Poder

Gastão Vieira priorizou destinar emendas aos municípios onde tem eleitores

O novo ministro do turismo Gastão Vieira (PMDB), deu prioridade a quatro pequenas cidades nas quais foi o candidato a deputado mais votado ao propor emendas ao Orçamento para infraestrutura turística no Maranhão.

Gastão trocou emendas por votos.

Gastão trocou emendas por votos.

Os municípios – São João dos Patos, Araioses, São Bento e Loreto – foram beneficiados por uma emenda de R$ 2,5 milhões no Orçamento de 2011. A emenda foi apresentada no fim do ano passado, quando Gastão já havia sido reeleito e tinha em mãos o mapa de sua votação. Nas quatro cidades, ele foi o líder disparado nas urnas, com mais de um quarto dos votos válidos – em Loreto, abocanhou 41% do eleitorado.

Apesar de nenhuma das cidades não serem nacionalmente famosas por suas atrações turísticas, Gastão disse que elas têm “clara vocação” para a atividade. O ministro, porém, admitiu que o resultado eleitoral influenciou a destinação dos recursos.

Uma segunda emenda apresentada por Gastão, que envolve R$ 1,5 milhão do Ministério das Cidades, também beneficiou redutos nos quais ele foi o candidato mais votado: Centro Novo do Maranhão, Matões do Norte e Mirador.

Segundo o peemedebista, o Ministério do Turismo, atualmente, não exige que as cidades beneficiadas por emendas tenham atrações turísticas. Ele prometeu se esforçar para mudar essa situação, mas reconheceu que, no Congresso, não seguiu o critério técnico à risca. Como exemplo, citou a destinação de recursos para a construção de praças, com recursos do Ministério do Turismo, “em cidades onde não há lazer”.

Gastão disse que Loreto, cidade para a qual propôs a destinação de R$ 487,5 mil, recebe “milhares de romeiros” em uma festa religiosa anual, e que precisa de infraestrutura para acolher os visitantes.

São João dos Patos foi qualificada pelo novo ministro como a “capital maranhense do bordado”. Ele propôs beneficiar o município, onde teve 35% dos votos, com R$ 975 mil.

(Jornal O Estado de S. Paulo)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Urbano Santos faz juízo ao seu mandato

Agora faço o que quero. Derrotado nas urnas mais “vitorioso” na justiça Aldenir Santana diz: Todos os contratodos estão fora!”

Prefeito de Urbano Santos Aldenir Santana

Prefeito de Urbano Santos Aldenir Santana

Imediatamente, após sentar-se na cadeira de prefeito, Aldenir, tratou logo de defender seus interesses. Ele e seu aliados já trataram de divulgar como será as coisas daqui pra frente.

E trataram logo de mandar o povo todo para casa (digo para fora).

Todos os contratos da prefeitura têm duração até dia 31 de dezembro de 2011. Assim, os servidores contratados tinham de ser, pelo menos, avisados de forma respeitosa e formal que seus contratos foram ou estavam sendo rescindidos. Bem como seria muito respeitosa a exposição, para cada servidor, dos motivos pelos quais seus serviços estão sendo dispensados ou suas funções sendo considerados desnecessários para a cidade.

Estes servidores considerados desnecessários estão procurando a gestão “Trabalho Continua” (mas infelizmente foi interrompido) para buscarem orientações e pedirem uma espécie de socorro, além de conforto diante da desvalorização que vêm sofrendo

No entanto se analisarmos os fatos as pretensões e, especialmente, as alianças (duradouras ou não) do “vitorioso”, podemos imaginar o próximo passo dele com relação aos contratados: com certeza ele fará um filtro nos contratos e chamará parte dos que estão sendo jogados para escanteio de volta,deixando vagas para o seus, naturalmente.

Com certeza isso ocorrerá, até em decorrência de ter muita gente muito competente entre os contratados e aqui publico uma frase de um verdadeiro sábio entre eles:

Todos podem trabalhar com o Prefeito, mas ficam apenas aqueles que sabem trabalhar muito bem”.

(Entenda “Prefeito” como o ex, que continua sendo o atual para o povo, pois foi o eleito).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ministério Público ingressa na justiça contra Paulo Marinho

Paulo Marinho um dos piores políticos do Maranhão

Paulo Marinho um dos piores políticos do Maranhão

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Caxias ingressou, em agosto, com uma Ação Civil de Execução Forçada contra o ex-prefeito do município, Paulo Marinho, para obrigá-lo a pagar à Receita Estadual o valor de R$ 173.320,06, referente a multas impostas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que o condenou por irregularidades na prestação de contas do exercício financeiro de 1996.

O pedido do Ministério Público baseou-se nos acórdãos 606/2008 e 140/2010, que contêm a condenação do executado. A decisão do TCE já transitou em julgado, ou seja, contra a mesma não cabe mais recurso.

Na Ação Civil, a promotora de Justiça Carla Mendes Pereira Alencar, titular da 1ª Promotoria de Caxias, requer que a Justiça determine o prazo de três dias, a contar da citação, para que Paulo Marinho pague o valor devido à Receita Estadual por meio de depósito bancário, acrescido de atualização monetária, juros e custas processuais.

Em caso de descumprimento, o ex-prefeito de Caxias poderá ter tantos de seus bens penhorados até que sejam suficientes para a quitação do débito.

(Com informações do Ministério Público)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Hemetério Weba tem mandato cassado

Rodrigo Costa Nina juiz de Santa Luzia do Paruá, decidiu cassar, por atos de improbidade administrativa, o mandato do deputado estadual Hemetério Ueba.

Neste caso Tatá Milhomem (DEM) suplente deve ser efetivado na Casa.

Na manhã de sexta-feira, 16, a Assembleia Legislativa terá que da impossar depois do documento oficial informando sobre a cassação. Veja abaixo a certidão:

Certidão extraída do blog do Décio Sá

Certidão extraída do blog do Décio Sá


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Família Sarney 'nunca me impôs nada', diz Gastão Vieira

O novo ministro do Turismo, Gastão Vieira (PMDB-MA), afirmou nesta quinta-feira (15) que a escolha de seu nome para o cargo não tem relação com a ligação que mantém com a família do presidente do Senado, José Sarney.

Ministro do Turismo Gastão Vieira

Ministro do Turismo Gastão Vieira

“Absolutamente, não. Eu sou ligado à família Sarney há muito tempo, e o Sarney nunca me impôs que eu fizesse nada ou deixasse de fazer”, afirmou Vieira ao chegar ao fórum nacional que o PMDB promove nesta quinta em Brasília.

Vieira foi escolhido pela presidente Dilma Rousseff para a função após Pedro Novais pedir demissão em razão de denúncia de uso de verbas públicas para fins privados e deve tomar posse nesta sexta-feira (16), de acordo com a Presidência da República.

Mais cedo, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que José Sarney e a filha, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), estão satisfeitos com a escolha de Gastão Vieira (PMDB-MA), mas negou que a indicação tenha partido deles.

(Com informações do G1)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Obra inacabada: recursos destinados por Gastão Vieira sairam do Ministério do Turismo

Recursos sairam do Ministério do Turismo em 2008

Recursos sairam do Ministério do Turismo em 2008

O deputado federal e atual ministro do Turismo, Gastão Vieira (PMDB) destinou em 2008 mais de R$ 400 mil de sua emenda parlamentar para a prefeitura de Buriticupu para a construção de um Balneário que beneficiaria o povoado de sagrima no município.

A obra foi orçada em R$ 445 mil e todo o recurso foi depositado na conta da prefeitura em dezembro de 2008 pelo Ministério do Turismo.

A obra encontra-se inacabada e com varias rachaduras. Na época, a empresa vencedora da licitação foi a construtora Malta, que pertence ao engenheiro João Carlos.

Am obra nunca foi concluida no município de Buriticupu

Am obra nunca foi concluida no município de Buriticupu

O fato chegou ao conhecimento da Superintendência da Polícia Federal através de uma denúncia feita por moradores do povoado de Sagrima.

Em resposta ao blog, Gastão Vieira confirmou que os recursos foram destinados através de sua emenda parlamentar. Só que atribuiu a culpa somente ao prefeito em não ter concluído a obra e que a responsabilidade de fiscalizar seria da Caixa Econômica Federal. Leia abaixo a resposta.

“A emenda parlamentar foi destinada para a obra citada sim, como várias outras que fiz ao longo de minha carreira parlamentar. Agora, quanto a execução da obra, divide-se a responsabilidade entre a Caixa Econômica Federal, de fiscalizar para que seja efetuada a liberação do recurso, e da Prefeitura Municipal, de concluí-la”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Barra do Corda persegue 'funcionária pública'

Prefeito de Barra do Corda covardemente persegue funcionária concursada

Prefeito de Barra do Corda covardemente persegue funcionária concursada

Na cidade pacata de Barra do Corda no Maranhão, a população ainda vive na época do coronelismo que é praticado pelo prefeito Manoel Mariano de Sousa (PV) o “Nenzin”.

Simplesmente, “Nenzin” vem perseguindo diariamente uma funcionária de carreira da municipalidade, com mais de 10 anos de serviços prestados, Luciene Nascimento Matos que tem o cargo de Auxiliar de Serviços de Informática (Matrícula-2272-1) é concursada pela prefeitura desta cidade.

A confusão e perseguição por parte do prefeito começou depois, que a servidora participou do “Movimento Contra a Corrupção” idealizado no município de Barra do Corda no dia, 7, de setembro deste ano.

Requerimento

Requerimento

Dias após a marcha, a funcionária se deslocou até a prefeitura no intuito de requerer o período aquisitivo da licença para capacitação do dia, 22, de maio de, 2002, a, 22, de maio de, 2007.

Quando Luciene tentou obter o requerimento assinado pelo prefeito, simplesmente a secretária despreparada em tom de voz alta, disse: “Fique sabendo que o prefeito Manoel Mariano de Sousa, não vai assinar a seu requerimento”, disparou contra Luciene.

O pior. Depois de ter recebido um não como resposta, ela ainda foi transferida para a Vila Miguelzinho, já no final da cidade.

Atos iguais a este mostram o despreparo da atual gestão de Manoel Mariano de Sousa, que age com truculência contra a funcionária concursada, tratando o órgão público como se fosse algo privado.

Porém, “Nenzin” logo saberá que o fim do sono chegará com o barulho da sirene que anuncia a chegada do camburão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sarney articulou a nomeação de Gastão Vieira para o Turismo

A presidente Dilma Rousseff (PT) acabou confirmando o nome do deputado Gastão Vieira (PMDB) como a solução até mesmo para prestigiar o Presidente do Senado, José Sarney (PMDB) já que o ex-ministro do Turismo também é maranhense.

Eles se entendem

Eles se entendem

Houve uma grande disputa na bancada do PMDB nas ultimas horas, quando o deputado Henrique Eduardo Lyra Alves (PMDB) recebeu uma ligação urgente do vice-presidente da Republica, onde foram convocados tanto ele como o deputado federal Gastão Vieira para uma conversa com Michel Temer.

Logo após a reunião, por voltas das 22h30minh de ontem (14), foi batido o martelo e decidido o nome do deputado federal Gastão Vieira para comandar o Ministério do Turismo.

Gastão Vieira já conversou até com a presidente Dilma Rousseff, e foi confirmado, até mesmo, pelo fato do parlamentar ser afiliado político do presidente do Senado José Sarney. Há pouco antes de confirmarem o nome de Gastão, ele teria entrado em contato com Sarney durante a tarde, e Sarney pediu que ele aguarda-se que o vice-presidente da Republica Michel Temer (PMDB) estaria trabalhando a sua nomeação do cargo.

Foi justamente dessa forma, que o nome de Gastão Vieira foi construído. Veja abaixo a reportagem completa:

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pesquisa promove aliança entre João Castelo e Tadeu Palácio

Blog do Cesar Belo

São grandes as possibilidades de uma aliança entre Tadeu Palácio e João Castelo. A atitude  acusa o rebenque sofrido com os números da recente pesquisa para Prefeitura de São Luís. A “Operação Dinoyslândia” começaria com a volta de Canindé para a SMTT.

Agora a pouco o ex-homem forte e caixa-forte dos transportes confirmou sua filiação no PSDB. Canindé entregou agora a tarde a carta de demissão da Agência Reguladora de Serviços para a governadora do Estado. O gesto repete Palácio, que busca sombra dentro de Castelo.

Tadeu Palácio

Tadeu Palácio

Na despedida Barros afirma que não gosta só de receber, mas de contribuir, de exercer um trabalho, em um espaço político.  Olha que eu já vi disposição, mas como essa só “Pai Francisco”. Por falar em espaço parece certa a volta de Palácio a condição de Vice.

Canindé é o que se pode chamar de “três em um”, pois em menos de três meses já foi Secretário de Transportes em Paço do Lumiar(por 24 horas), Diretor da Agência Reguladora de Serviços no Governo do Estado e agora supostamente de volta à SMTT.

Palácio dentro do Castelo, Castelo dentro do Palácio. Será que um cabe dentro do outro? Eu duvidêodô.

Não provoque é cor de rosa-choquei.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Confirmado: Gastão Vieira é o novo ministro do Turismo

Gastão Vieira como o vice-presidente, Michel Temer após reunião

Gastão Vieira como o vice-presidente, Michel Temer após reunião

O deputado Gastão Vieira (PMDB-MA) já aceitou o convite para ser o novo ministro do Turismo, substituindo Pedro Novais, que pediu demissão nesta quarta. Ele já conversou nesta noite como o vice-presidente, Michel Temer, e vai falar ainda com a presidente Dilma Rousseff.

O nome do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) foi descartado na noite desta quarta-feira, depois de uma conversa entre Temer e a presidente Dilma Rousseff. Outro nome cotado era do deputado Manoel Júnior (PB). A bancada do partido, por sua vez, rejeitou a orientação da presidente, que preferia alguém de fora do PMDB.

O episódio também teve o condão de atrapalhar um processo de aproximação que Dilma buscava com o PMDB.

Por fim, a queda de Novais e a novela da substituição pelo deputado federal maranhense Gastão Vieira ofuscaria a tentativa do PMDB de se mostrar como uma força nas eleições de 2012, principal objetivo do Congresso do partido que acontece em Brasília.

Veja abaixo a trajetória de vida do novo ministro do Turismo:

O deputado federal Gastão Vieira está em seu quinto mandato na Câmara.

Formado em ciências jurídicas pela UFMA (Universidade Federal do Maranhão), foi secretário de Planejamento do Maranhão durante o governo de Edison Lobão (1991 a 1994), atual ministro de Minas e Energia, e secretário de Educação no primeiro mandato de Roseana Sarney (1995 a 1998), filha do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Filiado ao PMDB em 1985, deixou o partido em 1990, quando atuou pelo PSC. De volta ao PMDB em 1994, elegeu-se deputado federal pela primeira vez no mesmo ano.

Antes disso, foi deputado estadual no Maranhão por dois mandatos, de 1987 a 1995.

(Do Presidente 40)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.