Poder

Maranhão é escolhido como melhor destino turístico de 2011

lençois maranhenses

lençois maranhenses

O Estado do Maranhão, que retomou sua nova fase no turismo ano passado com o Plano Maior2020, foi indicado para o Prêmio Os Dez Mais do Turismo como Melhor Destino Turístico de 2011. O evento, que acontece há mais de vinte anos, é realizado pelo Grupo Travel News e aponta avanços e inovações do setor. A cerimônia de premiação acontece dia 26 de Abril no Hotel Royal Palm Plaza, em Campinas.

A avaliação do premio levou em conta a beleza do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a delicadeza arquitetônica de São Luís, cidade que este ano completa 400 anos de fundação, além da raridade do complexo da Chapada das Mesas com destaque para o poço azule cachoeira de Santa Bárbara e as delícias gastronômicas (como o arroz de cuxá e o doce de cupuaçu).

Outro diferencial apontado pelo Grupo Travel News comodestino reconhecidamente completo, é a rede hoteleira, com equipamentos de primeiro mundo, belezas naturais incomparáveis, atendimento qualificado e produtos e serviços diferenciados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edivaldo Holanda Júnior desaparece da sucessão

Blog do Jânio Arlei
 

O deputado federal Edivaldo Holanda Junior, parece não está interessado em disputar a Prefeitura de São Luís. Até agora não reuniu a imprensa para falar sobre o assunto, e tem se esquivado de encontros em que os candidatos que fazem oposição ao Prefeito João Castelo, aparecem juntos, e posam inclusive para fotografias.

Encontrar Holanda Junior por telefone, é outra dificuldade. Normalmente o celular está fora do ar. Quando o contato é feito com o gabinete do parlamentar, vem a informação que encontra-se em reunião.

Os candidatos a Prefeitura de São Luís tem conseguido contato com Edivaldo Holanda Junior, mas, preferem silenciar sobre a posição política adotada pelo deputado maranhense, alegando que cabe a ele, somente ele, tratar sobre o assunto.

Analistas políticos suspeitam que o Deputado Federal Edivaldo Holanda Junior adota uma estratégia política perigosa, ao se esconder de tudo e de todos. Começa a ganhar corpo, a idéia de que Edivaldo Holanda Junior estaria fazendo jogando duplo, a mando do pai o ex-Deputado Estadual Edivaldo Holanda, com o objetivo de aumentar o poder de barganha nas eleições deste ano.

Problema é que Holanda Junior, em todas as pesquisas realizadas até agora, aparece em terceiro lugar, distante do segundo colocado, no caso o ex-Prefeito Tadeu Palácio. Se continuar assim, segundo analistas políticos, o cavalo selado poderá passar por Holanda Junior.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bebida alcoólica em estádios: o compromisso, os patrocínios e a ameaça à ordem pública

Milton Corrêa da Costa

Após 64 anos da frustrante tarde de 16 de julho de 1950, episódio conhecido no mundo do futebol como ‘maracanazo’, onde a seleção uruguaia, de virada, nos derrotou num Maracanã repleto, com um gol do ponta Ghiggia, aos 34 minutos do segundo tempo –o goleiro Barbosa foi crucificado até o último minuto de sua vida- causando um silêncio ensurdecedor em cerca de 200 mil torcedores (fui poupado de testemunha da tragédia por ter nascido em 1948), tendo presenciado, no entanto, pela televisão, a desgraça do Estádio Sarriá, na Copa da Espanha em 1982, na tarde em que ( 05 de julho) tudo deu certo para o italiano Paolo Rossi, o Brasil sediará, em 2014, a XX Copa do Mundo de Futebol e um ano antes a Copa das Confederações.

De 1950 e 1982 para cá as coisas mudaram muito no mundo do futebol. Uma Copa do Mundo, assistida ao vivo hoje por bilhões de espectadores no planeta, gera importantes divisas para todos os segmentos envolvidos, além do legado deixado, inclusive no setor turístico -vejam o exemplo da áfrica do Sul- para o país sede que precisa, portanto, preparar-se adequadamente em obras de infraestrutura de transportes, telecomunicações, aeroportos, rodovias em bom estado, rede hoteleira suficiente e de bom nível, medidas preventivas e repressivas de segurança pública, inclusive de defesa antiterrorismo, além da oportunidade do reaparelhamento das forças de segurança estaduais, da Polícia Federal e das próprias Forças Armadas, sem falar na geração de milhares de empregos pré-evento, para que se possa assim cumprir a contento o estabelecido no caderno de obrigações firmado com a entidade máxima do futebol, a FIFA. Enfim, o mundo estará de olho voltado, entre12 de junho e 13 de julho de 2014, para o Brasil. “Teremos pois a chance -disse a presidente Dilma Rousseff- de realizar a melhor Copa do Mundo e a melhor Olimpíadas porque a realidade do país está mudando”. Temos capacidade de sobra para isso, ninguém duvida.

Ocorre, no entanto, que o Brasil, numa complexa sinuca de bico, entre um país soberano, o protocolo firmado com a FIFA, a competência concorrente para legislar entre a União e os Estados-Membros e a ameaça à ordem pública, terá que decidir, o quanto antes, sobre a permissão ou não da venda de bebidas alcoólicas nos estádios onde serão realizados jogos da Copa. O acordo firmado pelo Brasil com a FIFA prevê a venda nos estádios, porém ela é proibida hoje em sete dos estados da federação onde os jogos serão realizados.

Para se ter uma ideia da importância da medida de proibição, adotada de tempos para cá no Rio de Janeiro, sobre a venda de bebida alcoólica no interior de estádios de futebol, inclusive em suas cercanias, horas antes da realização das partidas, basta observar a queda substancial nos registros de ocorrência e flagrantes delito na circunscrição da área de jurisdição da 18ªDelegacia Policial e na própria sede do Juizado de Instrução montado no Estádio do Maracanã, relativamente a conflitos entre torcedores no interior do estádio e em suas proximidades e ocorrências que envolvem rixas e lesões corporais, além da redução dos números das infrações de competência da Secretaria Municipal da Ordem Pública.

É só analisar e comparar o antes e depois, tomando por base os números registrados e um determinado período de observação, para deixar comprovado, mis uma vez, que o uso excessivo de álcool é inegavelmente fonte geradora de incentivo à violência e causa permanente de tragédias, dentro e fora do mundo do futebol. Vejam a violência familiar, os trágicos acidentes de trânsito, os homicídios e lesões corporais causados pelo uso imoderado de bebida alcoólica, cuja propaganda midiática bombardeia, a todo instante, e influencia os mais jovens apresentando-o como uma ‘fonte irresistível de prazer’. Os males do uso desregrado do álcool são, pois, evidentes para a sociedade.

Registre-se que nesse contexto nevrálgico de jogo de interesses, quanto a proibição ou não da venda de bebida alcoólica em jogos da futura Copa, que envolvem obviamente bilhões de reais, dólares e euros, tem-se notícia que a Budweiser, patrocinadora da FIFA, perderá pouco, em vendas, se proibirem cerveja nos estádios. Neles, comenta o jornalista Ancelmo Gois em sua coluna de 22 de março ( ‘O GLOBO’), telões exibem jogos, com muita música, suor e…. cerveja. A nota informa ainda que estima-se que na Copa de 2006, na Alemanha, cerca de 18 milhões de pessoas tenham passados pelos Fan Fest em 12 cidades daquele país. Quantos festivais da cerveja poderíamos promover, pois,durante a Copa, num país muito mais populoso como no caso o Brasil?

Aí está mais um argumento, além da questão da necessária preservação da ordem pública, para que parlamentares e autoridades, contrários ao dispositivo do caderno de compromisso da FIFA que libera a autorização de venda de bebidas alcoólicas nos estádios, possam se valer. Por mais que as torcidas de jogos de Copa do Mundo sejam diferentes de violentas torcidas organizadas domésticas, até mesmo no poder aquisitivo e diferenças culturais, o uso de bebida alcoólica em campos de futebol é uma evidente ameaça à ordem pública e à paz social. O álcool não difere, ao penetrar na corrente sanguínea e no cérebro humano, poder aquisitivo, nível cultural ou educacional, ele transforma sim, e muitas das vezes, pacatos seres humanos em homicidas em potencial, quanto mais quando contagiados pelo anonimato da turba agressiva e a paixão futebolística onde a emoção acaba sobrepujando a razão, dando causa permanente a grandes tragédias na história do mundo apaixonante da bola. Tudo deve ser feito, portanto, pela paz social e pelo divertimento seguro em estádios de futebol e a bebida alcoólica é uma grave ameaça a tal pressuposto. Não há dúvida.

No, entanto, também não resta dúvida, que no país do samba, do pagode, do churrasco e do futebol os lucros das empresas de bebidas alcoólicas é retorno garantido. O carnaval fora de época, a cada jogo de nossa seleção, ocorrerá como sempre. Espera-se que desta vez ,sobretudo, com nossa vitória no último confronto da final a ser realizado no lendário Estádio do Maracanã. Evitar, porém, o uso do álcool em estádios de futebol e em suas cercanias, permanentemente, ainda que o pacto tenha sido assinado e assumido, provando à entidade máxima do futebol mundial que há formas sugestivas de obter lucros com a venda de bebidas alcoólicas fora dos estádios, será tarefa difícil e hercúlea -não impossível- para os que se posicionam contra a discutível permissividade da FIFA. Que se posicionem também as organizações não governamentais de combate ao uso de drogas em todo o país e no mundo. Está em jogo uma intrigada questão que envolve segurança publica, soberania nacional, patrocínio do evento, compromisso com a FIFA e acima de tudo bom senso.

Milton Corrêa da Costa é coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ministro faz investimentos em laboratórios públicos. E no Maranhão?

O Ministério da Saúde está lançando um pacote de medidas para o fortalecimento da indústria nacional de medicamentos, insumos e equipamentos. O Programa de Investimento no Complexo Industrial da Saúde (Procis), instituído oficialmente nesta quinta-feira (22) por meio da Portaria 506, vai alcançar R$ 2 bilhões até 2014, sendo R$ 1 bilhão do governo federal e R$ 1 bilhão em contrapartidas de governo estaduais.

Só este ano, o Ministério da Saúde investirá cerca de R$ 250 milhões em infraestrutura e qualificação de mão-de-obra de 18 laboratórios públicos, o valor é cinco vezes maior do que a média de investimentos (R$ 42 milhões) nos últimos 12 anos. Entre 2000 e 2011, o investimento total do governo foi de R$ 512 milhões.

Daí a importância de se investir em infraestrutura, capacitação da gestão e especialização da mão de obra dos laboratórios oficiais para que eles adotem as melhores práticas do mercado e ganhem um nível de qualidade internacional”, explica Gadelha. Com estas medidas, a expectativa do governo é reduzir as desigualdades regionais à medida a partir do estímulo ao fortalecimento dos laboratórios em diversas regiões do país.

LABORATÓRIOS PÚBLICOS NACIONAIS
1- LIFAL/AL – Medicamentos
2- IQUEGO/GO – Medicamentos
3- FUNED/MG – Medicamentos e Vacinas
4- LAFEPE/PE – Medicamentos
5- LFM/RJ – Medicamentos
6- LQFA/RJ – Medicamentos
7- LQFEX/RJ – Medicamentos
8- FARMANGUINHOS/RJ – Medicamentos
9-  BIO-MANGUINHOS/RJ – Vacinas e Biofármacos
10- IVB/RJ – Medicamentos e Soros
11- NUPLAN/RN – Medicamentos
12- FURP/SP – Medicamentos
13- BAHIAFARMA/BA – Medicamentos
14- BUTANTAN/SP – Vacinas e Soros
15- FAP/RJ – Vacinas
16- TECPAR/PR – Vacinas
17 – LAFERGS/RS
18 – HEMOBRÁS / PE – Hemoderivados

Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:
Poder

PM recaptura fugitivo de presídio em Timon

Uma ação da Polícia Militar do 11º Comando de Timon recapturou um preso foragido do presídio daquela cidade.

De acordo com a PM, João Luis de Goes Silva é condenado a 22 anos de prisão por assalto à mão armada. Ele estava em regime semiaberto e não havia retornado ao presídio.

João Luis foi recapturado, na tarde de última segunda-feira, (20), pelos policiais militares em Timon.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Veja os municípios que tiveram as contas das Câmaras reprovadas pelo TCE

Entre as câmaras municipais, o Tribunal julgou irregulares as contas de:

Antônio Carlos Montelo de Sousa (São Mateus do Maranhão, 2009, com débito de R$ 78 mil e multas no total de R$ 27,2 mil).

Gilmar Soares (Pinheiro, 2009, com débito de R$ 312 mil e multas no total de R$ 113 mil).

Manoel Cândido Pereira (Centro Novo do Maranhão, 2006, com débito de R$ 19,4 mil e multas no total de R$ 19,8 mil).

Raimundo Nonato Sousa (Senador La Rocque, 2006, com débito de R$ 63 mil e multas no total de R$ 12 mil).

Eli Rodrigues Duarte (Capinzal do Norte, 2007, com débito de R$ 56 mil e multas no total de R$ 8,6 mil).

Nelson Freire de Andrade (Paulo Ramos, 2006, com débito de R$ 64,2 mil e multas no total de R$ 11,4 mil).

Maria Telma Gonçalves Oliveira (Vitorino Freire, 2007, com débito de R$ 37 mil e multas no total de R$ 31 mil).

Fran Edson Costa Cardoso de Oliveira (São Domingos do Maranhão, 2007, com débito de R$ 61 mil e multas no total de R$ 20 mil).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:
Poder

TCE condena ex-prefeito de São João Batista a devolver mais de R$ 9 milhões ao município

O Tribunal de Contas do Estado condenou o ex-prefeito de São João Batista, Eduardo Henrique Tavares Dominici, a devolver R$ 9,7 milhões aos cofres do município. A decisão foi tomada na sessão da última quarta-feira (21), quando o Pleno do TCE rejeitou as contas do ex-prefeito relativas ao exercício de 2005, desaprovando suas contas de governo e julgando irregulares suas contas de gestão.

O débito com o erário é decorrente de inúmeras irregularidades, entre as quais se destacam despesas impróprias custeadas pela prefeitura do município, não escrituração de valores e ausência de documentos comprobatórios.

Além do débito, o gestor terá que arcar com o pagamento de multas que chegam perto de R$ 1 milhão, sendo que somente a multa no valor de R$ 907mil é decorrente do débito com o erário. Como se trata de primeiro julgamento, o ex-prefeito pode recorrer da decisão junto ao TCE.

Na mesma sessão, o Tribunal desaprovou as contas de José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire, 2009), com débito no total de R$ 2,6 milhões decorrente do julgamento irregular das contas de gestão, do Fundo Municipal de Saúde (FMS), do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) e do Fundeb. As multas impostas
ao ex-prefeito totalizam R$ 749,2 mil. Cabe recurso da decisão.

Ainda entre as prefeituras, o TCE desaprovou as contas de João Menezes de Sousa (Arame, 2007) e julgou irregulares as contas de João dos Santos Melo Amorim (Presidente Sarney, 2008), com débito de R$ 34,9 mil e multa de R$ 13,6 mil. Também foram julgadas irregulares as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS) de João dos Santos Melo Amorim (Pres. Sarney, 2008, com débito de R$ 34,9 mil e multa de R$ 13,6 mil).

Na mesma sessão, o Tribunal aprovou com ressalvas as contas de governo de João Santos Braga (Riachão, 2007), julgando irregulares suas contas de gestão, com débito de R$ 5,3 mil. Foram julgadas regulares com ressalvas as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS), Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), do
Fundo Municipal de Saúde (FMS) e do Fundeb.

Em grau de recurso, o TCE julgou regulares com ressalvas as contas de gestão de Humberto Ivar Araújo Coutinho (Caxias, 2006), Francisco Martins Santos Filho (Gerência de Articulação e Desenvolvimento da Região do Cerrado Maranhense, 2006), e a Tomada de Contas dos Gestores dos Fundos Municipais de Nilton da
Silva Lima (Anajatuba, 2007).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

BNDES confirma empréstimo de R$ 2,3 bilhões à Roseana Sarney

Governadora Roseana-Sarney

Governadora Roseana-Sarney

A reunião que foi realizada no Palácio dos Leões ontem, 21, entre o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), Luciano Coutinho, a governadora Roseana Sarney, secretários e empresários, no qual foi firmado o compromisso que o banco vai emprestar ao Governo do Estado, cerca de R$ 2,3 bilhões.  Um verdadeiro absurdo!

Atualmente o governo Roseana Sarney, tem andado a paços lentos, e iguais caranguejos. Segundo ela, os recursos serão aplicados em um amplo programa que envolve ações de combate à pobreza, segurança, saúde e saneamento básico, infraestrutura e gestão pública.

Já o presidente do Banco Nacional afirmou que uma equipe de técnicos do BNDES virá ao Maranhão para uma reunião de trabalho com gestores do Governo do Estado.

E assim o melhor governo de Roseana Sarney prossegue endividando cada vez mais o Estado do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia cumpre mandado de prisão na Cidade Operária

Uma ação da Polícia Interestadual (Polinter) realizada, no inicio da manhã de ontem, (21), resultou na localização e detenção do estudante Ricardo Matos Moreira, 36 anos, residente na Rua 11, Unidade 203, Bairro Cidade Operária, envolvido em um assalto a mão armada ocorrido em 2006.

Com informações do serviço de informações do Disque Denúncia (3223 5800), policias da equipe de captura da Polinter conseguiram identificar Ricardo Matos nas imediações de sua residência.

Conforme informou a polícia, Ricardo teria cometido um assalto à mão armada contra o filho de um policial militar, ocorrido no ano de 2006 na Cidade Operária.

Após o crime, a polícia levantou provas a cerca da ação do acusado.  A ordem judicial pelo crime de assalto foi expedida pela juíza Maria da Conceição Sousa Mendonça, da 4ª Vara Criminal da Comarca de São Luís, com sentença de cinco anos e quatro meses de reclusão.

Após ser apresentado nas dependências da Polícia Interestadual, o assaltante fora encaminhado ao Centro de Triagem no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Justiça Juvenil promove Encontro de Facilitadores nesta sexta-feira em Ribamar

Com o desejo de partilhar as experiências metodológicas e práticas que foram sendo construídas ao longo de 2011, o Núcleo de Justiça Juvenil Restaurativa promoverá o I Encontro de Facilitadores do Projeto RestaurAÇÃO, que acontecerá nesta sexta-feira (23), no auditório da Secretaria Municipal de Turismo de São José de Ribamar, localizada na sede da cidade, no horário das 9h ao meio dia.

: Integrantes do projeto irão discutir as metas para o ano de 2012.

: Integrantes do projeto irão discutir as metas para o ano de 2012.

Buscando uma interação entre os facilitadores, foi pensada a organização do encontro para propiciar o repasse de experiências nas práticas restaurativas e a apresentação das metas do projeto para 2012. Observando que desde o segundo semestre de 2009, no município de São José de Ribamar, o Projeto restaurAÇÃO, iniciativa inédita em todo o Maranhão, vem promovendo uma nova abordagem no campo da justiça: a Justiça Restaurativa.

O Projeto RestaurAÇÃO tem como Grupo Gestor a Prefeitura Municipal de São José de Ribamar, através das Secretarias Municipais de Assistência Social Trabalho e Renda, Secretaria Municipal da Juventude e da Secretaria Municipal da Educação, juntamente com a Fondation Terre des hommes – Tdh, a Promotoria Pública, a Defensoria Pública e a 2ª Vara da Comarca de São José de Ribamar com competência para a infância e juventude. que gerenciam o Núcleo de Justiça Juvenil Restaurativa integrante do Projeto RestaurAÇÃO.

Na prática, o encontro enfocará a funcionalidade das práticas nos espaços restaurativos integrantes do projeto, contando com a presença de lideranças comunitárias, profissionais da assistência social, do sistema de justiça, da secretaria de juventude, professores e diretores de escolas que foram capacitados para atuarem como facilitadores de práticas restaurativas no município, trazendo a justiça para mais perto dos cidadãos.

Para obter mais informações sobre o Projeto RestaurAÇÃO, contate o Núcleo de Justiça Juvenil Restaurativa, através dos telefones (98) 3237-2034 e (98) 87068824, (98) 88672950.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.