Política

Lobão afirma que vai provar inocência contra acusação de receber R$ 10 milhões

O senador Edison Lobão (PMDB) ocupou a tribuna do senado federal ontem, para se defender contra as acusações de integrar o esquema de corrupção da Petrobrás. Em seu discurso, o ex-governador foi enfático ao afirmar que está sendo injustiçado.

“É uma injustiça não só comigo, mas como a outros integrantes da lista de investigados. É degradante e injusto se submeter a um processo porque o delator, para escapar de seus crimes, mencionou seus nomes”, disse ele, referindo-se a Paulo Roberto Costa, ex- diretor da estatal, beneficiado com a delação premiada.

O senador negou as acusações de que teria pedido 2 milhões para a campanha de Roseana Sarney ao Governo do Maranhão em 2010, e a de que Costa só se manteve no cargo de diretor da Petrobrás, que ocupou em 2006, graças à ajuda de nomes da cúpula do PMDB, entre eles, Lobão. O senador afirmou que naquele ano ainda não estava filiado ao partido.

“Em 2006, eu sequer era filiado ao PMDB, o que vim a fazer no dia 9 de setembro de 2007, um ano depois, quando o senhor Paulo Roberto Costa já estava mantido no cargo”, argumentou.

Para ele, as acusações estão sendo feitas com base em depoimentos controversos os tornando inconsistentes. Ele afirmou estar sofrendo violência e que “não pode se calar diante da injustiça que tenho sido vítima”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Lobão afirma que vai provar inocência contra acusação de receber R$ 10 milhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José Joao Macedo

    Senador Lobão!!! dá para o senhor explicar o fazia o maior doleiro do País(Alberto Yousellf)no Hotel Luzeiros em São Luís??e aquela movimentação de troca de malas gravadas pelo hotel??Turismo com certeza ele não estava fazendo.O Senhor está aprendendo com o PT a mentir?

  2. Pipiu

    Esse lobão ladrão é a cara da desgraça.

  3. Janot

    Assim como o PT e o PMDB querem a investigação a partir do governo FHC, a Policia Federal podia estender as investigações a partir do governo do Edson Lobão no Maranhão, iam descobrir de onde Lobinho 30 tirou a fortuna que ostenta até hoje.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários