Política

Projeto do deputado Wellington é implantado pelo governo

a48868a288435877e91b66cc32e0bf1e

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou projeto que realiza o teleagendamento para marcação de consultas. Recentemente, a ideia foi implantada pelo Governo do Estado desde o dia 30 de março, sendo disponibilizada no Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos.

Ao se pronunciar sobre a nova modalidade de marcação de consultas, Wellington destacou que é motivo de alegria ver uma proposição sua sendo concretizada, contribuindo para a melhoria social.

“Em 2015, nós apresentamos na Assembleia uma indicação que colocava o teleagendamento como uma nova modalidade de marcação de consultas. Recentemente, o Governo anunciou a implantação desse método, o que muito nos alegrou. Nossa intenção, além de facilitar o acesso e aumentar a quantidade de consultas, é melhorar o atendimento à população”, afirmou o parlamentar.

O deputado Wellington mencionou também que irá cobrar, mais uma vez, que a Prefeitura de São Luís siga o ‘exemplo’ do Governo do Estado e aprecie a possibilidade de implantar o teleagendamento como modalidade na Central de Marcação de Consultas da capital.

“Ao analisar a marcação de consultas em São Luís, nos deparamos com o fato de as pessoas precisarem passar a noite em claro para conseguirem uma senha e, só então, marcarem suas consultas. Almejando atenuar tal problemática, solicitamos hoje, mais uma vez, que a Secretaria Municipal de Saúde aprecie a possibilidade de implantar o teleagendamento para marcação de consultas. Através do teleagendamento, o cidadão maranhense não mais precisaria passar a madrugada para conseguir marcar uma consulta. Há muitos desafios a serem superados, mas nenhum deles deve se sobrepor à dignidade de cada maranhense. O cidadão merece respeito e a saúde é um direito de todos e, também, dever do Estado”, enfatizou o deputado Wellington.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários