Política

Ex-prefeito é acusado de conceder 56 empréstimos ilegais

Além de não ter repassado os descontos ao Banex, o ex-prefeito fraudou contracheques e termos de posse.

O ex-prefeito de Buritirana, José Willian de Almeida, é acusado de conceder ilegal de 56 empréstimos consignados, em nome do Município, favorecendo servidores e parentes.

Os empréstimos, no valor total de R$ 1,59 milhão, foram concedidos por meio de contrato firmado pela Prefeitura de Buritirana com a instituição bancária Banex S/A Crédito, Financiamento e Investimento, no mês de setembro de 2006.

Por meio do Inquérito Civil nº 04/2012, o representante do Ministério Público do Maranhão (MPMA) constatou que, sob a gestão de Almeida (no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2012), a Prefeitura de Burititana concedeu empréstimos a estas pessoas, depositando valores nas respectivas contas bancárias. Entretanto, o ex-gestor se apropriou dos descontos, não os repassando ao banco.

Além de não ter repassado os descontos ao Banex, o ex-prefeito fraudou contracheques e termos de posse, beneficiando parentes e pessoas alheias ao quadro funcional do Município. Os documentos falsificaram informações sobre os proventos efetivamente recebidos, possibilitando a contratação de empréstimos acima dos valores permitidos pelas condições contratuais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários