson Pereira Lima 16. Cláudio Kelson de Sousa Rodrigues 17. Edvandro Pereira Araújo 18. Gealison de Jesus Carvalho 19. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro 20. Pedro César Pereira Paz 21. Fernando Machado Vasconcelos


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mais um veículo da Cemar é incendiado em São Luís

1475251209-764962346­

Os ataques criminosos continuam acontecendo em São Luís. Mais um veículo de uma terceirizada da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foi incendiado nesta sexta-­feira (30). A ocorrência foi registrada no bairro Maracanã.  Ainda não há informações sobre feridos e detalhes do fato.

Durante a manhã, um veículo para serviços da empresa já havia sofrido ataque criminoso, na região da Via Expressa. Cinco homens teriam rendido os funcionários da empresa no bairro do Ipase de baixo e levaram o veículo para uma das saídas da Via Expressa para incendiá-lo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mentor do ataque criminoso em Pirapemas é preso

thumbnail_IMG-20160722-WA0015

José Xavier

A polícia prendeu na madrugada de hoje (22), no povoado Maioba, em Pirapemas, o principal suspeito do incêndio criminoso registrado na noite da última terça-feira (19). José Xavier foi encontrado após informações recebidas pela equipe de investigação.

Ele é apontado como o mentor de toda a ação que deixou seis vítimas. Naquela noite, dois homens invadiram a casa por suspeitar que o dono guardasse R$ 15 mil. Após fazerem buscas na residência e não encontrarem o dinheiro, os bandidos prenderam as pessoas, atearam fogo na casa e fugiram do local.

Outros dois já tinham sido presos: Antônio da Silva Cruz e Adriano Rocha Nunes. A polícia procura, ainda, um quarto suspeito.

suspeitos

Uma das vítimas, Raimundo da Conceição Frazão, não resistiu. Com 80% da superfície corporal queimada, ele morreu nessa quinta-feira (21).

As outras vítimas encontram-se em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva do Socorrão II, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semus). O quadro clínico deles ainda não é de recuperação total.

Rosilene da Silva Santos: 75% da superfície corporal queimada, estado grave, respirando por ventilação pulmonar mecânica; Agnaldo da Silva Conceição: 60% da superfície corporal queimada, estado grave, porém estável, respirando sem suporte de ventilação pulmonar mecânica; Celso da Silva Costa: 35% da superfície corporal queimada, estado grave, porém estável, respirando sem suporte de ventilação pulmonar mecânica; Rivelino Marques de Araújo: 80 % da superfície corporal queimada, em estado grave, respirando por ventilação pulmonar mecânica.

Maria Francineth da Silva Frazão: 56% da superfície corporal queimada, estado grave, porém estável, respirando sem suporte de ventilação mecânica.

2016-07-20-photo-00000013


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.