Política

Dois deputados do Maranhão não votam pela cassação do deputado-presidiário

deputadosUm Levantamento feito pelo Diário de Poder, site do jornalista Cláudio Humberto, constatou que 95 deputados boicotaram a votação de cassação do mandato do deputada corrupto, Natan Donadon (RO), que ficou sem partido.

Ontem à noite, o plenário da Câmara Federal votou contra a cassação, mas o larápio permanece preso no Complexo Presidiário da Papuda, em Brasília. Ele foi julgado e condenado em sentença transitada em julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

Dois deputados da bancada federal do Maranhão contribuíram pela não cassação do mandato do parlamentar ladrão. São eles: Pinto da Itamaraty (PSDB) e Zé Vieira (PR). Do Blog do Luis Cardoso.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

6 comentários em “Dois deputados do Maranhão não votam pela cassação do deputado-presidiário”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Pablo Lima

    É VERGONHOSO!!!

  2. PARCEIRO É PARCEIRO

    VIXE, VAI MUDAR TUDO O FATO DOS PARCEIROS NÃO TEREM VOTADO NA CASSAÇÃO DO PARCEIROS… RELAXA PESSOAL, JA, JA TÁ RESOLVIDO

  3. Miguel

    Só esqueceu de dizer que o Dep Pinto está muito abalado pela perda de seu braço direito e melhor amigo Luzico, ficando assim impossibilitado de ir pra Brasilia essa semana!!!

  4. Eduardo Henrique

    Entendo muito bem o fato do Pinto não ido votar, já que perdeu seu melhor amigo.

    Voces falam apenas o que lhes interessa, sem citar os reais motivos que inocentam o político.

  5. Revoltante

    Pablo, é revoltante a insensibilidade das pessoas. o Dep Pinto sofreu um duro golpe, vamos respeitar esse momento.

    Vamos cobrar quando não tiver uma justificativa plausível e aceitável.

    Sejamos justos e humanos

  6. Revoltante

    Tô aguardando a nota que a assessoria do Dep pinto postou no Face aqui no seu blog.

    Faça jornalismo de forma correta, Falou mal agora mostre a verdade dos fatos!!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários