Política

Notas da manhã

Deputada Whatsapp

Deputada Andrea Murad durante audencia que tratava sobre saúde pública.

Deputada Andrea Murad durante audencia que tratava sobre saúde pública.

A deputada Andrea Murad (PMDB) demonstrou na tarde de ontem (17) o quanto se preocupa com a saúde do Maranhão. Enquanto o Secretário de Saúde do Estado Marcos Pacheco mostrava as necessidades do estado e suas ações para amenizar os problemas, em audiência na Assembléia Legislativa, Andrea estava mexendo em seu celular, provavelmente no whatsapp.

Engraçado é que a deputada todo dia sobre na tribuna da Casa para cobrar e criticar o secretário e quando tem a oportunidade de confrontá-lo, não dá à mínima.

Pedido de autonomia

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) destacou ontem esta terça (17), em seu pronunciamento, no plenário da Assembleia Legislativa, a Indicação apresentada por ele requerendo a desvinculação da Secretaria de Estado da Juventude à Casa Civil, transformando-a em Secretaria Ordinária. O objetivo é desburocratizar os processos e procedimentos voltados para os programas de políticas públicas.

A pasta da Juventude hoje tem status de Extraordinária, e a transformação em Secretaria Ordinária dotaria a pasta de uma estrutura com autonomia operacional e orçamentária.

Mais perdido do que cego em tiroteio

Quem estava na Audiência Pública na Assembleia observou que o deputado Zé Inácio (PT) estava mais perdido do que cego em tiroteio. Além de não saber nada do tema abordado, ainda ficou em lugar desprestigiado da mesa, onde não conseguia nem olhar os slides apresentados pelo secretário. Restou-lhe tomar água e ficar olhando de um lado pro outro.

Candidato Mentiroso

O empresário Herialdo Pelúcio, candidato derrotado nas eleições de 2012 no município de Presidente Vargas, anda gritando aos quatro ventos que é o candidato do Governador Flávio Dino na cidade. Herialdo tem inclusive pago blogueiros da região para espalhar a mentira.

Ora, como se Flávio Dino fosse se importar com as eleições de uma cidade de pouco mais de 10 mil habitantes. É cada uma! E o pior é que tem gente que ainda acredita.

Precariedade

A situação de Presidente Vargas não é nada boa. A administração da prefeita Aninha (PV) vai de mal a pior e pouco se importa com a população. Para se ter idéia, foram os moradores de uma rua do centro da cidade que tiveram que construir uma ponte, pois a prefeita, que não manda em nada, diga-se de passagem, quem manda é o marido, não fez e nem sequer deu satisfação. Para piorar, o promotor Benedito Coroba está no seu pé e pode cassá-la qualquer momento por fraude no transporte escolar.

Belezinha leva vaia

Na tarde da última sexta-feira (13), a prefeita de Chapadinha, Dulcilene Pontes (Belezinha), foi vaiada durante uma reunião na escola municipal ‘Francisco Gonçalves ’ na localidade Macajuba por Pais de alunos.

A sonora vaia, que ecoou por todo o recinto, foi registrada por vários minutos no momento em que a prefeita não conseguiu explicar a indagação de um pai de aluno em perguntar sobre o motivo em que a prefeita não mandava um ônibus para a região para fazer o transporte dos alunos para estudarem na cidade de Chapadinha distante 45 quilômetros.

Sumiu de Vargem Grande

A população de Vargem Grande está sofrendo e carregando uma cruz que não merece. A cidade está entregue a violência e ao uso de drogas e o poder público não faz nada para coibir. O prefeito Edvaldo Nascimento (PMDB) nem pisa na cidade e para terminar de completar, um dono de cabaré quer ser prefeito a partir de 2016 com o apoio de um deputado federal envolvido na Operação Lava-Jato, trata-se de Matias Pancadão, dono da Bam Bam Bam, e de Waldir Maranhão.

Prejuízo aos cofres

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) está buscando reverter no Supremo Tribunal Federal (STF) o reajuste linear de 21,7 porcento concedido a partir de decisão judicial, a servidores de nível médio do Executivo e do Poder Judiciário. O impacto da decisão judicial aos cofres públicos implicaria em um custo anual de R$ 953 milhões e mais de R$ 4 bilhões se for considerada a medida em caráter retroativo.

O procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia, explica que os reajustes diferenciados concedidos pela lei estadual 8.369/2006 são constitucionais, pois a Emenda nº 19/98, que trata da Reforma Administrativa permitiu a efetivação deste tipo de reajuste e que este é um dos argumentos principais das alegações feitas pela PGE junto ao STF.

Moralistas I

Os deputados estaduais que pretendem levar no Ministério Público uma suposta irregularidade ocorrida na Central de Licitação, também deveria aproveitar para questionar o caso do amigo de parlamento, Sergio Frota, que empregou a mulher no próprio gabinete. Nepotismo descarado.

O caso é grave é deveria ter a mesma atenção dos deputados que questionam a moral do governo Flávio Dino.

Moralistas II

Os deputados de oposição Edilazio Júnior, Andrea Murad, Adriano Sarney e Sousa Neto atuam como moralistas do parlamento. Embora eles fechem os olhos para imoralidade do deputado Sérgio Frota.

É inadmissível que os mesmos não se
manifestem e aceitem calados certos atos torpes que jogam na lama a ética e moral do parlamento maranhense.

Biometricamente

Os juízes eleitorais de Imperatriz e Açailândia, juntamente com os chefes de cartórios, se reuniram nesta terça-feira, 17 de março, com o juiz auxiliar Sebastião Bonfim (presidência), o diretor Gustavo Campos (geral) e o secretário Wagner Sales (Tecnologia da Informação) para discutirem os preparativos para a revisão do eleitorado dos dois municípios pela biometria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários