Política

Opositor, prefeito de Barreirinhas buscará ajuda do governo Roseana

A situação que se encontra Barreirinhas é tão desastrosa.

O prefeito da cidade turística de Barreirinhas, Léo Costa (PDT), em entrevista concedida a Difusora, falou sobre a real situação em que se encontra um dos principais polos turístico do Maranhão.

Governo Roseana deve não ajudar Léo Costa.

Governo Roseana deve não ajudar Léo Costa.

O peemedebista e ex-prefeito Albérico Filho, nos últimos anos de mandato não realizou obras impactantes deixando a cidade totalmente abandonada.

A situação que se encontra Barreirinhas é tão desastrosa, que o prefeito opositor ao governo Roseana, pediu ajuda imediata ao Governo do Estado e ao Governo Federal.

Ano passado, após investigações e determinação da Justiça, o concurso público que seria realizado foi cancelado.

Léo Costa disse que o concurso era “extemporâneo” e culpou o Albérico Filho pela suspensão. Para ele, a motivação da não realização do concurso se deu pela condução de um gestor em fim de mandato o que resultou no cancelamento.

O Blog do Neto Ferreira, noticiou como primeira publicação no dia 28/07/2012, data em que se iniciou o blog, o escândalo que ganhou repercussão nacional no Fantástico sobre a construção de mansões as margens do Rio Preguiças (reveja).

As mansões de luxo que aparecem nas imagens – do suplente de Senador, Clovis Fecury e o empresário dono da rede de Ótica Diniz -, foram construídas em áreas impróprias há dois anos, mais até hoje nada foi feito pela justiça maranhense. Uma vergonha!

De acordo com Léo Costa, será feito um mapeamento para saber se as localizações das mansões estão gerando impactos ambientas.

Ainda segundo o prefeito, a cidade está buscando preparo para receber os turistas, ampliando e capacitando quem atua na cidade no setor turístico.

Léo Costa já solicitou audiência com o secretário de Turismo, Jura Filho, e com o ministro do Turismo, o maranhense Gastão Vieira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários