Política

Max Barros sai em defesa do prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva

Max Barros afirmou que o caso terminou parando na Justiça e manifestou confiança na absolvição do prefeito de Coelho Neto.

Deputado Max Barros.

Deputado Max Barros.

O deputado Max Barros (PMDB) defendeu, na sessão desta quinta-feira (15), o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, de ação aberta no Tribunal de Justiça, a respeito de incidente que aconteceu há mais de um ano. “O que ocorreu, na realidade, é que o prefeito defendia a manutenção por mais um período dos professores contratados para que eles não perdessem o seu emprego, houve uma aglomeração junto ao sindicato, ele se deslocou até lá como um democrata para debater com as pessoas que estavam lá e, de fato, houve uma altercação, um empurra-empurra e o prefeito foi empurrado, esse fato foi registrado”, explicou.

Max Barros afirmou que o caso terminou parando na Justiça e manifestou confiança na absolvição do prefeito de Coelho Neto. “A justiça é o canal competente e, com certeza, quando for julgado vai ver que o prefeito de Coelho Neto nada fez, não agrediu ninguém, pelo contrário, foi vítima nesse incidente que ocorreu. Eu sugiro a essas pessoas que procuram criar factoides que não têm nenhum significado, que procurem a trabalhar por Coelho Neto, fazer alguma coisa de construtivo pelo município”, assegurou.

Barros garantiu que ele próprio é testemunha “que nenhum prefeito antes do Soliney fez tanto quanto ele fez pelo município”. Contou que fez, por exemplo, uma avenida onde era uma estrada cortando toda cidade em parceria do Governo do Estado e transformou a estrada que corta todo município em uma grande avenida, contribuindo para o crescimento urbano da cidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários