Poder

Gastão Vieira chama PMDB de ‘partido dos traíras’; ouça

O presidente da Comissão Especial do Plano Nacional de Educação, deputado federal Gastão Vieira (PMDB), dessa vez passou dos limites.

Gastão Vieira, detona com a cupula do PMDB

Gastão Vieira, detona com a cupula do PMDB

Durante o quadro “CQC Elege o Pior Parlamentar do Brasil”, elaborado pelo programa CQC e realizado no dia, 29, de Agosto do mês anterior.

Gastão Vieira, ao ser entrevistado pelo repórter Rafael Cortez, do CQC, foi informado que o partido a qual pertence, está na lista dos que mais traíram, em resposta Gastão disse que “o PMDB não é o mais traído, e sim o partido mais traíra”, afirmou.

“O PMDB tem uma característica, todo mundo manda, ninguém obedece e cada um faz o que quer”.

Marcelo Tas apresentar do programa CQC, ficou surpreso com as declarações de Gastão, e chegou a elogia-lo pela atitude chamando de sincero e parabenizando.

Veja abaixo as fortes declarações feitas por Gastão Vieira contra a cúpula do PMDB:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Alberto Franco é convidado por Edilázio Júnior a ingressar no PV

Sarney FIlho e Edilázio Júnior conspiram no governo Roseana, e se articulam na possivel filiação de Alberto Franco no PV

Sarney FIlho e Edilázio Júnior conspiram no governo Roseana, e se articulam na possivel filiação de Alberto Franco no PV

Conforme publicado no blog do Marcelo Vieira, mesmo depois de aceitar a Secretaria de Assuntos Estratégicos ou pelo menos aceitar discutir as condições para assumir, o ex-deputado Alberto Franco continua insatisfeito com a ala do PMDB, comandada pelo senador João Alberto e o deputado Roberto Costa.

Diante dos acontecimentos, a possibilidade de Franco deixar o PMDB ainda não está descartada. Nesta segunda-feira, o deputado Edilázio Júnior ligou para Franco e disse que o PV está de portas abertas para recebê-lo.

O convite de Edilázio foi extensivo ao filho de Franco, Rômulo Franco, pré-candidato a vereador em São Luís e hoje filiado ao PSDB.

Tadeu Palácio – Na sessão de hoje, da Tribuna, o deputado Edilázio Júnior revelou ainda que o Partido Verde formulou convite ao ex-prefeito Tadeu Palácio (atualmente sem partido) para que ele seja candidato da legenda na sucessão municipal do ano que vem. O PV aguarda resposta para depois do feriado da Semana da Pátria.

Edilázio explicou que existe uma determinação da executiva nacional para que o PV participe da sucessão em São Luís e Imperatriz com candidatos próprios.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia velada prende bando que espancou jovens na Expoema

Agressores

Agressores

O Serviço de Inteligência da Policia Militar (VELADO) capturou na manhã de hoje os jovens delinqüentes que agrediram os irmãos Letícia Castelo Branco e espancaram brutalmente Carlos Tadeu Castelo Branco, os jovens são filho do Secretário de Orçamento do Município de Paço do Lumiar, Eduardo Castelo Branco.

Dos cinco agressores, que participaram do espancamento ocorrido na saída da Expoema, apenas quatro foram capturados até o presente momento.

Eduardo Castelo  Branco pai de Letícia Castelo Branco e Carlos Tadeu Castelo Branco

Eduardo Castelo Branco pai de Letícia Castelo Branco e Carlos Tadeu Castelo Branco

 A policia divulgou o nome dos participantes do ato criminoso, são ele:  José Carlos Azevedo Pinheiro Júnior, Leandro da Silva Porto, Caio César Sousa de Carvalho e Jean Vitor Maia.

ENTENDA O CASO

Segundo testemunhas, um gol vermelho de placa NHS – 0824, onde estavam os cinco jovens, bateu no carro dirigido por Letícia. Inconformada, ela saiu para conversar com o motorista do Gol e acabou sendo agredida pelo bando. Carlos Tadeu saiu em defesa da irmã e foi cruelmente espancado. Ele sofreu traumatismo craniano e está internado no hospital São Domingos, em estado grave.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Aeroporto de R$ 20 milhões no Piauí já gastou R$ 25 milhões e ainda não existe

O confortável terminal mescla a arquitetura futurista com um símbolo do passado, que poderá ser visto dos céus pelos que chegam – o desenho de uma capivara prenhe, a primeira mostra dos tesouros arqueológicos do Parque Nacional da Serra da Capivara.

Por enquanto, no entanto, em vez do terminal em forma da capivara que espera um filhote, quem chega ao aeroporto vê uma carcaça de ferros retorcidos, concreto aos pedaços, tijolos amontoados, tocos de madeira e pregos enferrujados. Isso porque as verbas públicas para a construção do Aeroporto Serra da Capivara seguiram o rumo de tantas outras destinadas a projetos tão ou mais importantes: sumiram. Como sumiu o dinheiro para a edificação de nove quiosques na cidade vizinha de Coronel José Dias, a 30 quilômetros dali (leia abaixo).

O enredo em São Raimundo Nonato tem o perfil das irregularidades detectadas pelas auditorias do Tribunal de Contas da União (TCU) e investigações da Polícia Federal nas verbas do Turismo: dinheiro do orçamento público que começou a ser liberado no fim de um governo e vai pingando com critério eleitoral, empreiteira de político contratada e zero de comprometimento administrativo com o projeto de incentivar o turismo.

A primeira liberação do dinheiro para o aeroporto de São Raimundo Nonato foi feita em 30 de dezembro de 2002. No penúltimo dia da gestão de Fernando Henrique Cardoso, o governo federal destinou R$ 5 milhões para o futuro aeroporto. Em fevereiro de 2003, já no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, foram anunciados outros R$ 7,43 milhões, provenientes do recém-criado Ministério do Turismo. O então ministro Walfrido Mares Guia foi pessoalmente ao Piauí anunciar o dinheiro, de um programa chamado Prodetur Nordeste 2. As obras tiveram início em 2004.

Mais à frente, o governo Lula anunciou a liberação de outros R$ 8,33 milhões e o governo do Piauí comprometeu-se com outros R$ 5 milhões de contrapartida. Só a pista ficou pronta. Isso em 2009. Mas, como foi feita com 1.650 metros e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) só homologa pistas para grandes jatos a partir de 2,5 mil metros, a do Aeroporto Serra da Capivara terá de receber mais 850 metros. Por enquanto, a Anac liberou a pista como aeródromo, sem permissão para operações comerciais. Aviões pequenos fazem pousos e decolagens de lá, aproveitando a pista existente.

Emenda nova. Em 2009 foi realizado no Parque Nacional da Serra da Capivara o Congresso Internacional de Arte Rupestre (Global Art), com a participação de mais de 30 países. No entusiasmo da chegada de tanta gente, o governo do Piauí chegou a importar do Recife um orientador de estacionamento de aeronaves. Desde essa época, com ou sem função, Marcos Madeira vai para o aeroporto, onde passa o dia aguardando a chegada de algum avião. Aparecem poucos. Nos últimos oito meses ele parou de receber o salário. Agora, fez um acordo com o governo do Estado, que prometeu pagar o que lhe deve. “Graças a Deus, começaram a pagar”, disse Madeira.

(Com informações do Estadão)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Como seria um governo de jornalistas?

Por J.L. Pio Abreu

Depois do que tem acontecido, dei por mim a pensar no que seria um governo de jornalistas. Os governantes seriam conhecidos, quase íntimos, já que nos entram todos os dias pela casa dentro. O contacto diário com os cidadãos permitiria explicar e fazer aceitar as suas políticas. Nem teriam oposição, pois esta só poderia transmitir as suas mensagens através dos jornalistas, ou seja, através do governo.

Dizem que os jornalistas são plurais nas suas opiniões e, por isso, não formariam um governo homogéneo. Mas o que se vê é que facilmente se põem de acordo uns com os outros. Defendem acima de tudo a liberdade de dizer o que lhes apetece sobre quem quiserem um direito lhes assegura a eficácia, pois qualquer opositor se pode transformar em bode expiatório.

Um governo de jornalistas podia poupar recursos. Trataria da saúde pela televisão, como se fez com as epidemias de gripe, e faria uma telescola que dispensasse os professores. O pesado e dispendioso aparelho de justiça seria substituído pelos julgamentos públicos sumários. Teriam apenas de manter polícias que fizessem escutas e outras invasões da privacidade, e talvez uns magistrados que escrevessem obras de ficção com impacto popular.

Um governo de jornalistas só teria um problema. Como eles não fazem autocrítica, não diriam mal do governo, arriscando-se a ficar sem audiência. Sem audiência não teriam emprego e, portanto, não haveria jornalistas para formar governo. Ou seja: um governo de jornalistas tornaria impossível a existência de um governo de jornalistas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Santos vende Neymar para o Barcelona por R$ 139 milhões

Neymar é do Barcelona. O Santos assinou contrato com o clube espanhol, que tem como Lionel Messi seu principal jogador. Pelo documento, o atacante se apresenta em janeiro de 2013.

Neymar é jogador do Barcelona a partir do próximo ano

Neymar é jogador do Barcelona a partir do próximo ano

O Santos tomou frente nesta transação sem consultar o empresário do atleta, Wagner Ribeiro, e convenceu o jogador e seu pai a se juntarem a ele. Neymar agora só precisa acertar seu salário com o clube catalão.

Já o tome da vila embolsará bem mais do que os 45 milhões de euros (R$ 104,8 milhões) estipulados na multa rescisória. O Santos, por meio de seu presidente, Luís Álvaro, conduziu toda a negociação com os dirigentes do Barcelona, que estiveram no Brasil somente para isso. O valor negociado é de 60 milhões de euros (R$ 139,8 milhões).

E como não bastasse a inveja provocada pelas seguidas conquistas do Barcelona na Europa, a diretoria do Real Madrid também tomou chapéu e terá de engolir a humilhação de ter sido passada para trás pelo maior rival. O craque santista, cuja chegada ao Santiago Bernabéu em 2012 era dada como certa, vai se juntar a Messi e companhia no Camp Nou.

Quem também se valeu indiretamente do negócio assinado pelo Santos foi a Nike, parceira de Neymar e também do Barcelona – o Real Madrid tem acordo com a Adidas.

(Com informações do Estadão)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Imperatriz persegue blogueiro

O prefeito de Imperatriz, o mais correto e justo, Sebastião Madeira (PSDB) anda perseguindo um dos principais blogueiros que é referencia nos meios de comunicação do município.

Rui Porão um dos maiores blogueiros de Imperatriz

Rui Porão um dos maiores blogueiros de Imperatriz

A perseguição é decorrente ao contrato com a empresa do blogueiro e empresário, Rui Porão, que alega a perseguição na falta de pagamento pelo serviço prestado com alimentação fornecida aos pacientes e funcionários do hospital Socorrão, em Imperatriz.

Em post vinculado no seu blog, Rui Porão desabafa sua insatisfação com Sebastião Madeira. Leia a postagem abaixo:

Estive no dia, 30, na Prefeitura na esperança de falar com o prefeito Sebastião Madeira, mas a sua secretaria Filomena me disse que ele esta viajando, então pedi a ela que marcasse para amanhã, ela disse que iria falar com ele. Eu preciso ter uma posição certa e concreta do Prefeito com relação aos pagamentos da minha empresa.

O que eu tenho pra receber são entregas feitas no “Hospital Socorrão”, que ao longo de mais de 90 dias a minha empresa manteve boa parte da alimentação fornecida aos pacientes e funcionários. Não é justo o prefeito querer me calar usando o que tem para me pagar. Os valores que tenho pra receber não é fruto de esquemas, a minha empresa se endividou para honrar com os compromissos que foram assumidos com o município.

A partir de amanhã farei plantões na porta da prefeitura, e se o prefeito não me receber, passarei a fazer plantões também na porta de sua casa. A minha filha Mariana estuda na mesma faculdade, na mesma sala que a filha do Prefeito, não é justo que ela seja constrangida quase todos os dias por estar com mais de três mensalidades atrasadas. Duvido que a Mariana filha de Sebastião Madeira esteja com alguma mensalidade atrasada.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em São Luis Gonzaga, prefeito impede sessão da Câmara

Os professores da rede pública de São Luís Gonzaga organizaram um protesto para sensibilizar o prefeito Emanoel Carvalho a pagar o piso da categoria.

Com cartazes, foram pedir também o apoio dos vereadores do município. Esperaram pela realização da sessão da Câmara, só que até o presente momento nunca houve. Os professores pegaram um verdadeiro chá de espera.

Emanoel Carvalho reside em outra cidade, numa mansão cinematográfica em Bacabal. Continue lendo no blog do Louremar


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ibama desmonta 1ª serraria que explorava madeira protegida no Maranhão

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) desmontou na quinta-feira a primeira serraria acusada de explorar madeira vinda da Reserva Biológica do Gurupi e das terras indígenas Awá, Carú, Araribóia e Alto Turiaçu, todas na região de Buriticupu, a 420 km de São Luís, no leste do Maranhão. Há três dias o instituto realiza a operação Maurítia no polo madeireiro do município, com apoio de homens da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional.

Segundo informações fornecidas pelo Ibama, mais seis madeireiras estariam à espera do desmonte. A serraria que foi desativada, RN Santos Moraes Madeiras, foi embargada pelo Ibama em agosto de 2010, por funcionar sem licença ambiental. Ao chegar à empresa na manhã desta quinta-feira, os fiscais encontraram o lacre do órgão ambiental rompido e o pátio com quatro caminhões de madeira nativa já serrada.

Além de multada em R$ 120 mil, por armazenar o produto florestal sem licença e desrespeitar o embargo federal, a empresa teve apreendida a madeira, uma serra-fita, duas serras-circulares e uma destopadeira. O Coordenador da operação, Wilson Rocha Cardoso, prometeu ser firme no combate às madeireiras ilegais. “Vamos desativar todas as madeireiras que vem insistindo em operar na ilegalidade, desrespeitando os embargos do Ibama e financiando a degradação ambiental nas áreas protegidas da União”, disse Wilson, lembrando as 11 serrarias que o Ibama desmontou recentemente em Nova Ipixuna e as quatro em Cumaru do Norte, nas imediações da reserva dos Kayapós, no Pará.

No polo de Buriticupu, oito madeireiras já foram fiscalizadas e apenas uma se regularizou. As seis madeireiras sem licença que serão desmontadas repetem o mesmo histórico da RN Santos Moraes Madeiras: foram embargadas pelo Ibama em 2009 ou 2010, mas continuaram operando, desrespeitando a sanção e sem obter a licença ambiental.

Nos três dias primeiros dias da operação Maurítia, o Ibama aplicou R$ 687,5 mil em multas, destruiu dezenas de fornos de carvão, apreendeu 340 m³ de madeira em tora, 465 m³ do produto serrado, um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 12 e uma carreta flagrada transportando 30 m³ de madeira nativa sem origem legal. A operação também conta com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Ministério do Trabalho e Sistema de Proteção da Amazônia.

 ( Com informações do Terra.com.br)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A revolução das "mídias sociais" no jornalismo

Fundadora do site de notícias The Huffington Post, a empresária Arianna Huffington disse não acreditar em uma separação estanque entre a mídia tradicional e as mídias sociais.

“Vai ser cada vez mais híbrido”, afirmou. “E há algo que falta na mídia tradicional que nós podemos capturar nas mídias sociais: a capacidade de contar histórias. Estamos preocupados demais com dados. É muito mais difícil capturar leitores com dados do que com histórias.”

Ela citou o Huffington Post como um exemplo de como aproveitar melhor as mídias sociais. “Nós não damos apenas informação ao leitor. Damos uma plataforma onde ele pode compartilhar seus pontos de vista e seus hobbies.”

Disse ainda que é preciso entender melhor como essa mudança altera o uso da informação. “Antes consumíamos as notícias sentados no sofá. Agora fazemos isso galopando. É muito diferente.”

Arianna disse que as mídias sociais revolucionaram também a maneira como as empresas se relacionam com os consumidores. “Não pense no Twitter como um mapa da vida das pessoas, mas sim como um mapa da mente delas.”

Em sua apresentação, fez uma segunda crítica ao jornalismo: disse que é preciso acompanhar mais uma mesma história. “Não é apenas publicar uma reportagem. É preciso continuar cobrindo.”

(Com informações da Folha)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.