Política

Waldir Maranhão e a péssima fama

A posição de Waldir Maranhão irritou a direção nacional do PP, que o puniu com a perda do cargo, pois fechou a questão pró-impeachment.

02758a102f3c12ef272771d2716a5bd303022016100145

Após declarar que seria contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o deputado federal e 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), perdeu o seu posto de presidente do diretório estadual do Partido Progressista (PP), no Maranhão.

O anúncio foi feito pela direção nacional do partido, na última sexta-feira (15). Na ocasião, também foi anunciado que o recém filiado ao PP após deixar o PEN, o deputado federal André Fufuca como novo presidente do diretório regional do PP no Estado.

A posição de Waldir Maranhão irritou a direção nacional do PP, que o puniu com a perda do cargo, pois fechou a questão pró-impeachment.

Em seu discurso, durante a votação, no domingo (17), Maranhão, declarou lealdade ao presidente do Partido Progressista, e que estaria de acordo com o governador do Maranhão, pois este sonhou com a mudança e em transformar o estado. Disse ainda que o seu voto é em defesa da democracia e da Constituição.

Na verdade, o que levou o parlamentar a ser contra a posição do partido foi um acordo com o governador Flávio Dino. No entanto, esse acordo colocou Maranhão em uma péssima fama perante a ótica do Partido PP e sociedade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Waldir Maranhão e a péssima fama”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. luis Paiva

    ESte deputado waldir maranhão é um BABACA!!!!!!!
    Quer afundar este pais.Deve ter ganho muitos milhões para ser um Ladrão ,sem-vergonha.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários