Poder

'Magno Bacelar passou por um momento infeliz em sua carreira política', diz Davizinho

Davi Alves Silva Júnior

Davi Alves Silva Júnior

Em resposta as declarações feitas pelo deputado Magno Bacelar na última terça-feira, 20, em discurso na Assembléia Legislativa, no qual o mesmo afirmou que “tudo agora na Saúde é só para Imperatriz, que fica lá no cafundó do Judas, no quintal do Maranhão”, o deputado federal Davi Alves Silva Júnior (PR) declara que:

Acredito que o Deputado Magno Barcelar passou por um momento infeliz em sua carreira política. Creio que os moradores da região do Baixo Parnaíba certamente devam receber melhor atenção, tanto do Governo Estadual quanto do Governo Federal. Agora, o que a população não merece é um Deputado que fique na Assembléia Legislativa, jogando palavras ao vento, ignorando o fato de que a cidade de Imperatriz é hoje parte significante do motor que movimenta a economia e o desenvolvimento do Estado do Maranhão.

Faço desde já o convite para que o Deputado Magno Bacelar venha conhecer essa cidade maravilhosa e hospitaleira. Na oportunidade, Vossa Excelência terá tempo de comprovar que, assim como a região do Baixo Parnaíba necessita de investimentos para a saúde, Imperatriz também necessita da mesma ajuda – tanto do Governo Estadual bem como do Governo Federal – para desafogar uma das áreas mais críticas em todo o Brasil.

Assim como na região do Baixo Parnaíba que a população é composta por pais de família e pessoas de bem, afirmo que essas mesmas qualidades são encontradas em cada casa da região Tocantina.

Nesse momento, o mais sensato seria o nobre parlamentar rever os seus conceitos quanto aos moradores da região Tocantina.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Lobão defende Roseana Sarney de acusações no TSE

José Sarney, Roseana Sarney e Edison Lobão

José Sarney, Roseana Sarney e Edison Lobão

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB) compareceu na noite de ontem, 21, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para prestar depoimento sobre o abuso de poder econômico na campanha eleitoral da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).

Durante o depoimento, o advogado de Zé Reinaldo, o jovem experiente Rodrigo Ferreira Lago, contestou os fatos de Lobão ter sido ouvido antes das testemunhas de acusação, o que, segundo ele, seria motivo para anular a oitiva do ministro.

O abuso de poder da TV Mirante de comunicações que ultrapasse uso direto e indireto da estrutura da administração pública em vários locais.

As denúncias foram apresentadas na época por Zé Reinaldo Tavares. Agora é só aguardar pra ver o resultado desse imbróglio.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Tablets poderão ser produzidos no Maranhão

Tablet

Tablet

Uma vitória para o Maranhão, é que o plenário do Senado aprovou na quarta-feira (21) o projeto de Lei de Conversão 21/2011, que concede incentivos fiscais para a produção e venda de tablets no Maranhão e alguns estados do Brasil.

A medida, lançada pelo Executivo em maio deste ano, beneficia com isenção de PIS e Cofins aparelhos “que tenham uma unidade central de processamento com entrada e saída de dados por meio de uma tela sensível ao toque de área superior a 140 centímetros quadrados”.

Como já foi aprovada na Câmara, a medida será encaminhada direto à sanção da presidente Dilma Rousseff, que ainda pode vetar trechos da lei.

A segunda mudança, segundo o relator, deixa mais claro o artigo que trata da prorrogação por mais dois anos do prazo para que as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) sejam implementadas no país. Os estados beneficiados seriam o Maranhão, Pará, Bahia e Mato Grosso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Agiota preso pela Polícia Federal reassume secretaria de Finanças em Barra do Corda

Pedro Telis irmão do deputado estadual Rigo Telis

Pedro Telis irmão do deputado estadual Rigo Telis

Atenção Ministério Público, o prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa (PV) o “Nenzin”, efetivou novamente no cargo de secretário de Finanças do Município, o filho e agiota Pedro Teles.

Pedro Alberto Teles de Sousa que reassumiu na segunda-feira, 19, a secretaria de Finanças da prefeitura de Barra do Corda, em meio ao clamor da população que contestou sua entrada na gestão, devido o escândalo motivado pela “Operação Astiages” da Polícia Federal no dia, 03, de fevereiro deste ano, que resultou na sua prisão e da irmã, Sandra Maria, mas ambos acabaram libertados por força de uma liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O agiota foi acusado de ser o mentor de uma organização criminosa, com um núcleo de “laranjas”. Pedro Teles na época, secretário de Finanças e Manoel Mariano de Sousa, o “Nenzin” prefeito de Barra do Corda foram acusados de ser os principais integrantes da quadrilha, que de acordo com a Policia Federal, movimentaram irregularmente R$ 50 milhões entre 2005 e 2010.

É  incorreto e imoral que Teles reassuma a secretária, depois do escândalo protagonizado após a operação deflagrada pela Polícia Federal, além do nepotismo descarado que fere o princípio da impessoalidade e da moralidade pública cometido pelo gestor que conduz como se estivese fazendo da prefeitura uma empesa particular, onde se nomea filhos e parentes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bia Venâncio: o jogo político e sujo de Paço do Lumiar

Bia Venâncio pensa que Paço do Lumiar é feudo

Bia Venâncio pensa que Paço do Lumiar é feudo

Em Paço do Lumiar, a “terra sem lei”, onde quem manda é a prefeita Bia Venâncio, a senhora feudal, a Câmara de Vereadores simplesmente afastou por improbidade administrativa o vice-prefeito Raimundo Filho (PHS) que vivia em pé de guerra com a prefeita recordista em números de processos movidos pelo Ministério Público.

O fato inusitado ocorreu na manhã desta quarta-feira, 21, durante sessão realizada na Câmara, onde Bia Venâncio obteve o voto de todos os integrantes daquela Casa, começando pelo atual presidente Alderico Campos (DEM)  – Que foi julgado e cassado em todas as instâncias da Justiça Eleitoral acusado de compra de votos, mas ainda permanece no cargo por influencias nos tribunais -.

Na época, Bia Venâncio (PDT) conivente com a situação, calou-se diante dos fatos. Talvez seja porque o então advogado de Campos preste serviço na prefeitura de Paço do Lumiar ocupando o posto de procurador-geral do município.

Camara de Vereadores de Paço do Lumiar

Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar

Já a população em forma de protesto, foi até a Câmarada de Vereadores para contestar o ato desavergonhado dos membros que compactuam com a malversação de recursos públicos.

Durante a votação, inexplicadamente o vice-prefeito foi cassado por nove votos a zero. Na verdade, há poucos dias atrás, o blog foi informado que houve uma reunião entre a cúpula de Venâncio e os vereadores, onde firmaram um acordo de que seria cassado o vice-prefeito Raimundo Filho.

O jogo sujo político na atual gestão foi motivado como um plano ‘B’. Tudo porque Bia Venâncio estaria com medo de ser cassada pelo Tribunal de Justiça do Maranhão no julgamento de amanhã.

É provável que ela (Bia Venâncio) seja absolvida pelo Pleno, mas não pela população que dará a resposta de sua péssima gestão nas eleições do próximo ano!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de São Luís lucra com 'máfia do lixo'

O Quarto Poder

O contrato entre a Prefeitura de São Luís e a empresa pernambucana Vital Engenharia Ambiental, firmado em março do ano passado, em caráter emergencial, e sem processo licitatório, foi prorrogado pela terceira vez consecutiva. A justificativa, de acordo com a Prefeitura, é que a concorrência 060-317/2010 aberta em março de 2010, ainda não foi concluída por conta de obstáculos jurídicos e, mesmo após um ano, não há perspectiva de lançamento do edital.

Oficialmente, a Prefeitura assinou o primeiro contrato com a Vital Engenharia, no dia 25 de março do ano passado, sendo que seis meses depois o contrato emergencial de até 180 dias, foi renovado.

A Vital Engenharia Ambiental S/A, é um dos braços do Grupo Queiroz Galvão – multinacional brasileira com origem em Pernambuco e sede no Rio de Janeiro. A Vital substituiu a Limp Fort durante uma crise na limpeza pública de São Luís e, desde então, vem realizando serviços em aproximadamente 140 bairros da capital.
O contrato inicial entre a Vital e a Prefeitura de São Luís teve valor global de R$ 13.780.025,28, durante seis meses, algo em torno de R$ 2,2 milhões ao mês.

CONTRATO SOB SUSPEITA – Empenhos de despesas aos quais a equipe do Portal 4º PODER teve acesso, revelam que embora o ‘contrato’ emergencial tenha sido assinado em março de 2010, a empresa Vital Engenharia Ambiental, muito antes, já vinha recebendo dinheiro dos cofres públicos da Prefeitura de São Luís. Os documentos relevam que a Vital começou a receber da prefeitura desde o mês de janeiro de 2010, dois meses antes da assinatura do contrato.

A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luís foi procurada pela redação do Portal 4º PODER, para explicar os pagamentos realizados à Vital Engenharia Ambiental, mas, mesmo após duas semanas, não recebemos qualquer esclarecimento sobre o assunto.

O primeiro contato foi realizado por telefone, com a jornalista Silvia Tereza (Chefe da Assessoria de Imprensa), que nos encaminou para uma funcionária identificada apenas como Doriane. Por telefone, Doriane nos solicitou que os questionamentos fossem encaminhados via e-mail, para serem analisado e respondido. O fato é que seguimos todas as solicitações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luís, entretanto, nenhum de nossos questionamentos foi respondido.

MAUS ANTECEDENTES – A empresa Vital Engenharia Ambiental S/A acumula algumas pendengas judiciais. Uma das mais graves refere-se a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público de São Paulo, na qual a companhia é acusada, junto com a construtora Queiroz Galvão, da qual é subsidiária, e o ex-prefeito de Guarujá (SP) Farid Said Madi de ter firmado contrato emergencial irregular com aquela gestão municipal no valor de R$ 8,2 milhões em 2006, com direito a adiantamento de R$ 149,8 mil. Passados os 180 dias da emergência, a Vital foi contratada novamente sob o mesmo argumento, dessa vez por R$ 11,9 milhões, aditivados em R$ 612,7 mil. No julgamento da ação, ano passado, a empresa foi condenada a ressarcir integralmente o montante recebido ilegalmente dos cofres municipais sob a justificativa de que sua contratação ferira preceitos da administração pública como eficiência, moralidade e impessoalidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

86 bairros ficarão sem água na quinta-feira em São Luís; veja

Previsão para normaliza o abastecimento é de até 48 horas

Previsão para normaliza o abastecimento é de até 48 horas

A Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema),virou um caos ambulante, após moradores do bairro de Pedrinhas, zona rural de São Luís, passarem mais de 30 dias com falta de abastecimento naquela localidade, desta vez a situação piorou.

Segundo comunicado da assessoria de imprensa da Caema, informa que nesta quinta-feira, 22, haverá uma parada no Sistema Produtor Italuís, no horário das 8h às 12h, para manutenção mecânica, com substituição de registros e válvulas de atitude do referido sistema. De acordo com a Caema, a previsão para a normalização do abastecimento é de até 48 horas.

Quem sofre com essas mentiras descabíveis são moradores da periferia e bairros afetados.

Veja abaixo as áreas afetadas:

Parte do Monte Castelo, Apeadouro, Irmãos Coragem, Bairro de Fátima, Bom Milagre, Parque Amazonas, Alemanha, Caratatiua, Vila Ivar Saldanha, Alto da Vitória, João Paulo, Jordoa, Vila Palmeira, Barreto, Túnel do Sacavém, Santa Cruz, Vera Cruz, Cutim, Radional, Coroado, Coroadinho, Vila Conceição, Bom Jesus, Vila dos Frades, Parque Timbira, Alto do Parque Timbira, Parque Pindorama, Parque dos Nobres, Conjunto São Sebastião, Bairro Primavera, Sítio do Pica-Pau-Amarelo, Redenção, Barés, Filipinho, Sítio Leal, Sacavém, Coheb do Sacavém, Salina do Sacavém, Santo Antônio, Jardim São Cristóvão, Tirirical, Solar das Mangueiras, Ipem São Cristóvão, São Bernardo, Vila Brasil, Cohapam, Parque Universitário, João de Deus, Sítio Pirapora, Estação Rodoviária, Vila Itamar, I e II, Conjunto São Raimundo, Parque Jaguarema, Conjunto Cial, Alameda dos Sonhos, Vinhais, Recanto do Vinhais I e II, Vinhais III, Vinhais Velho, Planalto Vinhais, Condomínio Colina dos Colibris, Maranhão Novo, Bequimão, Ipase, Angelim, Novo Tempo II, Novo Angelim, Cantinho do Céu, Vila Sete de Setembro, Manoel Beckman, Cohama, Conjunto Residencial Esperança, Cohaserma, Parque Atenas, Cohajap, Cohajoli, Bela Vista, Parque Shalon, Barramar, Vila Vicente Fialho, Recanto do Fialho, Vila Cruzada, São Domingos I e II, Pinheiros I e II, Vila Marinha, Vivendas da Cohama, Conjunto Primavera Turu, Residencial Araras.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Roseana Sarney se nega a liberar Fábio Gondim para o Turismo

Roseana Sarney veta a ida de Fábio Gondim

Roseana Sarney veta a ida de Fábio Gondim

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, recebeu uma negativa da governadora do Maranhão, Roseana Sarney, na escolha do secretário-executivo da pasta. Gastão queria entregar o cargo, tido como o mais importante do ministério, ao secretário de Planejamento do Maranhão, Fábio Gondim, com quem ele trabalhou no Estado. Consultada antes, Roseana, no entanto, pediu a Gastão que desistisse da ideia porque não deseja abrir mão de seu secretário.

Nascido em Brasília, aos 43 anos o servidor público Fábio Gondim tem uma carreira bem-sucedida. Em 2010, deixou o cargo de consultor-geral de orçamento do Senado, onde ficou de 1998 a 2010, ao aceitar o convite de Roseana para cuidar das finanças do Maranhão. Aos que à época estranharam sua opção, Fábio respondia que se sentia atraído pelo desafio de trocar temporariamente de carreira.

Antes de passar no concurso para o Senado, ele trabalhou, de 1987 a 1992, na Câmara dos Deputados; no Ministério Público da União, de 1992 a 1994; na chefia de gabinete da Presidência da República, de 1994 a 1996; e como analista de finanças do Ministério da Fazenda, de 1996 a 1998.

(Da Agência Estado).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Marcos Play detona com Carlos Filho, Luis Fernando e Hildo Rocha na sessão especial

Marcos Play

Marcos Play

Blog do Marcelo Vieira

Depois de mais de seis horas de sessão especial realizada na Assembleia Legislativa do Maranhão para ouvir o  secretário de Saúde do Estado, Ricardo Pinóquio Murad (PMDB) prestar esclarecimentos sobre os problemas enfrentados pelo sistema de saúde do estado.

Ao subir na tribuna, o deputado estadual Marcos Caldas (PRB) quebrou o gelo e roubou a cena ao chamar o deputado festeiro Carlos Filho (PV) de meio deputado e os secretários Luís Fernando Silva(Casa Civil) e Hildo Rocha (Articulação Política) de preguiçosos. A referência de meio deputado teria sido por conta da ausência no trabalho e pela atuação pífia como parlamentar.

Marcos Play debochou de Carlo FIlho

Marcos Play debochou de Carlos FIlho

Carlos Filho, que também é filho de Brejo, é o deputado mais faltoso da Casa e o que menos apresenta proposições.
Sobre os secretários de Roseana, Marcos Caldas disse que Luís Fernando e Hildo Rocha deveriam fazer como o secretário Ricardo Murad que trabalha oito horas por dia, dando a entender que os dois são preguiçosos, diferentemente de Murad.

As comparações foram feitas durante o discurso do deputado que subiu á tribuna para questionar os critérios adotados para a construção dos 72 hospitais e reivindicar do secretário Ricardo Murad a construção de um hospital nos municípios de Brejo e Chapadinha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.