Política

Notas da noite

Pagamentos de convênios

Agora vai. O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) está realizando supervisão técnica em obras contratadas por meio de convênios firmados entre o governo do Estado e municípios, nos exercícios de 2013 e 2014. Dentre os convênios fiscalizados estão obras como pavimentação, serviço de abastecimento de água, construção de praças entre outros.

Foi realizado um levantamento das informações sobre os 543 convênios celebrados nos respectivos anos. A Secretaria das Cidades já realizou 306 vistorias em 107 municípios. Com a conclusão do levantamento, o governo deve voltar a pagar os convênios.

Greve politizada

Alguns professores do município de Bom Jardim aderiram a uma greve por tempo indeterminado. Eles exigem reajuste de 13,01 por cento do salário sob o argumento da necessidade de adequação salarial ao piso nacional. Eles defendem que os salários dos professores que trabalham 20 horas semanais deverão ser proporcionais aos que trabalham 40 horas. Os poucos profissionais que aderiram à paralisação têm feito baderna e estão isolando os portões de escolas colocando cadeados para impedir a entrada de alunos.

Eles mandam avisar aos pais que não está havendo aula. Mas de acordo com informações, a prefeitura contratou dezenas de professores para darem continuidade às aulas pagando diárias aos profissionais. A greve é conduzida de forma política por uma professora chamada Cristiane Varão, irmã do vereador Adriano Varão. Ela tem ameaçado os demais professores que não estão aderindo à greve afirmando que eles perderão todos os direitos que o sindicato defende.

Mudança de secretariado

Tomou posse o novo secretário municipal de Desportos e Lazer de São Luís, Júlio França. Ele sucede o secretário Jerry Abrantes, falecido precocemente no dia 11 de abril. Para o prefeito Edivaldo, o novo titular da pasta terá pela frente o desafio de dar continuidade a projetos iniciados na gestão de Jerry Abrantes. São projetos em andamento junto ao governo federal. “Fica o nosso reconhecimento, nosso e da cidade, pelo trabalho do companheiro Jerry”, afirmou Edivaldo.

Antecipado

O pagamento do funcionalismo estadual será antecipado para esta sexta-feira (1). Conforme o calendário, o pagamento estava previsto para ser efetuado no dia 05 de maio (2º dia útil do mês), porém, devido a viabilidade financeira do Estado, será antecipado.

Sem manutenção

Menos da metade das 17 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estão prestando serviço de atendimento à população por falta de manutenção. Em diversas oficinas da capital é possível encontrar ambulâncias do SAMU paradas para consertos.

As ambulâncias que mais prestam serviços aos pacientes são as que mais sofrem com o problema. Uma funcionária explicou que geralmente as ambulâncias rodam por 24 horas e param por um momento para a higienização. Ela revelou que no último domingo, o plantão iniciou com oito ambulâncias e terminou com apenas cinco. “Porque pregaram no meio do caminho”.

Assaltada ao vivo

Uma equipe da TV Tribuna, afiliada a Rede Globo em São Paulo foi assaltada durante uma reportagem ao vivo na tarde desta terça-feira (28) em frente à Prefeitura Municipal de Guarujá. Um homem de bicicleta atropelou o cinegrafista e, armado, apontou o revólver para a equipe e o entrevistado. Ele levou os celulares de todos.

Zico no Maranhão

O governador Flávio Dino recebeu nesta terça-feira (28) o ex-jogador e eterno ídolo Flamenguista, Zico, para participar do lançamento dos Jogos Escolares Maranhenses, o JEM’s 2015.

O ex-craque foi o destaque na solenidade de abertura dos jogos, realizada pela SEDEL-MA, no ginásio Castelinho.

Desemprego no Maranhão

A demissão de centenas de funcionários pela Alumar e a divulgação de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apontam um aumento no desemprego no Maranhão, preocupam o deputado André Fufuca (PEN). Para ele, o Maranhão vive uma regressão do mercado de trabalho no estado.

“No primeiro trimestre deste ano 6.841 maranhenses perderam empregos formais. Os dados são alarmantes e as autoridades precisam ficar atentas”, disse.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários