Política

Flávio Dino e Lula Fylho discutem oportunidades para São Luís

Dando início à série de iniciativas neste sentido, São Luís receberá a visita de Mônica Rangel.

Cultura, história, culinária, artesanato, infraestrutura turística. Todos estes temas foram pautadas de debate entre Flávio Dino (presidente da Embratur) e Lula Fylho (Secretário Municipal de Turismo de São Luís) para definição de estratégias que dinamizem o turismo internacional na capital. Em parceria com outras cidades do Maranhão e do Norte/Nordeste, a ideia é preparar São Luís para receber turistas estrangeiros a partir de investimentos feitos em qualificação e na atração de turistas através de divulgação internacional dos atrativos do Maranhão.

Dando início à série de iniciativas neste sentido, São Luís receberá a visita de Mônica Rangel, presidente da Associação Brasil à Mesa. Na programação promovida pela Embratur em parceria com a Setur, Monica conhecerá os principais atrativos de São Luís e de Barreirinhas, desfrutando dos principais sabores maranhenses.

“A Embratur incentiva hoje a disseminação da gastronomia como produção associada ao turismo. A intenção é incentivar que produtos regionais e típicos de cada região sejam apresentados ao visitante como parte do turismo cultural. Esse modelo fortalece as cadeias de produção locais, que vão desde o cultivo dos ingredientes (no caso do Maranhão a vinagreira, a pesca, o caju, a juçara, entre tantos outros) e chega até o produto final, que é o prato à mesa,” exemplificou.

Na conversa com Lula Fylho, Flávio Dino enfatizou ainda a necessidade do município em estreitar laços com cidades que serão sede da copa do mundo de 2014. Entre outras oportunidades de crescimento, está o roteiro associado de turismo em São Luís e Barreirinhas, cidades com atrativos diferentes e complementares.

“São Luís tem diversos atrativos. É uma cidade patrimônio histórico, estamos próximos de uma das cidades sede da copa que é Fortaleza. Portanto, temos uma avenida de oportunidades à nossa frente. A partir daí, devemos estruturar ações concretas que resultem em ganhos que sejam percebidos pelo trade turístico e que possa oportunizar aos turistas boas experiências e gerar uma imagem positiva da capital”, explicou Dino.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários