Poder

Dados revelam que duas mulheres são agredidas por dia em São Luís

violencia-contra-mulher-21455285497

As estatísticas de agressão e violência sexual contra mulheres em São Luís são alarmantes. Em média, 2 casos de lesão corporal são registrados por dia.

Em 2016, a Delegacia da Mulher, localizada na capital maranhense, registrou 695 ocorrências de agressão contra mulher, 41 casos a mais do que em 2015, que contabilizou 654.

De janeiro até junho de 2017, 368 mulheres foram agredidas pelos seus companheiros, pais, irmãos e/ou parentes, o que equivale a 2 casos por dia.

O Blog do Neto Ferreira também apurou dados acerca de estupros e verificou que os números quase dobraram de 2015 para 2016.

Há dois anos, 16 mulheres foram estupradas, segundo a estatística da Delegacia da Mulher. Já em 2016, 26 sofreram abusos sexuais. Entre janeiro a junho de 2017, foram registrados 22 casos de estupros. A tendência é aumentar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Acusado de agredir mãe idosa, homem irá continuar preso em Pedrinhas

1

O bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho de Freitas, acusado de agredir física e psicologicamente a própria mãe, a professora universitária aposentada J.C.M.F., de 84 anos, vai continuar preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Nessa terça-feira (8), durante audiência de instrução e julgamento, a juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal, negou pedido da defesa para que ele fosse assistido em uma clínica de internação pelo período de 90 dias, deixando para examinar o caso, quando da prolação da sentença. O Ministério Público se manifestara pelo indeferimento do pedido, por entender que o réu tem plena consciência dos atos praticados.

Das sete testemunhas de acusação e defesa, arroladas para a audiência de terça-feira (08), apenas Danielle de Sousa Matos (companheira do acusado) não compareceu, e por isso deixou de prestar depoimento. Entre as testemunhas ouvidas estavam Roberto Elísio Coutinho de Freitas Filho (filho do acusado), o gerente de Relacionamento da Agência Estilo- Calhau, do Banco do Brasil, Istélio Sousa Campos, e o psiquiatra Hamilton Raposo de Miranda Filho. O acusado também foi interrogado na audiência.

m_09082017_1053

Terminada a fase de instrução processual, será aberto prazo para as alegações finais da defesa e da acusação, após o qual a juíza proferirá a sentença. Pela acusação atua no caso o promotor José Augusto Cutrim Gomes, e pela defesa, o advogado Jânio Queiroz.

O CASO – José Elísio Coutinho de Freitas é acusado de agredir física e psicologicamente a própria mãe de 84 anos. No dia 26 de maio a justiça decretou a prisão preventiva dele e determinou medidas protetivas, incluindo o seu afastamento do lar, devendo manter distância de 1.000 metros da idosa, que passou a residir na companhia do neto dela, José Elísio Coutinho de Freitas Filho.

A decisão da juíza atendeu representação da Delegacia de Proteção ao Idoso, que prendeu o acusado em flagrante, a partir de denúncia fundamentada em vídeo. A autoridade policial pugnou pela prisão preventiva dele e a determinação de medidas protetivas, com vistas a preservar a integridade física, moral e psicológica da ofendida.

No dia 13 de junho 2017, a justiça manteve a prisão de José Elísio Coutinho Freitas, após receber a peça acusatória ofertada pelo promotor de Justiça José Augusto Cutrim Gomes, tendo por por base o inquérito policial. A defesa do acusado requereu a sua internação em clínica ou hospital, sob a alegação de transtorno de natureza mental, conforme laudo pericial anexado aos autos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Filho flagrado agredindo a mãe idosa é julgado em São Luís

roberto

Começou na manhã desta terça-feira (8), a segunda audiência de instrução e julgamento de Roberto Elísio Coutinho de Freitas que foi flagrado em uma série de vídeos agredindo a mãe, uma idosa de 84 anos em São Luís. A audiência está sendo realizada na 8ª vara criminal no Fórum Desembargador Sarney Costa na capital.

O acusado está preso desde o fim de maio e foi indiciado por maus tratos, tortura e crime financeiro praticado contra sua mãe. O caso aconteceu há três meses chocou o Maranhão, provocou reações imediatas de autoridades maranhenses.

Sete testemunhas de defesa e acusação irão prestar depoimento durante o dia, dentre elas o médico psiquiatra que atestou problemas psiquiátricos no acusado, seu filho e a ex-mulher que o acusou de praticar os maus tratos contra a mãe. Após a audiência, a Justiça deverá decidir se absolve ou condena o acusado.

1

De acordo com a juíza Oriana Gomes, a sentença final do caso deve sair em até cinco dias. “Nós vamos ouvir as testemunhas de acusação e defesa e se o Ministério Público oferecer alegações finais, o que eu acredito que não, já que ele [o acusado] tem um advogado que está acabando de entrar no caso (…). A sentença pode não sair hoje, já que eles devem oferecer [a sentença] através de memoriais que são cinco dias para cada um. E em seguida sai a sentença”, explica.

Entenda o caso

O bacharel em direito Roberto Elísio Coutinho de 51 anos foi preso após ser flagrado em uma série de vídeos agredindo sua própria mãe, uma idosa de 84 anos em maio deste ano. Os vídeos foram gravados pela ex-mulher de Elísio.

Em sua defesa, o Elísio afirmou em entrevista a Rádio Mirante AM que sofre de problemas mentais e que iria procurar ajuda profissional. Após ser preso pela Polícia Civil, o acusado foi denunciado pelo Ministério Público do Maranhão pelos crimes de tortura, maus tratos, retardamento de prestação de assistência à pessoa idosa e apropriação indébita.

Do G1,MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Filho que agrediu mãe vai para audiência em fórum de São Luís

filho

Nesta segunda feira (29), o bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho, foi visto chegando para uma audiência no Fórum desembargador Sarney Costa, localizado no Calhau, em São Luís. Ele estava acompanhado de um agente do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Elísio está preso desde sexta-feira (26), quando foram divulgados vários vídeos nos quais ele é flagrado agredindo a própria mãe de 84 anos.

O caso ganhou ampla repercussão nas redes sociais, na imprensa local e nacional.


Entenda o caso

Roberto Elísio Coutinho foi preso, na manhã desta sexta-feira (26), na cidade de Raposa, por força de um mandado de prisão preventiva, expedido pela juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal da capital – unidade judicial competente para julgar ações que envolvem idosos.

Ele foi flagrado agredindo a mãe, de 84 anos. Roberto confirmou as agressões, e alegou que sofre de problemas mentais e por isso maltratou a própria mãe.

Os vídeos foram gravados pela companheira do agressor que não teve o seu nome revelado. A idosa foi encaminhada nesta sexta ao Instituto Médico Legal (IML), onde realizou exames.

O bacharel em Direito foi apresentado na sede da Secretaria de Segurança Pública e, em seguida, recambiado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Segundo o promotor José Augusto, se condenado, Roberto pode pegar até 20 anos de prisão pelos crimes de tortura, ameaça, e agressão verbal e física.

Leia também

Preso em Pedrinhas filho que agrediu mãe idosa

Idosa agredida pelo filho recebe R$ 38 mil em aposentadoria

Filho que agrediu mãe idosa pode pegar até 20 anos de prisão, diz promotor

Polícia prende filho que agrediu mãe idosa, em São Luís

Filho que agrediu mãe idosa diz que vídeo é montagem; ouça a entrevista

Delegada pede prisão de filho que agrediu a mãe idosa, em São Luís


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Idosa é agredida covardemente

Uma cena de total covardia, lamentável e revoltante foi protagonizada por uma idosa e possivelmente pelo seu filho.

No vídeo abaixo, a senhora que já está bastante debilitada e que aparenta ter mais de 80 anos é claramente agredida por um homem enquanto faz a sua refeição.

O agressor ficou irritado, pois a idosa recusou mais comida e a obrigou a comer mais. Hesitando em ingerir o alimento, a vítima foi agredida na cabeça, no rosto e pelo corpo. Com toda a violência, a senhora chorava copiosamente.

As imagens são estarrecedora. Confira abaixo a covardia:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Justiça manda prender homem flagrado agredindo mulher em Imperatriz

Lucas de Almeida

Lucas de Almeida

A Justiça decretou a prisão preventiva em desfavor de Lucas de Almeida, 18 anos, o homem flagrado em imagens de câmeras de segurança agredindo a namorada nas imediações da sede das Promotorias de Justiça de Imperatriz. Com isso, o suspeito passa a ser considerado foragido da Justiça.

No Mandado de Prisão Preventiva a juíza Ana Beatriz Jorge de Carvalho (2ª Vara Civil), justifica a decisão com base em provas da existência do crime e indícios suficientes de autoria.

“(…)uma vez que estando solto, há sério temor de que o representado pratique novamente os atos de violência ora imputados, face a intensidade da violência perpetrada contra a vítima”, diz trecho da decisão judicial sobre a prisão.

Conforme as imagens de câmeras de segurança do Ministério Público Estadual, a agressão contra a mulher, nesse caso uma adolescente de 17 anos, foi na noite do dia 27 de novembro, quando vítima e Lucas voltavam do show do cantor Wesley Safadão.

O caso ganhou grande repercussão em Imperatriz em razão da divulgação as imagens em que a adolescente aparece sendo agredida com golpes de capacete e chutes. Para pedir fundamentar o pedido de prisão preventiva do suspeito como autor, o MP ouviu depoimento de testemunhas, com o respectivo reconhecimento do suspeito de autor e foram anexadas as imagens das câmeras de segurança. (Do Imirante).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Suposta integrante de facção é espancada em São Luís

O vídeo mostra o momento em que duas jovens puxam uma garota de dentro de uma loja pelos cabelos e começam a agredi-la, com socos e pontapés na frente do estabelecimento.

A dona da loja ao lado pede para que as meninas se retirem da frente do comércio e briguem em outro local. Aos prantos a que está sendo espancada pede para não apanhar quando chegam mais duas meninas e recomeçam as agressões.

Nesse momento uma pessoa grita: “Ela é dos 40 sim rapaz!” e então um senhor tenta tirá-la da roda, mas é impedido por um rapaz que grita insistentemente: “Ei, ela é 40, ela é 40!”.

Uma outra senhora ainda tenta tirar uma das meninas de cena, mas elas não cedem e continuam agredindo a suposta integrante da fação criminosa Bonde dos 40.

Veja o vídeo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Vídeo mostra assaltante sendo agredido no Centro da cidade

Um vídeo postado no perfil de um usuário em uma rede social no início da tarde de hoje (15), mostra um assaltante, não identificado, levando uma prensa de populares que passavam pelo Centro da cidade.

Nas imagens, os agressores passam urtiga pelo corpo do bandido, dão ponta pés, tapas e ainda ameaçam de lhe dá um tiro na cabeça.

Armado com uma faca, o meliante roubou o celular da vítima dentro de um ônibus.

O homem chora e ainda é questionado se não assiste os vídeos que repercutem na mídia, referindo-se ao caso que aconteceu na última semana na cidade, quando Cledenilson Pereira da Silva (29 anos), foi espancado até a morte depois de tentar assaltar um comércio no bairro do São Cristóvão. O caso ganhou repercussão nacional e na mesma semana mais quatro pessoas foram agredidas no estado, após tentativas de furto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Oficial registra BO após agressão e ameaça do prefeito de Nova Olinda

Prefeito de Nova Olinda é acusado de agressão.

Prefeito de Nova Olinda é acusado de agressão.

O Oficial do Tribunal de Justiça do Maranhão, Fábio Henrique Weba Coutinho, registrou no dia (26), do mês de agosto no 8º Delegacia Regional da cidade de Zé Doca, boletim de ocorrência por agressão e ameças. “Desferindo palavras de baixo calão do tipo vagabundo e moleque”, disse

O servidor do judiciário comunicou ao delegado que as agressões e ameaças teriam partido do prefeito de Nova Olinda, Delmar Sobrinho, e de seis pessoas (capangas) que estavam na dentro da residencia na hora de intimação. “Deferiram um murro nas costas e chutes na panturrilha esquerda”, relatou o Oficial.

Após prestar depoimento na delegacia, o Fábio Weba encaminhou ocorrência para a corregedora-geral do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargadora Nelma Sarney, que deve tomar as providencias legais contra o prefeito Delmar Sobrinho. Confira abaixo o depoimento:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Prefeito de Nova Olinda e capangas agridem e ameaçam oficial de justiça

Prefeito Delmar Sobrinho.

Prefeito Delmar Sobrinho.

O prefeito da cidade de Nova Olinda do Maranhão, Delmar Sobrinho, se envolveu mais uma vez em escândalo na manhã de ontem terça-ferira (26).

A confusão começou quando o juiz Rodrigo Costa Nina mandou o oficial de Justiça de Santa Luzia do Parua, Fábio Henrique Weba Coutinho, intimar o prefeito em sua casa que, na ocasião, estava dormindo.

De acordo com o boletim de correntia registrado, Delmar Sobrinho e seus capangas não teria gostado da ação e agrediu verbal e fisicamente o servidor do Tribunal de Justiça.

Fábio Henrique Weba registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia relatando a agressão.

Casa do prefeito de Nova Olinda

Casa do prefeito de Nova Olinda


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.