Política

Deputada cobra ministro de Minas e Energia sobre Refinaria Premium‏

A deputada federal Rosângela Curado (PDT) debateu em audiência na Comissão Externa, sobre o impacto socioeconômico causado em função do cancelamento das Refinarias Premium I e II, no Maranhão e no Ceará, respectivamente.

No debate, a parlamentar, preocupada com o fator social das populações dos dois estados, questionou o ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, sobre o ressarcimento pelos investimentos feitos até a interrupção das refinarias. “Temos conhecimento que empresários de Bacabeira contraíram empréstimos, que cearenses somaram prejuízos e muitos sonhos foram desfeitos. É preciso assumir a responsabilidade com essas famílias, que acreditaram que esse projeto iria mudar os índices de qualidade de vida”, ressaltou.

A pedetista indagou, ainda, do que tem sido pensado a curto, médio e longo prazo, no que tange ao planejamento de gestão, para compensar os investimentos não direcionados para as refinarias, bem como, qual seria a responsabilidade social da empresa com o país, principalmente ao povo do Maranhão e do Ceará.

Em resposta aos questionamentos da parlamentar maranhense, o Ministro Eduardo Braga apresentou a situação macroeconômica como priomordial, sendo enfático sobre a necessidade de ampliar seu parque de refino para atender a demanda. “A questão da Premium I e Premium II terá seu reestudo por parte do Ministério, mas, dependemos, ainda, da orientação do mercado. A Petrobras é uma empresa de capital aberto, que tem como principal acionista, o Governo Federal”, finalizou o ministro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários