Política

André Fufuca critica vinda de médicos cubanos ao Brasil

O deputado destacou que, dos cerca de sete mil médicos cubanos residentes e que passaram pela revalidação do diploma, 50% se encontra no Estado de São Paulo.

O deputado André Fufuca (PSD), em pronunciamento feito na sessão desta segunda-feira (13), afirmou que a carência de médicos nos municípios do interior do país se deve à falta de investimentos na área da saúde. Ele criticou ainda a vinda de médicos cubanos residentes para suprir a falta de profissionais.

Deputado André Fufuca.

Deputado André Fufuca.

O deputado destacou que, dos cerca de sete mil médicos cubanos residentes e que passaram pela revalidação do diploma, 50% se encontra no Estado de São Paulo. André Fufuca afirmou ainda que, dentre os milhares de médicos que passam na revalidação, grande parte vai trabalhar nos grandes centros urbanos. “Não será apenas trazê-los aqui que os fará ir em direção a esses municípios; o que tem que haver é incentivo para que eles possam trabalhar com dignidade”, declarou.

De acordo com os números citados pelo parlamentar, o Brasil forma aproximadamente 15 mil médicos por ano, totalizando cerca de 400 mil médicos no país; é o segundo país no planeta em formação de médicos. O Maranhão tem um número pequeno de médicos por habitantes: possui em torno de 7.800 médicos com CRM e uma população de seis milhões e 800 mil.

Por outro lado, ele afirmou que essa situação já está ganhando uma nova forma, graças aos investimentos do governo na área da saúde. “Onde houve a construção dos hospitais, houve o aumento do número de médicos por habitantes. Então, isso é uma prova de que o investimento na área da saúde acaba por chamar o médico. Eu não sou contra a vinda de médicos cubanos ou de outro país, mas desde que venha com a revalidação.O que não se pode fazer é rasgar a nossa Constituição”, afirmou André Fufuca.

O parlamentar ressaltou que o governo do Estado do Maranhão vem demonstrando que onde se abre um hospital há um aumento de fluxo de médicos. “Os médicos que antes iam para fora do Maranhão hoje estão voltando para a sua terra porque há investimento. O Governo Federal deve fazer o mesmo; investir no nosso país e não trazer de fora”, opinou André Fufuca.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “André Fufuca critica vinda de médicos cubanos ao Brasil”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Willian de Souza

    PARECE QUE O NOBRE DEPUTADO ESQUECE QUE A POPULAÇÃO DO NOSSO ESTADO MORRE DE DIARRÉIA POR FALTA DE MÉDICOS.
    PARECE QUE O NOBRE DEPUTADO ESQUECE QUE O MARANHÃO TEM O PIOR ÍNDICE DE MÉDICOS POR HABITANTE DO BRASIL, COM ÍNDICES IGUAIS AOS DA ÁFRICA MAIS POBRE.
    PARECE QUE O NOBRE DEPUTADO ESQUECE QUE SE ELE PRESTAR UMA PROVA DE REVALIDAÇÃO DO TÍTULO JUNTO COM SEUS COLEGAS DO CEUMA DIFICILMENTE PASSARÁ UM QUE SEJA, POIS O NÍVEL TÉCNICO DOS FORMANDOS DO CEUMA JÁ ESTÁ MAIS DO QUE ATESTADO NA INCOMPETÊNCIA E INCAPACIDADE TÉCNICA, NÃO POR CULPA DOS ALUNOS, MAS SIM POR UMA FACULDADE QUE SÓ VISA O LUCRO E NÃO UMA EDUCAÇÃO ADEQUADA, PARA ISSO BASTA VER QUANTOS ACADEMICOS DO CEUMA PASSARAM NAS PROVAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA NOS ÚLTIMOS ANOS (MAS OS QUE REALMENTE PASSARAM, POIS MUITOS CONSEGUEM VAGAS POR AMIZADE DOS PAIS).
    ENTÃO NOBRE DEPUTADO, PARE DE LEGISLAR EM CAUSA PRÓPRIA E COMECE A PENSAR NAS CRIANÇAS MARANHENSES QUE MORREM SEM DIREITO A ATENÇÃO MÍNIMA NA SUA ALTO ALEGRE NATAL!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários