Política

Rogério Cafeteira deve ser levado ao Conselho de Ética da Assembleia

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa deve apurar uma irregularidade confessada pelo deputado Rogério Cafeteira durante pronunciamento em sessão plenária.

Há duas semanas, o deputado fez uma grave denúncia acusando a si mesmo, quando afirmou ter realizado uma transferência no valor de R$ 300 mil para a conta da deputada Andreia Murad durante as eleições de 2014.

“E vou dizer a agência, a Itaú Personalité da Avenida dos Holandeses”, disse Cafeteira na ocasião, revelando o nome e endereço da agência de onde partiu a transferência dos R$ 300 mil.

O empréstimo pessoal feito pelo deputado configura “crime” como, por exemplo -, por se tratar de uma doação ilegal e não declarada.

O presidente do Conselho de Ética da Assembleia deve tomar uma atitude e ouvir os esclarecimentos de Rogério Cafeteira, que confessou ter cometido crime durante sessão plenária.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários