Poder

PF faz buscas contra servidores da gestão de Edivaldo Júnior por fraude em licitação

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, (8), nesta cidade, a Operação Tempo Real, com a finalidade de desarticular associação criminosa formada por ex-servidores públicos e
representantes de empresa, investigados por fraude e superfaturamento na aquisição de equipamentos destinados ao combate à pandemia da COVID-19 no município de São Luís.

A investigação tem por objeto processo de licitação celebrado no mês de abril de 2020 pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, destinado à aquisição de 20.000 máscaras FPP2, no valor total de R$ 718.000,00. Destaque-se que os fatos investigados não dizem respeito à atual gestão da Secretaria.

Os elementos colhidos durante a investigação revelaram que funcionários da antiga gestão da Secretaria de Saúde, em conluio com empresários, fraudaram o contrato, montando o processo de contratação e elevando arbitrariamente os preços.

A Polícia Federal cumpriu 4 Mandados de Busca e Apreensão e 5 Mandados de Constrição Patrimonial. Além disso, os investigados também foram alvos de Medidas Cautelares diversas da Prisão consistentes na proibição de contratação com o Poder Público, proibição de acesso à Secretaria Municipal de Saúde e proibição de manter contato uns com os outros.

Ao todo, 20 policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela 1ª Vara Federal de São Luís, que decorreram de representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 90 da Lei 8.666/93), superfaturamento (Art. 96, I da Lei 8.666/93) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal).

A operação foi denominada “Tempo Real”, em referência à expressão utilizada por um dos investigados em depoimento, ocasião em que afirmou que o líder da organização criminosa tinha informação em TEMPO REAL de todas as aquisições fraudadas pela antiga gestão da Secretaria Municipal de Saúde e pelos fornecedores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Apicum-Açu pretende gastar quase R$ 1 milhão em combustível

A Prefeitura de Apicum-Açu, comandada por Zequinha, estima gastar quase R$ 1 milhão com a compra de combustível.

O contrato foi firmado por meio de diversas Secretarias, com o Posto São Sebastião, localizado no centro da cidade.

Ainda de acordo com as informações, a empresa vai abastecer a frota de veículos oficiais até 31 de dezembro desse ano pelo valor total de R$ 988.362 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Glalbert Cutrim participa da entrega de ônibus escolar para Olinda Nova do MA

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), participou nesta segunda-feira (06), da solenidade de entrega de um Ônibus Escolar ao município de Olinda Nova do Maranhão.

As chaves do veículo foram entregues pelo deputado estadual e seu irmão, o deputado federal Gil Cutrim (Republicanos), à prefeita Conceição Cutrim (PDT).

“É um dia de muita alegria, pois este veículo beneficiará os alunos da rede municipal de Olinda Nova, município pelo qual tenho um carinho mais do que especial”, destacou o deputado estadual.

A aquisição do veículo foi feita pelo Governo do Estado, através de Emenda da Bancada Federal e indicação do deputado Gil Cutrim, que atendeu ao pedido da prefeita Conceição.

Conceição agradeceu o empenho dos deputados que atenderam seu pedido. “É importante relembrar que quando deixei o mandato em 2012, havia conquistado para o município, 9 ônibus escolares, e ao retornar para prefeitura, vi que todos foram sucateados. Esse novo veículo, marcará a reconstrução da nossa frota, que tenho certeza absoluta que em pouco tempo, com o zelo de sempre, recuperaremos toda a nossa frota do transporte escolar”, destacou a prefeita.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Gestão do ex-prefeito Cicinho deixa Centro Cultural em estado precário em Estreito

Imagens enviadas ao Blog do Neto Ferreira mostram prédio público deixado pela gestão Cicinho, em Estreito, completamente deteriorados.

O Centro Cultural inaugurado há menos de 2 anos vem tendo grande parte de sua estrutura caindo aos pedaços.

A estrutura está cheia de infiltrações, morfos e goteiras por toda a parte sem condições alguma de realizar qualquer evento no local.

Há registros de que quando chove desce água por todas as paredes do prédio, existindo assim o risco de desabamento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotor vai apurar compra de mais de R$ 100 mil em creme vaginal em Mirador

O promotor de Colinas, que responde pela Comarca de Mirador, Aarão Carlos Lima Castro, vai abrir uma Notícia de Fato para apurar a compra de 10 mil bisnagas de creme vaginal no valor de R$ 116,3 mil realizada pela prefeita de Mirador, Domingas Cabral.

A aquisição de agulhas e seringas no valor de R$ 476 mil também será apurada.

Castro quer saber quais fatores motivaram o Executivo Municipal a efetuar as aquisições do medicamento e dos materiais em grande quantidade. Para isso, decidiu abrir uma NF, que é um procedimento simples de apuração, mas que pode ser convertida em Inquérito Civil, em Procedimento Investigatório Criminal, entre outros, caso seja necessário o aprofundamento das investigações. A Notícia de Fato tem 30 dias para ser concluída, podendo ser prorrogada por mais 90 dias.

O caso veio à tona após o Blog do Neto Ferreira publicar as reportagens “Prefeita de Mirador pretende gastar mais de R$ 100 mil com creme vaginal” e Agulhas e seringas vão custar R$ 476 mil aos cofres públicos de Mirador, onde revelam que Domingas Cabral comprou mais de R$ 100 mil em creme vaginal e quase meio milhão em seringas e agulhas.

Os itens fazem parte de uma compra milionária de medicamentos e materiais hospitalares que foi intermediada pela secretária de Saúde, Idelanne Sousa Teixeira, com o objetivo de abastecer o hospital municipal.

As aquisições foi autorizada no dia 12 de março desse ano e o fornecimento dos produtos deverá ser feito em 12 meses, período da vigência contratual.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Justiça bloqueia R$ 362 mil da Center Med por transações financeiras “atípicas”

O juiz da 2ª Vara Cível de Bacabal, João Paulo Mello, determinou o bloqueio de R$362.255,36 mil da empresa Center Med Distribuidora, localizada em Bacabal.

A decisão foi dada após a Prefeitura de Bom Lugar entrar com uma Ação pedindo a indisponibilidade de bens da distribuidora por movimentações financeiras “atípicas e suspeitas”.

Segundo o documento, o Executivo afirmou que ao final da gestão anterior constatou-se a existência de transações suspeitas nas contas bancárias de Bom Lugar que envolvia a empresa bacabalense.

Após a posse da nova administração, foi verificado junto aos extratos bancários uma série de transferências de valores para a Center Med, as quais, em dois meses, somam a quantia de R$362.255,36 mil.

Os autos narram ainda que no hospital da cidade existe pouquíssimos medicamentos deixados pela gestão passada, mesmo a empresa tendo recebido uma quantia alta dos cofres da Prefeitura.

“Assevera que a falta de documentação alusiva à contratação da requerida, com a falta de medicamentos nos estoques do Município e o considerável volume de transferências feitas em curto prazo ‘representam fortes indícios de desvio de verbas'”, alegou a Prefeitura em seu pedido.

Para o juiz João Paulo Mello, os extratos bancários acostados aos autos mostram intenso volume de transferências de valores, inclusive mais de uma transferência no mesmo dia, nos meses de novembro e dezembro de 2020, e um desses beneficiados foi a Center Med.

Em razão disso, o magistrado determinou o bloqueio de bens da distribuidora, que tem como proprietário Ronni Roberte Mamede Bezerra.

Acesse a decisão aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Funcionários da Santa Casa cobram salários atrasados em São Luís

Funcionários do hospital Santa Casa de Misericórdia do Maranhão reivindicam três meses de salários atrasados em São Luís.

Segundo informações enviadas ao Blog, o repasse do pagamento dos salários dos servidores é feito pela Secretaria Municipal de Saúde para a unidade hospitalar, porém há cerca de de 3 meses que o dinheiro não é repassado, prejudicando assim dezenas de trabalhadores.

Na manhã de terça-feira (06), os funcionários fizeram uma manifestação na porta da Santa Casa para reivindicar as remunerações atrasadas.

Ainda de acordo com os relatos, além dos salários, também não foram pagos as férias e vale-transporte. O INSS e o FGTS não foram recolhidos.

Houve uma reunião entre representantes da Santa Casa e do Sindsaúde com o secretário de Municipal de Saúde, que prometeu resolver a situação até o mês de março, entretanto não houve regularização dos salários.

“Funcionários da Santa Casa juntamente com representantes do Sindicato se reuniram com o secretário de Saúde de São Luís, que prometeu regularizar os atrasos em Março, mas isso não ocorreu. A situação é crítica. Pensávamos que a nova gestão resolveria o caso, mas está pior do que a anterior”, desabafou um dos funcionários da Santa Casa.

Até o momento, a Prefeitura de São Luís não se pronunciou sobre o caso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotoria investiga suposto esquema de “rachadinha” em Presidente Dutra

Ex-prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho.

A 1ª Promotoria de Justiça de Presidente Dutra abriu uma investigação para apurar suposto esquema de “rachadinha” durante a gestão do ex-prefeito Juran Carvalho.

O inquérito está a cargo do promotor de Justiça, Clodoaldo Nascimento Araújo.

Segundo o documento no qual o Blog do Neto Ferreira teve acesso, a apuração do caso iniciou após a abertura da Notícia de Fato n.º 000754-280/2020, que relatava supostas irregularidades na nomeação da servidora Vitória Lima Gomes Santos para a Secretaria de Indústria e Comércio.

As investigações se aprofundaram e a NF foi convertida em Inquérito Civil. De acordo com o promotor Clodoaldo Araújo, há indícios de prática de “rachadinha”, ou seja estava havendo desvio de salário do funcionário. Na prática, trata-se de uma transferência de parte ou de todo salário do servidor para a pessoa que o nomeou a partir de um acordo anteriormente estabelecido.

O ex-prefeito já foi notificado para prestar esclarecimentos sobre o caso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Josimar Maranhãozinho reafirma pré-candidatura a governo do Maranhão

A live do deputado federal Josimar Maranhãozinho aconteceu na noite de ontem (06), sendo transmitida pelas suas redes sociais. Na ocasião, o parlamentar destacou as ações por ele realizada nesse período de pandemia e reafirmou que é sim, pré-candidato ao governo do estado e que já vem recebendo apoio de prefeitos e lideranças em todas as regiões.

Metas

Entre as suas metas de governo está o de acabar com os “A pobreza” no estado, o Maranhão é o estado mais pobre do Brasil em relação ao índice de desigualdade social, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por ser de família humilde do sertão nordestino, Maranhãozinho conhece de perto essa realidade que se agravou na pandemia. Com esforço e sempre focado ele venceu os obstáculos que a vida lhes proporcionou e tem como missão ajudar o povo do Maranhão. como ex-prefeito, entende que, gestão pública não é apenas infraestrutura do município, e sim a questão humana, o bem estar físico e emocional para que tudo se desenvolva harmonicamente. Maranhãozinho agradeceu a imensa participação dos internautas e o apoio ao seu projeto político vindo de todas as regiões do Maranhão. A live teve a participação da deputada Detinha e do deputado federal Marrequinha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Botijão de gás explode em kitnet e mata mulher em São Luís

Um botijão de gás que estava situado dentro de uma kitnet explodiu na noite dessa terça-feira (6) e causou a morte de uma mulher no bairro Cidade Operária, em São Luís. A vítima foi identificada como Maria da Graça Pereira Launer.

Segundo informações da polícia, o acidente aconteceu por volta das 23h na Rua 4 do bairro Cidade Operária na casa de Maria da Graça. Além dela, o seu filho, que não teve a identidade revelada, também foi atingido. Ele teve ferimentos e queimaduras pelo corpo e foi levado em estado grave para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), na capital.

De acordo com a polícia, sete imóveis foram atingidos e mais uma igreja que fica situada no local onde aconteceu a explosão. O Corpo de Bombeiros esteve presente junto com a Defesa Civil e realizou vistorias e isolamento no espaço atingido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.