Política

Lobão se chateia com saída de Luis Fernando durante reunião do PMDB

Lobão se queixa da ausência do secretário de Infraestrutura durante seu discurso.

O que seria um importante encontro dos peemedebistas do Maranhão para discutir os pontos primordiais do PMDB, acabou criando um clima de mal-estar entre os bastidores da política após o evento ocorrido na última sexta-feira (22), no hotel Pestana, em São Luís.

Lobão em discurso no encontro do PMDB.

Lobão em discurso no encontro do PMDB.

Com o objetivo de definir estratégias eleitorais de 2014 – sucessão de Roseana Sarney – o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, se queixou do secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, ambos do PMDB, que sequer acompanhou seu forte discurso.

Mesmo tendo compromissos em Imperatriz, do qual deveria ser adiado em respeito a presença do ministro, o titular da Sinfra seguiu viagem onde era aguardado pelo prefeito Sebastião Madeira. Visando sua candidatura em 2014 ao governo, ele vistoriou obras que estão sendo executadas na cidade, serviços de pavimentação, urbanização e inaugurou a rodovia de acesso a Davinópolis.

Ministro Edison Lobão.

Ministro Edison Lobão.

Caso sua saúde permita disputar o governo contra Flávio Dino (PCdoB), o ministro sem a presença do ex-prefeito de Ribamar deu uma espécie de tapa de luva e disse: “se o candidato for Luis Fernando, ele terá o meu apoio integral, por acreditar na qualidade técnica que foi demonstrada quando foi secretário de Estado do meu governo”, falou o ministro, em tom de tranquilidade com ou sem a presença do titular da Sinfra.

Lobão logo quando embarcou no voo se demonstrou chateado pela ausência do ex-prefeito de Ribamar, que preferiu ser acolhido pela multidão em chegada à Imperatriz.

De fato, nada está definido como – por exemplo -, se Roseana vai abrir mão do Senado para o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para brigar pela vaga com Zé Reinaldo, Roberto Rocha, entre outros que seguem a linha rachada da oposição maranhense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários