Política

Indícios de fraude em Nova Olinda complica a vida de prefeito

O Ministério Público do Maranhão encontrou indícios de irregularidades em pagamentos da folha dos servidores, após receber vasta documentação do bioquímico Gentil Frazão, que acusa o município de usar seu nome no Conselho Nacional de Entidades de Saúde como funcionário da prefeitura.

De acordo com a documentação, Gentil consta como servidor de Nova Olinda do Maranhão há mais de sete anos exerce as funções de bioquímico e técnico em alimentos. Ocorre que, ele nunca trabalhou na gestão de Delmar Sobrinho.

Há 15 o bioquímico mora no estado do Pará e descobriu que estava sendo usado quando quando foi pego na ‘malha fina. “Nunca exerci essa função esses sete anos que colocaram”, revelou.

O promotor de Justiça Hagamenon Azevedo solicitou que o prefeito encaminhe documentações sob pena de responder por atos de improbidade administrativa. “Nós já temos atualmente instauradas outras investigações de pessoas que estariam em situação irregular perante ao município”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários