Saúde

Polícia Federal afirma que Murad agiu para destruir e ocultar provas

ricardo-murad

A Polícia Federal afirmou durante a entrevista coletiva realizada, na manhã desta quinta-feira (06), que o ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Muard atuou ativamente para que provas fossem destruídas na primeira fase da Operação Sermão aos Peixes, em novembro de 2015.

Durante a entrevista, que foi concedida para tratar sobre as nova fases da operação referida acima denominadas de Abscôndito e Voadores, o delegado federal Wedison Cajé esclareceu detalhes das operações. Ele menciona a intervenção de Ricardo Murad na primeira fase da investigação da Operação Sermão aos Peixes.

“Ele citou detalhes da operação, e para nossa infelicidade sua fonte estava correta. Os investigados agiram para causar embaraço e destruição de provas”, detalhou o delegado.

Abscôndito e Voadores foram deflagradas pela Polícia Federal e pela Controladoria Geral da União (CGU), na manhã desta quinta-feira. As novas fases investigam desvios de verbas públicas da saúde.

coletiva_2-330000


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários