Política

Prefeito de Vitorino Freire contrata empresa por R$ 3,5 milhões para locação de veículos

Em um dos contratos firmados em 26 de março com a empresa E.F.S Serra e Cia Ltda., Leandro pagará em um ano, mais de R$ 3 milhões.

O prefeito José Leandro e o filho dono da loja Jacaré Home Center.

O prefeito José Leandro e o filho dono da loja Jacaré Home Center.

O prefeito da Cidade de Vitorino Freire, José Leandro Maciel (PTdoB), pai do empresário e proprietário da Jacaré Home Center, deu início a sua gestão de forma escandalosa quando se trata de aplicação de recursos.

Em um dos contratos firmados em 26 de março com a empresa E.F.S Serra e Cia Ltda., Leandro pagará em um ano, mais de R$ 3 milhões.

De número 032/2013, o extrato publicado do Diário Oficial do Estado diz que o valor a ser pago refere-se a prestação de serviço de locação de veículos para prefeitura e demais secretarias.

Para um município que sequer tem mais de 20 mil eleitores, Vitorino Freire chega a últrapassar em valores o censo comum da realidade de gastos dos cofres públicos.

Com os R$ 3,5 milhões, o prefeito José Leandro Maciel poderia comprar uma frota de Hilux para prestar serviços ao município onde famílias padecem com o sistema de saúde, educação e infraestrutura. Confira abaixo o extrato.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

8 comentários em “Prefeito de Vitorino Freire contrata empresa por R$ 3,5 milhões para locação de veículos”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. edmilson moura

    Meu grande blogueiro NETO FERREIRA, nesta oportunidade aprobeito para lhe dizer e a todos.
    “CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE”. Esta frase de um filósofo, foi registrada em uma carta, datada de 1811, e publicada 40 anos mais tarde. Ao falar, o filósofo quis dizer que a ignorância popular é a responsável pela escolha dos maus políticos, aqueles que representam o povo. Sendo contrária a participação popular nos processos políticos, Mais acreditava que todos os desmandos do governo cabiam como uma punição para àqueles que elegiam os seus representantes, mas não sabiam usar o seu voto e por esse motivo não podiam reclamar quando os políticos não agiam de maneira ética. Já se passaram mais de 200 anos e a expressão dita pelo filósofo francês permanece atemporal aqui em nosso país.

    O Brasil possui uma “democracia” imatura e educação capenga, por esses motivos, o eleitor ainda tem o seu voto definido pelo poder econômico e pelas falsas promessas totalmente descabidas e bajuladoras feitas pelos candidatos aproveitadores e desinformados nas questões sociais locais e econômicas, do município que pretende governar. Existe ainda o voto em que o eleitor se baseia na simpatia do politico, pela crença religiosa e até mesmo pela boa oratória, tivemos casos em que a população feminina votou no politico mais bonito. Mas na maioria das vezes o voto é trocado pelo assistencialismo. É muito raro você encontrar um eleitor que tenha o cuidado de analisar o passado, as relações interpessoais e o plano de governo fundamentado do candidato. O País que causou admiração no vocalista da banda de rock irlandesa U2, Bono Vox, pela criação da Lei da Ficha Limpa, não possui uma lei que venha a punir o político que, acometido do esquecimento conveniente, deixa de cumprir promessas e compromissos firmados com o eleitor.

    Ganha as eleições o candidato que tem uma boa oratória e consegue falar o que o povo quer ouvir e não o que precisa ouvir. Na campanha para prefeito, os servidores públicos e o povo em geral tiveram as suas esperanças revividas em relação aos salários, melhores escolas, a saúde funcionando de maneira a atender toda a população e outras promessas que daria uma nova vitalidade ao município e o tiraria da decadência em que se encontrava. Era muito bom ouvir as promessas ditas pelo candidato, tendo em vista que o município necessitava de um governo forte e conhecedor das necessidades básicas da comunidade e que estivesse disposto a trabalhar pelo desenvolvimento da cidade. Mas é nesse jogo de promessas que reside o perigo. Nem sempre o que se diz conhecedor das necessidades de uma população, tem conhecimento da real situação econômica em que atravessa o município. E surge então o perigo de estelionato eleitoral que, se tipificado em lei, provavelmente o veredicto seria tão somente culposo. Ou seja, o prefeito eleito pelo povo poderia estar investido de boa vontade para fazer tudo o que foi prometido na campanha, mas ao colocar a “coroa e o cetro” deparou-se com uma triste realidade, onde encontra uma “herança maldita” e descobre que querer nunca foi sinônimo de poder.

    Se esse Prefeito não é FICHA SUJA, pois com isso está mais que claro, será que apartir desta ou deste negocio, podemos afiramar o que?, que me desculpe se estou falabdo deamais.
    Ass. Edmilson Moura
    BacAbal-MA

  2. Vitorinense Indignado

    Uma vergonha, com certeza essa empresa é dele mesmo e ta em nome de algum laranja, e esse dinheiro é pra pagar as dividas de campanha: os agiotas. Isso é uma vergonha, com esse dinheiro dava pra comprar varias hilux, novas ambulancias e etc. Vitorino não tem sorte, se não fosse esse, seria a margareth e a familia rezende desviando muito tb pra recuperar o dinheiro que gastaram nas tres ultimas campanhas que perderam. Não vejo um futuro bom a curto prazo pra vitorino, pq na proxima eleição vai ser margareth e ze leandro novamente, pode até surgir um nome novo, mas será rejeitado por essa população ipocrita de cururus e jacarés que só votam por dinheiro e promessas de empregos.

  3. adriana

    esse “elemento” nunca me enganou. sei do sei do seu passado obscuro.Mas não há nada melhor que um dia atrás do outro, ou melhor, uma eleição depois da outra.

  4. Sousa

    VItorino Freire esta em situação de calamidade, a saúde, educação, onde vamos parar

  5. netoferreira

    Se tiver fotos desses pontos citados por você pode nos enviar através do e-mail: redacao@netoferreira.com.br ou blogdoneto@live.com

  6. vereador cirineu

    caro blogueiro pra voce ve o tanto q ainpunidade vivi asouta hoje tenho vergonha da maioria dos vereador sao 10 dos 13 que fasen paste dessa tamanhan falta de respeito com o povo desse municipio grasas a deus que temos em nossa cidade um juiz de carate cincero onesto que si force como outros que temos em outras cidade o povo tava era ferrado o prefeito entrou tentano suspende um comcusso onde varios pai e maes de familha e joven vao ter ceu primero emprego

  7. netoferreira

    De qualquer forma você ta correto…

  8. amarildo

    apos onze anos, estive em vitorino freire todo o ano de 2012, acompanhei a campanha eleitoral, confesso que mesmo morando em um cidade grande ha mas de vinte anos nunca tinha visto tamanha dedicacão de eleitores e cabos eleitorais. os projetos dos candidatos eram colocar o maior número de pessoas nas ruas(os tais arrastões) era algo impressionante ver tanta gente todos as noites atras de paredões de som o carro adaptado com caixas e caixas de cachaça carinhosamente chamado de budega, no decorrer do dia seguinte vinha os bate boca quem fulano tinha trazido gente de outras cidades, alguns cronometravam quantos as motos, outros as pessoas que iam apé, e outros os carros, para poderem comparar com a do outro na noite seguinte,não sem antes esperar que um cidadão que tinha amissão de percorrer todo o trajeto recolhendo as sandálias abandonadas ate isso tinha peso nas apostas: logo que cheguei na ainda no inicio do ano uma de minhas primeira atitude foi transferir meu tito eleitoral,! sendo eleitor desde 1992 ano em que votei pela primeira vez e sempre em terra alheia senti orgulho de enfim poder votar em minha cidade natal, ai vieram as especulacões, em quem eu iria votar. mas o que mais me impressionou era ver as pessoas declara que o sr, zé 70 tinha seis milhões pra gastar na campanha, pra compra prefeito vereadores o médicos, enfim se comprou ou não eu não sei,mais todos estavam com o Zé 70, ele foi eleito( fez um belo investimento ) agora é certo?, ou errado que ele colha os frutos de tal investimento?

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários