Política

Lula mantém assédio para conquistar voto de senadores maranhenses

Em discurso na tribuna do Senado, senador João Alberto de Souza (PMDB-MA)

O voto da bancada do Maranhão no processo que pode cassar o mandato da presidente Dilma ainda é incerto. Desde a última semana o ex‐presidente Lula tem se esforçado pessoalmente para garantir que Roberto Rocha (PSB), João Alberto (PMSB) e Edison Lobão (PMDB) votem pela permanência de Dilma Roussef na presidência.

É a última investida do ex‐presidente na defesa de Dilma e do PT. E, para ele, os maranhenses, que já disseram que votarão unidos, são senadores estratégicos na busca desse objetivo.

Em entrevista a Globo News, nesta manhã, o senador Edison Lobão informou que recebeu Lula em sua casa neste fim se semana. E que ele tenta garantir o voto da bancada do Maranhão.

Até agora, porém, nenhuma decisão foi tomada pelos três. Lobão disse que nesta tarde irá se reunir com Roberto Rocha e João Alberto para, só então, definir o voto do trio. Na estratégia de convencimento há negociação de cargos e apoios nas eleições municipais.

O processo

Dilma Rousseff passou a manhã se defendendo no Congresso. Fez discurso com apelo emocional e se referiu às acusações sobre pedalas fiscais como justificativa para “um golpe de estado”. A fase atual do processo é de questionamentos dos senadores à presidente afastada. E deve durar durante todo o dia. O desfecho do processo só será conhecido nesta terça.

De O Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Lula mantém assédio para conquistar voto de senadores maranhenses”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. SL

    2018 – ELEIÇÕES
    ROBERTO ROCHA “GOVERNO”

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários