Maranhão

Acadêmicos de medicina protestam por melhorias

Protesto em Caxias

Protesto em Caxias

Foi realizada na tarde de ontem, 27, na cidade de Caxias no Maranhão, uma manifestação dos estudantes do curso de medicina da Universidade Estadual do Maranhão.

A passeata percorreu as principais ruas da cidade para reivindicar a abertura do Hospital Universitário ou Ambulatório e pela carência de professores.

O movimento chamou a atenção de pessoas passava no local

O movimento chamou a atenção de pessoas passava no local

O centro acadêmico de Medicina organizou este manifesto já que em conversas com as autoridades da universidade não foi colocado soluções concretas. A atitude para chamar a atenção do estado foi aprovada em Assembleia estudantil e contou com um número significativo de acadêmicos e com o total apoio do DCE na passeata.

“O curso de Medicina da Universidade Estadual do Maranhão está sendo bem avaliado pelas notas do ENADE, tem notas iguais às outras faculdades de medicina do Estado, por isso precisamos ser respeitados e reconhecidos. Grande parte desse sucesso vem do esforço do estudante e de professores compromissados. A situação da falta de ambulatório prejudica os alunos e a população do município. Além disso, precisamos de mais professores seja pela nomeação do concurso que foi realizado recentemente seja por novos concursos. Não podemos continuar dessa forma, somos futuros médicos.”- Wilson Jardim –Presidente do centro acadêmico de medicina da UEMA.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.