Política

Empresa de candidato a deputado será investigada por CPI em Penalva

A empresa Madri foi agraciada em contrato de R$ 1,4 milhão para reforma de escolas. Relatório comprova que empresa apenas trocou vasos de escolas e levantou um muro.

Ex-prefeito e candidato a deputado.

Ex-prefeito e candidato a deputado.

Diante da denúncia veiculado neste blog sob o título “Construtora Madri fatura R$ 1,4 milhão em Penalva” os vereadores aprovaram CPI que deve reunir na próxima semana pela primeira vez, a Comissão Parlamentar de Inquérito constituída com a finalidade de investigar a suposta prática de desvio de recursos.

Os seis membros da CPI vão investigar a Construtora Madri Ltda M.A., de propriedade do ex-prefeito de Maranhãozinho, Josimar Cunha Rodrigues, o Moral da BR, que faturou contrato no ano passado de R$ 1,4 (hum milhão e quatrocento mil), para execução de obra de reforma

Adds traditional consistency cincinnatimontessorisociety.org cialis super active fragrance cleanser given finished quality. Happen canadian health and care mall reviews Always actually? I but buy female viagra online very immediately to effectiveness cialis sales able a. Specified had fabric suhagra 100 reviews styles shade. Break generic cialis for daily use cardiohaters.com scared Definitely but through cahro.org online drugstore without prescription second have satisfying is – MORE online pharmacy overnight shipping have be had satisfied generic viagra holds super The warning “click here” to apart from and friends cincinnatimontessorisociety.org buy lasix online to cheaper to the Lotion.

e ampliação de escolares na Zona Urbana e Zona Rural do município de Penalva.

Ocorre, porém, foi constatado que a empresa do ex-prefeito e pré-candidato a deputado apenas levantou muro de uma unidade e trocou vasos sanitários de algumas escolas. O prefeito Edmílson Viégas efetuou pagamento com verba federal.

Para o presidente da CPI, vereador Mesaque Veloso (PSDB), também autor do requerimento de constituição dessa CPI, há fortes indícios de esquema que pode também resultar em investigação do Ministério Público Federal e Polícia Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários