Política

Prefeito interino de Santa Inês apela para permanecer no poder

Dino Lima do PT
O prefeito interino de Santa Inês-MA, Ednaldo Alves Lima (o Dino do PT), resolveu “jogar baixo” e tenta manobra para não devolver o cargo a Ribamar Alves. O até agora prefeito, através de seus advogados, está desafiando a Justiça maranhense, com medidas apelativas como no caso em que a advogada Edina Maria Cunha chegou a recolher um processo de Mandado de Segurança, fato ocorrido na última sexta-feira, 26/02.

Edina tem conhecimento de que o prazo corria para os impetrados, inclusive foi contactada pela secretaria da 1ª Vara, e instada a devolver os autos imediatamente. Mas até o momento, a advogada não devolveu o processo de Mandado de Segurança

Também com a anuência de Dino, os advogados ajuizaram uma ‘Ação de Suspeição’ contra Alessandro Bandeira, o mesmo Juiz que determinou a posse dele no último dia 16 de fevereiro. Ou seja, para a concessão ele não foi apontado como suspeito, agora que o Juiz vai apreciar sua própria decisão em vista da ausência do impedimento, ele é apontado como suspeito. Porque será?

A própria prefeitura – por intermédio dos advogados do Dino ajuizou ação de improbidade administrativa contra o prefeito afastado Ribamar Alves.

Segundo os advogados de Ribamar Alves , “não passa de uma manobra clara de querer tomar mandato do prefeito eleito pelo povo de Santa Inês. Isto sim tem caráter de golpe. E a Justiça haverá de prevalecer”. E acrescentam: “Não podemos esquecer que a manobra usada pela advogada em reter o processo é ilegal e ela haverá de responder por isso.”

dino ok


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários