Política

Escórcio articula em Brasília soluções para a BR-010

"Nós estamos impedidos de sair do Norte para o Sul do País, através da BR-010, principalmente no trecho onde tem essa queda de toda a rodovia, na altura do km 1.700 da Belém-Brasília".

O deputado Chiquinho Escórcio usou a Tribuna da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (17), para falar sobre os problemas decorrentes das chuvas na região sul do Estado. A BR-010, que é a Belém-Brasília, está rompida, provocando um desvio de 54 quilômetros.

Deputado federal Chiquinhos Escórcio.

Deputado federal Chiquinhos Escórcio.

Chiquinho afirmou que hoje recebeu um telefonema de que não está passando mais nenhum veículo em Imperatriz. “Nós estamos impedidos de sair do Norte para o Sul do País, através da BR-010, principalmente no trecho onde tem essa queda de toda a rodovia, na altura do km 1.700 da Belém-Brasília. Temos informações de que cabeceiras de pontes estão começando a ruir, fazendo com que a Polícia Rodoviária Federal impeça o tráfego de carretas, carros, inclusive das pessoas de um lado para o outro”.

Chiquinho afirmou que todas as providências estão sendo tomadas e aproveitou para agradecer ao General Fraxe, Diretor-Geral do DNIT, que assim que soube do ocorrido determinou que fosse imediatamente levado pra lá uma empresa apropriada para fazer os desvios. Toda assistência está sendo dada pelo Dnit. “Eu venho aqui, em nome do povo do Maranhão, agradecer, de público, pela sua generosa e responsável atuação. Hoje, às 7h30min da manhã, ele já estava me ligando, me tranquilizando, dizendo que toda a equipe de engenharia estava se deslocando de São Luís para a cidade de Imperatriz”.

Chiquinho ressaltou que uma reunião de emergência será realizada na quinta-feira (20),às 16hs, no auditório da secretaria de Educação da


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Escórcio articula em Brasília soluções para a BR-010”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Magno Pinheiro

    Caro itevaldo,

    Sou empresário do ramo da construção civil e peço ajuda ao companheiro para denunciar uma fraude que vem sendo realizada pela Federação dos Municípios – FAMEN em coluio com os prefeitos.
    Acompanho diariamente as publicações do Diário Oficial do Estado e o Jornal Oficial dos Municípios, sendo este último encontrado para consulta no site da FAMEN.
    Ocorre que tanto o Diário do Estado como o da FAMEN sofrem atrasos constantes, mas o da FAMEN vem causando estranheza da forma que vem ocorrendo, pois pela na manhã do dia 13 do corrente mês, acessei o portal http://www.famem.org.br e busquei o Jornal, estando publicada como última edição a de nº 1044 do dia 31 de dezembro de 2013, mas ao entrar no mesmo portal pela noite encontrei duas “novas edições” que havia sido incluídas, a 1045 e 1046, todas as duas com licitações da área de construção, o que muito me interessava em participar. Mas ao abri-las, tomei um tremendo susto, a 1045 era do dia 3 de janeiro e a 1046 de 7 de janeiro de 2014, ou seja, publicadas com datas retroativas, e as licitações com mais de 10 dias realizadas. O mesmo fato voltou a se repitir hoje(17), pois as edições que foram colocadas(1047, 1048 e 1049) são com datas de 9, 10 e 15 de janeiro, respectivamente, ou seja, mais de um mês de atraso.
    Peço que averigue e divulgue este fato e divulgue em seu blog, pois precisamos acabar com esta Fraude que deve está beneficiando prefeitos e empresários corruptos, através de licitações de carta marcada.

    Acesse o jornal e vejaas datas: http://www.famem.org.br/index.php?page=JornalOficial

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários