Política

Prefeito da Raposa empurra professores com a barriga

Eles também cobram o pagamento do décimo terceiro, de férias e do adicional do tempo de serviço.

No próximo dia, 25 de abril, acaba o prazo pedido pela Prefeitura da Raposa em atender algumas das reivindicações feitas pelos professores da cidade que até o momento aguardam sinalização do prefeito Clodomir.

Professores cobram do gestor que a legislação da qual determina a carga horária semanal de trabalho dos professores dentro da sala de aula sejam colocadas em prática, além disso, o cumprimento do piso salarial dos magistérios também é outra reivindicação. No caso de professores com jornada de trabalho de 40h, eles só podem ficar no máximo 26h dentro da sala de aula.

As reclamações por parte da categoria é geral que professores da Raposa não recebem a gratificação residual do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Eles também cobram o pagamento do décimo terceiro, de férias e do adicional do tempo de serviço, direitos esses assegurados por lei, mas que não estão sendo garantidos pelo prefeito de Raposa, Clodomir de Oliveira (PRTB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários