Política

Eliziane Gama hoje é o Edivaldo Holanda Júnior de 2012

Eliziane Gama.

Eliziane Gama.

Um já conhecido sentimento de mudança começa a tomar conta dos ludovicenses com a aproximação das eleições de 2016, que definirá novo representante no executivo municipal, ou, quem sabe, a reeleição do atual gestor Edivaldo Holanda Júnior.

Na conjuntura política de 2012, precisamente da campanha para prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (sem partido), era a deputada federal Eliziane Gama da atualidade. Ele também estava no Congresso Nacional.

Se voltarmos no tempo, há exatamente quatro anos, São Luís vivia um momento dramático durante a administração do ex-prefeito João Castelo. As inúmeras reclamações contra o estilo de governar do tucano geraram pedidos incessantes de afastamento do cargo. Pelos quatro cantos da cidade, ecoavam gritos de revolta e pedidos de mudança na administração.

Mas com a aproximação das eleições de 2012, o ludovicense tinha em suas mãos o poder de mudar a história através do voto, que impediria a reeleição de João Castelo. E foi então que Flávio Dino, a esperança da época, anunciou que não disputaria as eleições, acenando então para uma provável candidatura de Edivaldo Holanda Júnior, que naquele ano, atuava na Câmara Federal.

Imediatamente, uma luz no fim do túnel aparecia, e o povo, ao se certificar da candidatura de Holandinha, vestiu veementemente a camisa do candidato, não por morrer de amores, mas por ansiar pela mudança evidente que aquele deputado federal por sua jovialidade, talento e aparente comprometimento teria capacidade de fazer.

Edivaldo Holanda Júnior.

Edivaldo Holanda Júnior.

Foi quando o candidato de Flávio Dino despontou, e com uma vitória histórica em cima do velho tucano, encheu as ruas da capital de esperança. O descaso na saúde, infraestrutura, educação e etc, tudo isso seria coisa do passado.

Mas voltando em 2015, três anos após a euforia das eleições, o sentimento de revolta e insatisfação voltou com força absoluta. O “Fora Holandinha” tomou conta das ruas porque o prefeito tem mostrado uma atuação vergonhosa, decepcionante e de completa ausência com as necessidades do povo que o escolheu. Quase no fim de seu mandato, não conseguiu cumprir um terço do que prometeu em sua campanha.

E então, eis que surge a nova possível “salvadora da pátria”, Eliziane Gama. A deputada federal mais votada em todo o Maranhão tem gerado no povo o mesmo desejo por mudança e compromisso que Holandinha gerou na época de sua pré-campanha. A já declarada pré-candidata a prefeitura de São Luís tem grandes chances de impedir a reeleição do atual gestor com o seu desempenho, simplicidade e pulso firme. Os papéis se inverteram.

O prefeito passa pela mesma pressão e provações que seu antecessor João Castelo por uma única razão: o povo está mais atento. Após décadas sofrendo nas mãos da famigerada familia Sarney, os eleitores estão sabendo escolher em quem votar, assim como sabem trocar seu representante caso este não cumpra com sua palavra.

Eliziane vem ganhando força nas redes sociais, algo semelhante aconteceu com Edivaldo Holanda Júnior em 2011 e 2012. Sua popularidade cresce na mesma proporção que cresce a rejeição do atual prefeito, e cabe a ela o papel de provar a teoria de que o cidadão ludovicense está em transição.

O grito por mudança continuará ecoando como uma revolução pelo novo ou por medidas urgentes e vai perdurar enquanto o eleitor não olhar o seu representante como uma escolha acertada. Acomodação faz parte do passado.

E isso é fato.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Eliziane Gama hoje é o Edivaldo Holanda Júnior de 2012”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. paulo

    com muita diferença, eliziane não tem pai nem nem tutor nem padrinho!
    edivaldo tem pai holandão e flavio dino como padrino …
    tem que ter coragem e isso Eliziane tem muito mais que holandinha

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários