Política

Pupilo de Flávio Dino vira desgosto para os servidores de São Luís

Servidores realizam paralisação para pressionar Edivaldo Holanda Junior a atender reivindicações da categoria.

Holanda Júnior e Flávio Dino durante as promessas de campanha.

Holanda Júnior e Flávio Dino durante as promessas de campanha.

Desgosto total. É dessa forma que os servidores enxergam o pupilo do Flávio Dino em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC). Os servidores andam chateados pelo não atendimento da pauta de reivindicações encaminhada pelas entidades representativas desta categoria que apresentaram proposta de reajuste salarial de 18.5 % para o ano de 2014.

Este percentual é relacionado à reposição da inflação do período, recomposição de perdas salariais anteriores e a garantia de ganho real sobre os salários dos trabalhadores e trabalhadoras. A contra-proposta de apenas 3% feita pela prefeitura foi rejeitada pelas entidades sindicais que a consideram muito abaixo do que é pedido na pauta de reivindicações.

A postura por parte da prefeitura de São Luís reflete um descompromisso com a valorização dos servidores municipais. Na luta pelos servidores estão a Asismu, SINFUSPSL SINDACS, SINDTRANSITO, SINFUSP, ASISMU, SIGMEMMA, SEEMA e SINDEDUCAÇÃO.

A insatisfação dos servidores é tão grande que o índice de reajuste salarial solicitado, que é de 18,5%, representa apenas a metade da inflação do período e não traz ganho algum.

Represenantes das categorias afirmaram ao Blog do Neto Ferreira que o prefeito de São Luís precisa colocar na prática discurso de valorização dos servidores públicos municipais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

10 comentários em “Pupilo de Flávio Dino vira desgosto para os servidores de São Luís”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Débora Ferreira

    Quanto exagero essa sua manchete… Todos os anos há pauta de negociação na data base de qualquer categoria trabalhista com vínculo sindical. Absolutamente normal a postura da prefeitura em sentar com as entidades e negociar. Lembre-se que o ex-prefeito Castelo nem recebia os trabalhadores, quando muito marcava com o secretário da fazenda, e só cedia quando não havia jeito. O prefeito tem mantido a promessa de diálogo com os servidores e certamente as partes chegarão a um consenso.

  2. Jacinto Pinto

    Virou desgosto pq??? Só se for para o senhor blogueiro. No meio jornalístico, tudo aqui é motivo de ser usado para atingir de maneira negativa uma pessoa. Sei que isso não passa de pecuínha da oposição. Se existi uma reclamação, provavelmente, Edivaldo deve estar a par e está procurando uma maneira amigável de resolver tal impasse. Não vejo pq tanto alvoroço pra criticar dessa forma o prefeito. mas ano político é desse jeito mesmo!!!

  3. Mayanne

    Seria muito bom se cada funcionário reivindicasse aumento anual, tiramos isso do salário mínimo que não dá pra nada, agora funcionário público que é cheio de regalias não tem tanto direito de exigir tendo em vista que deixam a desejar nos seus trabalhos, não se vê melhorar, educação e ainda consegue feriar mais que qlqer trabalhador, pois existe vários pontos facultativos, será q se o prefeito retirasse essas coisitas alguém iria achar bom?

  4. Rozileide Almeida

    Agora esse povinho quer reivindicar. Quando era Castelo todos aceitavam a má gestão e ainda colocavam os seus rabinhos entre as pernas, pois Castelo cantava de galo era certo e não compartilhava da opinião dos servidores. Agora com Edivaldo Holanda querem bagunçar. Mas, sei q ele dará um jeito de resolver esse contra-tempo, pois Edivaldo é uma pessoa q sempre se mostrou está aberto as conversas e a fazer negociações viáveis.

  5. Arminda

    Na verdade a prefeitura tem mostrado total compromisso em todos os setores e nunca deixou de ouvir as reivindicações dos trabalhandores. Os professores anunciaram que independente de Edivaldo atender as solicitações ou não haveria esta paralização. E de uma coisa ninguém pode duvidar é que o setor Educação tem sido um dos mais beneficiados nas ações desenvolvidas pela gestão de Edivaldo.

  6. Irismar Silva

    De todo jeito arrumam um meio pra distorcer a imagem do prefeito. Edivaldo sempre se propõe a conversar com os servidores pra resolver os impasses que surgem, falar dele como gestor é só pra quem não conhece como o prefeito trabalha, essa é a minha opnião.

  7. Modesto

    Sinceramente uma vergonha esse cidadão que se diz prefeito de São Luís, e maus triste ê ver a cara desse Márcio Jerry, Imperatriz tudo espera e Colinas, Flávio Dino você está bem acompanhado.

  8. Romero

    Não há pauta de negociação, esse prefeito quer apenas que os servidores aceitem esse reajuste imoral, está pior do que o Castelo, que nunca veio com uma proposta indecente como essa, sou funcionário da prefeitura e não estou de lado nenhum, mas para servidores o pior prefeito que já existiu. Se quiserem comparem com os reajustes dos funcionários estaduais e vejam o absurdo.

  9. PAULO

    que vergonha,sou servidor do municipio e quero deixar os 3 porcento de aumento que dar 20 reais no meu salario para edivaldo tapar os burracos da nossa querida são luis, seria melhor que esse sindicato corrupto não a ceitasse migue, mas como já falei é uma vergonha.

  10. Thiago

    conduzirão inevitavelmente ao caminho da traição, do desrespeito, da desonra, da ausência de paz de espírito e do fracasso. Pois tu apenas possuis a aparência de piedade, mera teatralidade. Já que juntamente com os hipócritas te assentaste. Fazendo-se de si mesmo tão corrompido quanto os Corruptores que d’antes tanto criticava. Pensas ser gênio, todavia não passas de um pequeno iludido pobre perdido, envolvido pelas tramas dos membros da Alcatéia. Os quais apenas estão a espera do primeiro descuido do bobo da corte da Câmara para lhe fazer ainda mais de Otário. Nato Otário por excelência Vossa Excelência predestinou-se… De idealista comunista à peça proletária de Manobrista capitalista em Esquemática sistemática determinista. Dessa vez espero que o mal que semeaste não te conduza novamente a um leito hospital. Afinal… Há sempre uma peça substitutiva sendo produzida em escala industrial! Em São Luís ou em Lisboa, pois o sistema é sempre Sistema em qualquer parte do mundo. Somente os ingênuos ou dissimulados se opõem a essa verdade. Se bem que Vossa Excelência se encaixa perfeitamente bem em ambas as categorias. (Ich bin Thiago Viana)Responder

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários