Poder

Polícia Federal faz Operação em Imperatriz contra fraude no DPVAT

A Polícia Federal em Imperatriz iniciou nesta terça-feira uma ação contra prática de fraudes no processo de retirada de valores do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), administrado pela Seguradora Líder. O prejuízo total causado é estimado em R$ 1,5 milhão somente no ano de 2011.

Na Operação Sinistro, trabalham 89 policiais federais dos Estados do Maranhão, Piauí e Pará, para dar cumprimento a nove mandados de prisão preventiva, quatro mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Imperatriz (MA), Senador La Rocque (MA) e Marabá (PA).

A investigação teve início após a abertura e a movimentação de três contas bancárias na Caixa Econômica Federal, que teriam sido feitas com documentos falsos. Teriam sido depositados e sacados os valores de três seguros DPVAT, no valor individual de R$ 9.450, totalizando R$ 28.350, o que resultou na instauração de Inquérito Policial em março de 2011.

A polícia acredita que a quadrilha recrutava pessoas para pedir o seguro, falsificava documentos atestando lesão ou seu agravamento, como laudos do Instituto Médico Legal, prontuários médicos, certidões de ocorrência policial, RG e CPF, entre outros.

Os investigados responderão pelos crimes de falsificação de documento público e particular, falsidade ideológica, uso de documento falso, estelionato e formação de quadrilha ou bando.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ourinhos atropela Maranhão Basquete

Na noite de ontem, 5, o Maranhão Basquete voltou a quadra do Ginásio Castelinho para enfrentar a equipe de Ourinhos pela última rodada da fase classificatória da Liga de Basquete Feminino (LBF). E, diante de sua torcida, o MB foi derrotado por 80 a 73. Apesar do tropeço, a equipe maranhense, sexta colocada na primeira fase, segue firme em busca de uma vaga nas semifinais, mas, para isso, terá de superar Catanduva na fase semifinal.

E o primeiro jogo dos play-off (melhor de três) entre as Maranhão Basquete e Catanduva será no próximo domingo (12), em São Luís. O duelo está marcado para as 17h.

Com a vitória sobre a equipe maranhense, Ourinhos confirmou o segundo lugar na classificação geral da LBF e, agora, medirá forças contra o Basquete Clube.

Pelo lado maranhense, destaque para Iziane, cestinha do jogo com 37 pontos. Já por Catanduva, Kelly, com 22 pontos, e Chuca, com 21, fizeram a diferença.

O Maranhão Basquete é patrocinado por Gatorade e tem o apoio do governo do Estado do Maranhão, da Nike, do Sistema Mirante, da Academia Estação Saúde, da Bus Transportes, do Hotel Praia Mar, da Federação Maranhense de Basquete e do Studio Fotográfico Ayrton Valle.

Mais notícias sobre o Maranhão Basquete você confere no blog oficial da equipe. O endereço é o www.maranhaobasquete.com.br.

O jogo

Contra Ourinhos, o Maranhão Basquete começou bem devido aos arremessos certeiros de Iziane. Mas apesar do bom desempenho ofensivo da ala, o MB sofria na defesa. A pivô Kelly era soberana no garrafão e fez diferença em favor das paulistas, que terminaram o quarto na frente: 25 a 16.

Bem marcada, Iziane passou a errar os arremessos e passou o segundo quarto inteiro sem pontuar. A equipe do Maranhão Basquete sentiu a forte marcação de Ourinhos e viu a vantagem paulista aumentar ainda mais ao fim do período: 42 a 27.

O MB voltou do intervalo mais disposto defensivamente. Iziane e Brisa tentaram começar uma reação com bolas de longa distância. Mas, aos poucos, os arremessos das duas atletas insistiam em bater no aro. Ourinhos se aproveitou disso e se manteve bem a frente: 64 a 47.

No quarto final, o torcedor maranhense bem que tentou incentivar para uma improvável reação. Em vão. Ourinhos administrou o jogo para confirmar a vitória fora de casa: 83 a 70.

Classificação final da primeira fase da LBF
1º) Americana – 100% de aproveitamento (16 vitórias)
2º) Ourinhos – 75,0% de aproveitamento (12 vitórias e 04 derrotas)
3º) Catanduva – 62,5% de aproveitamento (10 vitórias e 06 derrotas)
4º) São José – 62,5% de aproveitamento (10 vitórias e 06 derrotas)
5º) Santo André – 56,3% de aproveitamento (09 vitórias e 07 derrotas)
6º) Maranhão Basquete – 37,5% de aproveitamento (06 vitórias e 10 derrotas)
7º) Blumenau– 31,3% de aproveitamento (05 vitórias e 11 derrotas)
8º) Basquete Clube – 25,0% de aproveitamento (04 vitórias e 12 derrotas)
9º) São Caetano – 0,0% de aproveitamento (16 de derrotas)

Play-off (quartas-de-final)
Americana x Basquete Clube
Ourinhos Basquete x Blumenau
Catanduva x Maranhão Basquete
São José x Santo André


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Estudantes do Cest protestam contra normas da faculdade

Estudantes protesntam contra a instituição

Estudantes protesntam contra a instituição

Estudantes da Faculdade Santa Terezinha (Cest) protestaram com faixas, apitos e carro de som na portaria da instituição, na noite de ontem, 05, contra uma resolução que alterou o regime de avaliação. Segundo os alunos, a norma foi editada sem qualquer participação do corpo discente e representa um prejuízo de cerca de quatro semanas de aula a menos no semestre, com provas uma vez ao mês.

Os universitários também denunciam que os Conselhos do Cest não possuem representante dos alunos nem Centros Acadêmicos (CA´s). As tentativas de nogociação com a administração do Cest restaram frustadas. “O Regimento Interno que baseou a Resolução n° 72 não possui data de publicação no Diário Oficial da União”, informa a aluna do 8º período do curso de Direito, Neuzélia Carvalho.

Os estudantes pedem a suspensão imediata dos efeitos da resolução, que ainda impôs artigos científicos e resenhas de livros como complementos de avaliação, e suprimiu as provas de segunda chamada. Segundo eles, o sistema do MEC dá direito aos alunos de participarem das decisões nos assuntos acadêmicos e de planejamento pedagógico, o que tornaria a regra é viciada. “A norma foi arbitrária, editada na calada da noite e sem conhecimento dos estudantes”, opinam.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Centro de Triagem passa por melhorias e é reinaugurado

Centro de Triagem

Centro de Triagem

O Centro de Triagem localizado no Bairro Pedrinhas passou por obras de melhorias para abrigar os presos em flagrante provisoriamente. As adequações foram realizadas em menos de trinta dias e, o centro foi reinaugurado há 15 dias.

As melhorias foram realizadas em duas celas do centro que tem a capacidade de abrigar 16 presos de justiça, além de um gaiolão. De acordo com o diretor do Centro de Triagem, Raimundo Nonato Araújo Fonseca, o local teve as instalações adequadas de acordo com o padrão exigido.

No centro foram colocadas comarcas, abertas grades de ventilação e feito pintura. “Aqui tá melhor, temos colchão para dormir, e alimentação adequada, com café, almoço e jantar”, disse o preso de justiça Wallace José Padilha Amorim, 29 anos,

Centro de Triagem – Funciona como abrigo para pessoas presas em flagrante e, que necessitam para por uma triagem antes de serem enviados para as unidades prisionais.

Segundo o diretor Raimundo Fonseca, os presos provisórios após passarem pela triagem podem ser enviados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) ou para o Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) de Pedrinhas. Os sentenciados no regime fechado são transferidos para a Cadete 1 ou para o Presídio São Luís, já os sentenciados em regime semi aberto para a CCPJ do Anil ou Penitenciária de Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juízes federais cobram mais quatro TRFs

Da Coluna Esplanada

O juiz Gabriel Wedy

O juiz Gabriel Wedy

Apesar do Orçamento definido e do aperto econômico do governo, o Judiciário vai aumentar a pressão sobre os parlamentares por uma pauta positiva junto ao Congresso este ano, diz o presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), juiz Gabriel Wedy. A Ajufe reforça os contatos especialmente por dois projetos. A PEC 544/2002, que cria mais quatro tribunais regionais federais (6ª região, no Paraná, 7ª em Minas Gerais, 8ª na Bahia e 9ª no Amazonas). E o PL 1597/11, que cria cargos de 225 juízes e estrutura permanente para Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais.

“Hoje, os cinco TRF’s são insuficientes, submetendo o cidadão a prazos intermináveis em suas demandas”, diz Wedy, que destaca também o papel no combate ao narcotráfico.

A Justiça Federal é superavitária, lembra a Ajufe. Ano passado, gerou para a União R$ 10 bilhões em receitas. “A criação dos Tribunais que custa menos de 4 bilhões”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Luis Fernando entrega títulos de terras quilombolas em Viana

O secretário chefe da Casa Civil do Governo Roseana Sarney, Luis Fernando Silva, disse que o Governo Roseana não tem “ilhas de poder” e que todos os secretários trabalham de forma coesa com o objetivo único de fazer um governo que transforme, de fato, a vida das pessoas, com a participação efetiva da municipalidade.

Secretário Luis Fernando Silva

Secretário Luis Fernando Silva

A declaração foi feita no município de Viana, durante solenidade de entrega de títulos comunitários de regularização de terras para 625 famílias remanescentes de terras quilombolas.

Ele deu como exemplo a presença dos seis secretários no evento realizado em Viana. Além do próprio chefe da Casa Civil, estiveram presentes Conceição Andrade (Sedagro), Luiza Oliveira (Direitos Humanos), Hildo Rocha (Articulação Política), Francisco Gomes (Desenvolvimento Social) e Claudeth Ribeiro (Igualdade Racial).

Para Luis Fernando, é determinação da governadora Roseana Sarney, não somente conceder os títulos aos remanescentes de terras quilombolas, mas criar políticas de inclusão social capaz de mudar a vida das pessoas.

E a presença dos secretários nesse evento se configura numa demonstração clara dessa decisão de desenvolver um trabalho articulado com todas as secretarias para que o maranhense tenha uma qualidade de vida melhor.

“Isso é o só o começo de um plano para promover a qualidade de vida da nossa população. Todos os secretários da governadora Roseana Sarney trabalharão, como vem trabalhando, de forma firme e unida no grande programa de combate à pobreza extrema onde serão investidos R$ 250 milhões para mudarmos a história social do nosso Estado”, ressaltou Luis Fernando.

Penalva – Depois da solenidade de entrega de títulos em Viana, Luis Fernando seguiu para o município de Penalva, na companhia do secretário Hildo Rocha (Assuntos Políticos), onde foi recebido pela prefeita Zeca Gama, em sua residência, e por dezenas de pessoas.

A prefeita agradeceu pelo apoio que o município vem recebendo da governadora Roseana Sarney, por meio do empenho dos secretários Luis Fernando e Hildo Rocha.

Segundo ela, a demonstração do respeito do Governo Roseana para com os municípios do Maranhão pode ser percebida nos recursos destinados às prefeituras, para serem revertidas em obras, e na própria presença dos secretários no município.

“Só temos a agradecer a governadora Roseana por ter secretários tão preocupados com o nosso povo como o Luis Fernando e o Hildo Rocha. Penalva saberá agradecer muito pelo empenho desses secretários”, disse a prefeita, que ressaltou a recuperação da MA-014 no trecho que liga Penalva ao município de Viana, como um exemplo do resultado desse empenho.

Para Hildo Rocha, esse reconhecimento da prefeita traduz o que as pessoas estão pensando do governo Roseana com relação a esse grande trabalho de melhorar a vida das pessoas, priorizando sempre o que as pessoas realmente estão necessitando. “E uma das formas melhorar a vida das pessoas é valorizando a municipalidade, tanto por meio de investimentos como ouvindo suas reais necessidades”, finalizou Hildo Rocha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Fufuquinha pede melhorias na educação em Alto Alegre do Pindaré

André Fufuca

André Fufuca

O deputado estadual André Fufuca (PSD), acompanhado do ex-deputado Fufuca Dantas, disse que visitou, na última quinta-feira (1º), o secretário de Educação do Estado, João Bernardo Bringel. Durante a visita, o deputado reivindicou melhorias para a educação de Alto Alegre do Pindaré, que, segundo ele, passa por um momento de profunda crise.

Dentre as reivindicações, o secretário garantiu ao deputado a contratação de mais professores para o ensino médio, reformas de escolas e a retomada da construção de uma escola de ensino médio, abandonada pelo poder público municipal.

O parlamentar também cobrou providências para o início do ano letivo no município. “Os alunos estão sendo prejudicados com o atraso no início das aulas e estamos aqui com o objetivo de cobrar essas providências, uma vez que o prefeito não tem demonstrado interesse em resolver o problema”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deputado contesta indicador sobre saúde do Maranhão

Deputado Marcelo Tavares

Deputado Marcelo Tavares

O líder do Bloco Parlamentar de Oposição (BPO), Marcelo Tavares (PSB), contestou, na sessão desta segunda-feira (5), os indicadores de saúde no Maranhão, apresentados pelo Índice de Desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (IDESUS) e defendidos pelo deputado Carlos Alberto Milhomem (PSD) e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB), através de artigo de jornal. Marcelo Tavares afirmou que o artigo do senador está “completamente equivocado, dando à filha dele o crédito pela melhoria do Maranhão no IDESUS”.

O deputado classificou o artigo de “mentiroso”, que não teria “nenhuma relação com a verdade”. Ele disse ao deputado Milhomem que os anos que serviram como base para o índice foram os de 2007 e 2008, quando Jackson Lago era governador. Ele destacou que em 2009 o governo foi parte Jackson e parte Roseana, além de 2010 se referir totalmente à gestão Roseana.

“Primeira mentira: não é de responsabilidade de Roseana; segunda mentira: diz que há melhoria da colocação no Maranhão. É a primeira vez que esse índice é divulgado, então não houve uma divulgação anterior para dizer que melhorou agora”, explicou.

De acordo com o parlamentar socialista, a terceira mentira “é dizer que a melhoria, que não aconteceu, é ocasionada pelo programa ‘Saúde é Vida’, do Ricardo Murad”, porque o único hospital inaugurado pelo “Saúde é Vida” foi o de Lago dos Rodrigues, no ano de 2010.

Marcelo solicitou ao deputado governista mostrar “para o Sarney que ele anda escrevendo besteira no jornal que é dono. “O cidadão que tem mais de 50 anos de vida pública deveria escolher melhor o que escreve”, completou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mulher chamar sargento da PM de 'preto safado' e é presa

Uma mulher identificada por Érica Cristina Guterres de Oliveira, moradora da Vila Luisão, foi presa, neste domingo (4), por policiais militares. No momento da prisão, ela dirigia uma moto de placas NWV-6289 com duas mulheres na garupa e sem carteira de habilitação pelas ruas do bairro..

Na delegacia, os policiais disseram que foram xingados pela motociclista. Segundo eles, a jovem chegou a agredir verbalmente o sargento da PM, José Henrique Santos o chamando de ‘preto safado’.

Érica foi presa e levada para o Plantão da Rffsa, onde foi autuada em flagrante por desacato a autoridade e por não estar habilitada para dirigir. Ela deve ser processada pelo militar por crime de racismo.

(Com informação do Imirante.com)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito “ficha suja”, lança pré-candidatura da filha em Raposa

Como Laci é ficha suja, ele lança a filha Thalita Laci

Como Laci é ficha suja, ele lança a filha Thalita Laci

O ex-prefeito “ficha suja” de Raposa, José Laci de Olveira, definiu lançar a pré-candidatura de sua filha Thalita Laci, de 25 anos, a Prefeitura Municipal de Raposa.

Laci que não é nada besta, tentará enquadra a filha no campo político através de suas lideranças comunitárias e vereadores que fazem oposição ao atual prefeito que esta no segundo mandato.

A pré-candidatura da jovem que é acadêmica de Direito, é motivo de risos dos moradores que a classificam na cidade como inexpressiva e despreparada para comandar um cargo de tal importância.

Em virtude da recém-decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-prefeito de Raposa, José Laci, é considerado ficha-suja no momento, pois já possui condenação colegiada pela Justiça Federal por ato de improbidade administrativa pela ausência que comprova a regularidade na aplicação dos recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), com as penas que o tornam inelegível. Veja abaixo o processo de Laci na Justiça Federal:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.