Poder

JN no Ar mostra a miséria sofrida em Vargem Grande

A equipe jornalistica do ‘JN no Ar’ foi para o Maranhão, mostrar o caos administrativo de Vargem Grande que tem o menor rendimento médio.

Em contato com moradores, as primeiras reclamações voltadas a falta d’água, pois se usa uma água barrenta extraida de um lago.

Os moradores da cidade de Vargem Grande, no interior do Maranhão, que mal ganham para se alimentar. Veja abaixo a miséria da do município de Vargem Grande:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

ONG da mãe de Weverton Rocha recebeu R$ 4 mi do Ministério

Da Folha

Mãe de Weverton Rocha recebeu verba milionária

Mãe de Weverton Rocha recebeu verba milionária

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, fez um convênio de R$ 4,09 milhões com a ONG maranhense Fedecma (Federação de Desenvolvimento das Organizações do Terceiro Setor do Maranhão), da mãe do deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA)

Lupi autorizou o convênio com a ONG em agosto de 2007, quatro meses depois de assumir o ministério.

Na ocasião, Weverton era secretário da Juventude e dos Esportes do governador pedetista Jackson Lago, e, segundo integrantes do PDT maranhense, tornou-se próximo de Lupi.

A ONG foi criada pela mãe de Weverton, Marileide Rocha Marques de Sousa. De acordo com o cartório onde está registrada, ela continua responsável pela instituição e tem mandato de presidente até 2012. Segundo o portal da Transparência, do governo federal, dos R$ 4,09 milhões previstos, foram repassados R$ 3,179 milhões.

OUTRO LADO

Weverton Rocha disse que sua mãe se desligou da ONG Fedecma em 2009, quando ele se tornou assessor do ministro.
Segundo ele, na época em que o convênio foi assinado, em 2007, sua mãe era ligada ao PMDB do ministro Edison Lobão (Minas e Energia).

Somente agora, depois que saiu da ONG, é que Marileide Rocha Marques de Sousa ingressou no PDT, partido controlado pelo ministro e do qual o deputado faz parte.

O Ministério do Trabalho disse que a entidade foi escolhida após audiência pública no Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Vandalismo causa interrupção em sinal da TVN

A TVN enviou comunicado à imprensa informando sobre interrupção temporária de sinal. Segundo a empresa a interrupção foi em decorrência de comprovado corte criminoso de cabos em três pontos estratégicos de transmissão.

O caso já está sendo investigado pela Delegacia de Crimes contra Serviços Públicos e os técnicos da TVN, em caráter de plantão, já estão trabalhando para reposição de cabeamento nos pontos atingidos e restabelecimento do sinal o mais breve possível.

A empresa lamenta os prejuízos causados aos assinantes.

Do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:
Poder

Situação caótica em escola de Alto Alegre do Maranhão

Mais uma escola abandonada do Município

Mais uma escola abandonada do Município

O prefeito de Alto Alegre do Maranhão continua dando tapa na cara da sociedade altoalegrense. Dessa vez as atenções ficam voltadas para os povoados Marmorana e Boa Hora 3. Como podemos ver nesta postagem, as imagens do descaso com a educação do município são claras.

O gestor ficará conhecido na história do município como o gestor que não construiu se quer uma sala de aula em toda Alto Alegre. Os 15 minutos que passa na cidade, pra ele, são o suficiente para gerir assuntos públicos de mais de 25 mil habitantes. As imagens ao lado evidenciam a desastrosa administração de Liorne, que por sinal, já chegou a confessar em entrevista, que nada fez pela educação.

Filtro em meio a sujeira

Filtro em meio a sujeira

Crianças são obrigadas a estudar descalças, sem materiais didáticos, em meio a sujeiras e sem nenhuma estrutura. Escolas de palhas ameaçam cair sobre as cabeças de pequenos indefesos, que ali estão na humildade de sua inocência tentando entender algo que nem mesmo, por conta do triste despreparo, suas professoras tentam ensinar. Estrutura zero! Professores não capacitados, que trabalham apenas pela vontade de fazer o bem, tentam levar adiante um pouco de educação para crianças humildes. Verdadeiros heróis! Já do outro lado, o prefeito esbanja dinheiro e mordomia a todo vapor.

A praia do meio, na capital maranhense, sente sua falta nos raros finais de semana em que não aparece. Altos investimentos no litoral maranhense. Enquanto aquelas crianças sonham com apenas um caderno, um lápis e um teto, o administrador do dinheiro público enche a cara no boteco!

Esqueçamos nesse momento os interesses políticos, eleições, votos, etc… Faz-se necessário refletir de maneira imparcial. É justo? E ainda há quem diga que sim. Pois opiniões não necessariamente deverão seguir a mesma linha. Porém, apesar das divergências podemos apelar para o senso comum.

Seria isso um Complexo Educacional?

Seria isso um Complexo Educacional?

Nesse sentimento jamais poderá ir de encontro aos amparados pelo poder. Prefeito, experimente passar um final de semana sem ir à praias da ilha ou até ao município de Barreirinhas e passe a frequentar os povoados onde se encontram aquelas humildes crianças.

Jovens essas, cuja os seus pais  largaram suas atribuições em um certo momento para lhe prestar um voto. Tenho certeza que o meu amigo “muriçoca” (garçom de um bar, frequentado por vossa excelência) não irá se chatear com a ausência das gorjetas gordas em um simples final de semana. Talvez essa atitude amenize a irresponsabilidade de seu governo.

Do Blog Alto Alegre


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Weverton Rocha diz que avião foi cedido por empresário maranhense

Evandro Éboli, O Globo

Rocha afirma que avião é de empresário maranhense produtor de soja

Rocha afirma que avião é de empresário maranhense produtor de soja

Além do King Air, providenciado pelo dono de uma ONG, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi (foto acima), usou na viagem ao Maranhão, em dezembro de 2009, um outro avião cedido por empresário.

O ministro também se deslocou em um Sêneca, de propriedade de um fazendeiro maranhense, de nome Pedro, produtor de soja. A revelação foi feita pelo deputado Weverton Rocha (PDT-MA), ex-assessor especial do Ministério do Trabalho.

O parlamentar afirmou que o empresário, que se recusa a fornecer o nome completo, é amigo e simpatizante do PDT e sempre cedeu esse avião para atividades da legenda no Maranhão. Lupi andou neste avião nos dias 11 e 12 de dezembro de 2009.

No 11 de dezembro, o ministro viajou no Sêneca no trajeto de São Luís a Imperatriz. Naquele dia, ele esteve ainda em Icatu, onde lançou e inaugurou programas do ministério. No sábado, dia 12, depois de andar um trecho no Sêneca, ele trocou de aeronave, para o King Air.

O deputado Weverton assumiu que foi ele quem providenciou o Sêneca e que não vê conflito de interesse na cessão de um avião privado para o cumprimento de agenda pública.

Weverton não quer revelar os nomes completos do empresário, nem do piloto, que se chama Michel.

Leia mais em Weverton diz que Sêneca foi cedido por empresário


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Secretário de Comunicação de Timon suplica por pagamento de atrasados

Secretário de Comunicação de Timon

Secretário de Comunicação de Timon

A Folha de Pagamento da Prefeitura Municipal de Timon virou deboche. Vítimas de piadas, gracinhas e humilhações, os servidores municipais amargam todo de tipo de coisa por conta desse atraso interminável, que só fica em dia quando a prefeita Socorro Waquim vai as TVs de Teresina e diz que “tudo está normal, não existe atraso na prefeitura”.

No episódio mais recente, ocorrido na última sexta-feira (11), o secretário de Comunicação Murilo Noleto fez um bilhete que deixou servidores de sua secretaria estarrecidos com a atitude de desespero e sem nenhum efeito. Segundo o teor do bilhete, Murilo suplica a Tesoureira Josefina para que pague a folha de sua secretaria e usou o termo: “esta é uma súplica”.

Seria cômica a situação se não fosse trágico para milhares de servidores que estão com quase metade do ano sem receber seus salários. Alguns se desfazendo de bens particulares como celulares, tvs, dvds, que são vendidos a todo preço para garantir o pagamento das dívidas e até mesmo para comprar o que comer. Próximo à prefeitura, numa roda de bate papo diária é comum aparecer servidores municipais negociando seus bens e os mesmos são disputados a preço de banana pelos frequentadores do local.

No dia 11 de novembro, obtivemos a informação de que a prefeita Socorro Waquim havia autorizado ao Dr. Magno Pires o pagamento da folha dos servidores da Comunicação, mas não era por conta da “súplica” de Murilo Noleto. Inconformados, servidores municipais, que ainda não receberam seus salários, relataram o fato do famigerado “bilhete” do secretário Murilo Noleto em toda cidade, servindo de chacota.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Escola pública vira estábulo em Colinas

Blog do Hilton Franco

Rede escolar do minicípio de Colinas

Rede escolar do minicípio de Colinas

Esculhambação! Uma escola da rede pública municipal de Colinas-MA se transformou em um estábulo no povoado Sitiozinho, na zona rural do municipio.

Tomada por um matagal a Unidade Escolar Capitão Lili, localizada às margens da BR 135 possui dois “alunos” ilustres – um jumento e um cavalo que se alimentam do capim que verdeja com a chegada das chuvas.

O slogan Colinas para todos, no muro da escola já diz tudo. A cidade é de todos,inclusive  dos animais.

Em consulta ao site do MEC, foi verificado que a escola está extinta. Porque foi extinta? Se a escola seria extinta, porque construiram?

Escola em total estado de abandono

Escola em total estado de abandono

E assim segue o Maranhão com 19% da população analfabeta…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Aliada de Lupi repassou mais de R$ 1 milhão sem licitação a ONG

Chico Otávio e Cássio Bruno, O Globo

Um convênio do Ministério do Trabalho com a Prefeitura de Maricá, no ano passado, simboliza o grau de aparelhamento político da pasta comandada por Carlos Lupi.

Logo depois do repasse de pouco mais de R$ 1,5 milhão, destinado à qualificação profissional, a então secretária municipal de Trabalho, Márcia Cristina Garcia Pereira, transferiu o dinheiro, com dispensa de licitação, para a ONG Centro de Atendimento Popular da Leopoldina (CAPL).

Coube à ONG atender cerca de mil jovens do município, em aulas das mais variadas profissões, oferecidas em escolas municipais e templos religiosos.

Ocorre que Márcia Cristina é filiada ao PDT e irmã de Felipe Augusto Garcia Pereira, ex-motorista e ex-assessor de Carlos Lupi. Também filiado ao partido, Felipe ganhou cargo comissionado, em 2007, com salário de R$ 13,6 mil mensais, na Superintendência Regional do Trabalho (SRT) do Rio de Janeiro.

Ele foi exonerado pelo Ministério do Trabalho em setembro deste ano.

De acordo com o Diário Oficial da prefeitura, em 12 de maio de 2010, Márcia autorizou a contratação do CAPL. Mas, para justificar a dispensa de licitação, ela se baseou no inciso IV do artigo 24 da Lei das Licitações, ou seja, utilizado apenas em casos de emergência ou de calamidade pública.

Leia mais em Pedetista repassou R$ 1,5 milhão sem licitação para ONG


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.