Política

Polícia Federal vai intimar Weverton e secretário de Timon para prestar depoimento

A Ong Bravo seria fruto do esquema do Ministério do Trabalho no Maranhão.

Weverton Rocha deputado federal.

Weverton Rocha deputado federal.

Mais de 10 pessoas serão intimadas pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos dentro da Operação Osopo. Entre as dez pessoas, o deputado federal, Weverton Rocha (PDT), o secretário da Casa Civil e Secretaria de Ação Social de Timon, Saney Santos Sampaio, devem ser intimados nos próximos dias para comparecer à sede da Superintendência da Polícia Federal, para prestar depoimento sobre o esquema que apura fraudes em licitação e direcionamento de contratos superfaturados. São testemunhas e investigados que não foram detidos.

O esquema que pode ter movimentado R$ 400 milhões no período que Weverton era assessor especial do ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi, revela a participação da Instituto Brasil Voluntário – Bravo – ONG presidida pelo secretário da gestão de Luciano Leitoa.

Saney Sampaio.

Saney Sampaio.

A Ong da qual a PF acredita ter ligações com o pedetista, teria financiado o pagamento de pessoas para trabalharem em prol da campanha de Chico Leitoa, ex-membro do PDT que buscava se eleger prefeito de Timon em 2008.

Mesmo prestando contas e apenas R$ 800 mil, a Bravo foi agraciada em convênio de R$ 2.1 milhões para a criação e manutenção de centros públicos de empregos e a qualificação de trabalhadores.

Os fortes indícios da existência de uma organização criminosa (ORCRIM), fez o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, mandar a PF ampliar as investigações sobre Rocha sob a alegação de que ele aparece cobrando e recebendo propina para liberar o pagamento de verbas do Ministério do Trabalho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Polícia Federal vai intimar Weverton e secretário de Timon para prestar depoimento”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. A Ong Bravo seria fruto do esquema do Ministério do Trabalho no Maranhão. | Portal Timon FM - Quem sabe o que quer acessa !

    […] Polícia Federal vai intimar Weverton e secretário de Timon para prestar depoimento […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários