Política

Diretor nomeado por Arnaldo Melo é obrigado a devolver quase R$ 2 milhões

Mantido do cargo de diretor da Assembleia Legislativa, Mercial Lima Arruda é ex-deputado e ex-prefeito de Grajaú.

Funcionário da Assembleia e ex-prefeito de Grajaú.

Funcionário da Assembleia e ex-prefeito de Grajaú.

Enrolado até o pescoço com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Grajaú, Mercial Lima Arruda, que é mantido na Assembleia Legislativa do Maranhão, foi condenado a devolver quase R$ 2 milhões ao erário público.

Conhecido pelas irregularidades nos recursos federais do Fundeb, o ex-gestor foi simplesmente agraciado com o cargo de diretor legislativo recebendo mais de R$ 10 mil mensais.

Nomeado no dia 11 de janeiro deste ano através da resolução administrativa de número 095/2013, Mercial foi condenado pelo TCE, durante sessão plenária, a devolver mais cifra milionária e multas no valor de R$ 213 mil.

Melo tomando uma cerveja com o ex-prefeito e aliado.

Melo tomando uma cerveja com o ex-prefeito e aliado.

Além de ser multado em R$ 80 mil e ser obrigado a devolver R$ 771 mil do Fundeb, o diretor da Assembleia Legislativa terá de pagar multas no valor de R$ 64 mil e débito de R$ 612 mil referente ao Fundo Municipal de Saúde e multa de R$ 4 mil do Fundo Municipal de Assistência Social.

E não para por aí! O direto da Casa Legislativa comandado pelo peemedebista, também é obrigado a pagar multa de R$ 56 mil e débito de R$ 265 mil de Administração Direta e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto soma uma multa de R$ 9 mil e débito de R$ 76 mil.

Mesmo com inúmeros pontos negativos apontados pelo relator do processo, conselheiro Yêdo Lobão, a exemplo, irregularidades em processos licitatórios, despesas indevidas com recursos do Fundeb, pagamentos indevidos com juros e multas referentes aos encargos do INSS, dentre outras, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), não deve fechar os olhos e manter políticos que desmoralizem a Casa do Povo.

Nomeação na Assembleia Legislativa.

Nomeação na Assembleia Legislativa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Diretor nomeado por Arnaldo Melo é obrigado a devolver quase R$ 2 milhões”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Diretor nomeado pelo “paladino da AL” é obrigado a devolver quase R$ 2 milhões « Luís Pablo | Blog sobre política, com crítica da mídia e informação alternativa

    […] Blog do Neto Ferreira, com edição […]

  2. Ribamar

    Neto.
    Não só existe este caso de corrupação, o Secretario Fialho continua no cargo.
    , e se procurar vamos achar muito mais caso semelhantes.
    Um abraço

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários