Política

Edinho Lobão é condenado em R$ 203 mil por propaganda antecipada

O candidato veiculou propagandas eleitorais em mensagens alusivas ao Dia do Trabalho e Dia das Mães na TV Difusora.

O candidato do clã Sarney, Edinho Lobão (PMDB), e a TV Difusora foram condenados a pagar multa no valor de R$ 203.563,46, por propaganda eleitoral antecipada, após o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) confirmar a decisão do Juiz Eleitoral Ricardo Macieira.

A condenação é fruto de representação da Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE/MA) em razão do candidato ao governo do estado ter veiculado na TV Difusora mensagens alusivas ao Dia do Trabalho e ao Dia das Mães.

Nos dias 1º e 10 de maio deste ano foram transmitidas, ao longo da programação da TV Difusora, 24 mensagens relativas ao Dia do Trabalho e ao Dia das Mães, totalizando 12 minutos de propaganda.

Para o procurador eleitoral Juraci Guimarães Júnior, ficou evidente a propaganda eleitoral antecipada nas mensagens, “sob o pretexto de se divulgar mensagens de felicitações às mães e aos trabalhadores, o candidato cometeu infração de forma dissimulada”, afirmou.

Ainda segundo Juraci Guimarães, o alto valor da multa é justificado porque a propaganda foi nitidamente abusiva, realizada por meio de uma concessão de serviço público que tem alta influência na sociedade brasileira, principalmente, de baixa renda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Edinho Lobão é condenado em R$ 203 mil por propaganda antecipada”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Carla

    COMO PODE A ESPOSA DO CANDIDATO, QUE PARTICIPA DA CAMPANHA, ESTÁ PRESENTE EM PROGRAMA DE TELEVISÃO TODOS OS SÁBADOS?? NÃO ERA PARA ELA ESTÁ AFASTADA, JÁ QUE ESTÁ EM CAMPANHA COM O MARIDO??

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários