Poder

Presidente da CPI diz que está investigando posto FC da família Nagib

Presidente da CPI dos Combustíveis, deputado Duarte Júnior, e o empresário Francisco Carlos de Oliveira ao lado do filho, que é diretor do Detran, Francisco Nagib.

Após a veiculação da reportagem “Grupo FC Oliveira desafia CPI e eleva preço do combustível”, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquéritos (CPI), deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) afirmou que o posto da grupo FC Oliveira já está sendo investigado por aumento abusivo no preço do combustível.

Nessa semana, o posto FC Combustível, localizado em Codó, aumentou em 0,10 centavos o valor da gasolina mesmo sem ter tido reajuste nas refinarias e distribuidoras.

O caso foi revelado pelo Blog do Neto Ferreira e o presidente da CPI, que investiga um possível cartel e abusos no setor, se pronunciou garantindo que já iniciou uma investigação contra a empresa da família Nagib. “A CPI já está investigando esse posto, e inclusive essa prática de aumentar antecipadamente”.

Duarte frisou ainda que qualquer empresário do ramo de combustíveis que esteja descumprindo a Lei será punido, seja quem for.

“Estamos investigando todos os postos no Maranhão. Não será diferente com esse. Pouco importa quem é o dono, se tiver descumprindo a lei, será punido cedo ou tarde”, declarou o presidente da CPI da Assembleia Legislativa.

O grupo FC Oliveira é de propriedade da família do diretor do Detran, Francisco Nagib, auxiliar do governador Flávio Dino (PcdoB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

6 comentários em “Presidente da CPI diz que está investigando posto FC da família Nagib”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. joao

    GASOLINA MAIS CARA DO BRASIL, É NO MARANHÃO POR CAUSA DOS IMPOSTOS ESTADUAL.

  2. Graciliano

    Digo e repito, o PROCON precisa rever sua atuação no município de Codó. Esse grupo é quem determina os preços dos combustíveis, gás de cozinha e carne de gado.

  3. Miguel

    Uma pergunta que não quer calar ?

    Se o posto é de propriedade privada, o dono não pode praticar o preço que quiser ? Se tá mais cara, basta o consumidor procurar um mais barato. Isso se chama concorrência.

    Agora se todos os postos praticam o mesmo preço e não existe concorrência, aí sim é considerado cartel.

    Tem coisas que são óbvias. Não vejo como o dono de um posto ser proibido mexer nos preços finais de venda do produto.

    Por favor, me corrija se eu estiver errado no meu entendimento.

  4. Jaci

    É muito difícil acreditar nessa afirmativa do deputado, até porque, ambos são marionetes do governo.
    Trabalham incessantemente na defesa cega dessa gestão comunista desastrosa.

  5. NORDMAN RIBEIRO

    GASOLINA EM COROATÁ JÁ ESTÁ CUSTANDO R$ 6,79. AQUI O AUMENTO É NORMAL E, NÃO TEM ESSE NEGOCIO DE CPI, PROCON OU COISA QUE O VALHA. ASSIM CAMINHA O MARANHÃO! AUMENTARAM TAMBÉM O DIESEL, O ÁLCOOL E O GÁS DE COZINHA.

  6. Daniel

    Duarte Jr. não passa de um bosta, de um lixo e covarde. O que de fato ele deveria fazer não faz: chamar para prestar esclarecimentos o secretário da Fazenda, o Marcellus Ribeiro. Mas sabe porque não irá fazer? Porque irá bater de frente com o governo do estado.
    Agora ele está em um dilema, pois a empresa FC Oliveira é de propriedade da família do diretor do Detran, Francisco Nagib, que até que se prove o contrário também é aliado do governador do Estado.
    Resumindo: não vai dar em nada esse circo. Enquanto o Duarte Jr. estiver a frente não dará em nada.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários