Política

Sindicato ligado ao PT tentou desgastar Edivaldo Holanda Júnior

Postura do presidente do SINFUSP/SL Luís Mariano Nunes, foi bastante critica por sindicalistas

O Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de São Luís – SINFUSP/SL que é ligado ao PT, esteve reunido com o Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior para discutir a proposta de pagamento (atrasado) referente ao mês de Dezembro 2012.

Edivaldo Holanda Júnior reunido com presidente de sindicatos.

Edivaldo Holanda Júnior reunido com presidente de sindicatos.

Ocorre que o mesmo sindicato, que teve à frente por dois mandatos como presidente o sindicalista Cristóvão Lima Araújo, que também é integrante do PT (Partido dos Trabalhadores), atuava nos bastidores de forma intransigente contra o Petecista.

Araújo que, diga-se de passagem, ainda dá as cartas no sindicado onde permanece no cargo de tesoureiro do SINFUSP/SL.

O motivo do qual levou o sindicato a não assinar o termo de compromisso com a prefeitura de São Luís desde semana passada, foi para criar um grande desgaste nos primeiros dias da gestão Edivaldo Holanda Júnior.

A postura do presidente do SINFUSP/SL Luís Mariano Nunes, em não concordar com o óbvio foi bastante critica por presidentes de sindicatos que participaram da primeira reunião. “Não tem como a prefeitura pagar o atrasado dentro do mês de janeiro. A secretária municipal da Fazenda Sueli Bedê detalhou todos os recursos na reunião, a postura do Mariano em não assinar o acordo foi para embasar”, disse um presidente de Sindicado ao Blog do Neto Ferreira.

Depois de duas semanas agindo intransigente para barganhar os holofotes da mídia, o SINFUSP/SL decidiu não mais ameaçar a gestão Edivaldo Holanda Júnior com movimento de paralisação.

Mesmo assim, segundo apurou o blog, os mentores do sindicato podem novamente agir nos bastidores contra a Prefeitura de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários