Política

Prefeitura de Timon já torrou quase R$ 5 milhões com internet

A empresa foi criada em 31/01/2013, apenas um mês após a posse do prefeito Luciano Leitoa.

Prefeito de Timon Luciano Leitoa.

Prefeito de Timon Luciano Leitoa.

O prefeito Luciano Leitoa cortou 30% dos salários dos servidores de Timon alegando crise financeira, mas vem torrando cifras milionárias desde 2013, quando assumiu, com serviços prestado pela empresa Tekynik.

A prestação de serviço é de internet banda larga. A empresa agraciada iniciou em 2013 faturando R$ 477 mil reais; 2014 pulou para R$ 2.1 milhões e, consecutivamente, recebeu R$ 2.2 milhões só nos 10 meses deste ano. Um escândalo que desafia o promotor responsável pela defesa do patrimônio e probidade, Sérgio Martins.

A Tekynik foi turbinada em contratos com 15 secretarias: Educação, Meio Ambiente, Administração, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Esporte e Juventude, Desenvolvimento Rural, Cultura, Finanças, Saúde, Desenvolvimento Social, Recursos Humanos, Agricultura, Infraestrutura, Habitação e Planejamento.

A empresa foi criada em 31/01/2013, apenas um mês após a posse do prefeito Luciano Leitoa e ainda que a mesma é gerenciada por um homem chamado Rui, que é marido da atual chefe de gabinete do prefeito e cunhado da secretária de Educação de Timon. Abaixo alguns demonstrativos de pagamentos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários